sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

HOMEM MORRE APÓS SER ATACADO POR ABELHAS.





Uma equipe do Pronto Atendimento Municipal do município de Santa Helena, atendeu no final da tarde de ontem (02), um chamado na Vila Celeste, onde um homem identificado como Valdir Lopes, de 31 anos, teria sido atacado por um enxame de abelhas. Segundo informações, ele era morador do Paraguai, teria vindo a Santa Helena para tratar de problemas de depressão e durante uma crise, correu para o mato, caiu e ficou preso próximo a uma caixa de abelhas. Por estar no período de “caixa cheia”, a colmeia tornou-se mais agressiva que o normal, sendo que as abelhas atacaram em massa e Valdir não teve como fugir. A equipe do PAM foi auxiliada pelo Corpo de Bombeiros de Santa Helena e chegou a resgatar Valdir, porém, a vítima veio a óbito logo após entrar na ambulância. Ele foi levado para o hospital Maeda, mas o médico pode apenas constatar o óbito do rapaz, que levou cerca de 5 mil ferroadas pelo corpo.

Fonte: UM/sobral24hs:postado por camocim belo mar blog

MAIS DE 70 MIL BENEFÍCIOS DO PROGAMA BOLSA FAMÍLIA SÃO BLOQUEIADOS NO CEARÁ.


Reações: 
Possíveis irregularidades estão sendo apuradas entre beneficiários de programa federal

Após o Tribunal de Contas da União (TCU) ter encontrado indícios de irregularidades em cadastro dos beneficiários do programa Bolsa Família, 4% de 1,76 milhão de famílias (70.520) que recebem o benefício no Ceará tiveram o repasse bloqueado por estarem com os dados cadastrais desatualizados. O recurso está bloqueado para averiguação total da informações.

Ainda assim, atualmente o Ceará está entre os Estados que mais têm cadastro atualizado e válido. A média nacional de bloqueio do beneficio é de 6%. Em apenas Juazeiro do Norte, mas de cinco mil pessoas deixaram de receber o benefício. Até o próximo dia 29 de fevereiro, o programa irá fiscalizar e atualizar os dados cadastrais destas pessoas.

Só depois da atualização dos dados pessoais das famílias é que elas poderão voltar a receber o beneficio. Entretanto, isso só deverá acontecer com os beneficiários que estiverem dentro do perfil exigido pelo programa.
Reportagem completa no Diário do Nordeste:postado por camocim belo mar blog

FETOS E LIXO HOSPITALAR SÃO ENCONTRADOS EM TERRENO BALDIO.


Na manhã desta sexta-feira (03/01), pelo menos quatro fetos foram encontrados em um terreno baldio em Campo Maior-Piauí. No local também estavam resto de materiais hospitalares e ampolas, foram queimadas junto com outros produtos.
O local é usado por populares para jogar lixo, o terreno fica por trás da antiga revenda de cerveja Codibe, à cerca de 200 metros da BR-343, na saída de Campo Maior no sentido ao litoral piauiense. Crianças convivem com os fetos, que já estão secos, junto a outros objetos hospitalares.O mesmo mais parece ser um local para descarte de clinicas de aborto ilegais.

No terreno é possível perceber ainda embalagens de álcool iodado, restos de esparadrapos e outros objetos. Também foram encontrados, em um pequeno buraco, objetos que aparentemente contém seringas e embalagens de antibióticos queimados.


Fonte: 180GRAUS/camocim policia24hs:postado por camocim belo mar blog

MARIDO SUSPEITO DE TER MATADO PROCURADORA É ENCONTRADO MORTO COM CERCA DE 9 FACADAS.


A Polícia Militar (PM) disse que o marido da procuradora federal Ana Alice Moreira de Melo, de 35 anos, suspeito de matá-la, foi achado com ao menos com nove marcas de facadas pelo corpo. Ele foi encontrado morto no fim da noite desta quinta-feira (2) em um motel, às margens da BR-356, no bairro Olhos d'Água, na Região Oeste de Belo Horizonte.
"Ele estava deitado em decúbito dorsal e apenas de short. A princípio foram nove facadas", disse o tenente Honório de Carvalho, da PM. O corpo estava sobre uma cama da suíte 16. A Polícia Civil investiga a possibilidade de o homem ter se matado, mas a equipe de peritos não descartou a hipótese de assassinato, pois ele tinha ferimentos em várias partes do corpo e sinal de violência no pescoço.

Havia marca de sangue na cama, no chão e no banheiro, segundo a Polícia Civil. Uma faca foi encontrada embaixo de um dos braços. De acordo com a PM, a faca pode ter sido usada no assassinato de Ana Alice.
Funcionários relataram à polícia que o homem não saiu do quarto durante todo o dia de ontem, o que chamou a atenção. Segundo a direção do motel, ele deu entrada na suíte às 4h50 da madrugada dessa quinta-feira (2), minutos após deixar a casa onde a mulher dele foi encontrada morta. Segundo a polícia, o suspeito saiu do condomínio onde morava com a família por volta das 4h40. O casal deixou dois filhos, que estão com a avó materna.

Dentro do carro de luxo, estacionado na garagem do motel, os policiais encontram uma carteira de motorista e confirmaram que se tratava do marido da procuradora. Ele havia tido a prisão preventiva decretada pela Justiça na tarde desta quinta e estava foragido.

O asssassinato da procuradora aconteceu dentro da mansão onde o casal morava com os filhos, no Condomínio Vila Alpina, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na madrugada desta quinta-feira (2).

Segundo a polícia, Ana Alice foi morta durante uma discussão. O suspeito, de 49 anos, fugiu de carro do local. O veículo estava estacionado no motel onde ele foi encontrado morto.

Separação

O casal estava em processo de separação. Segundo a delegada de Nova Lima, Renata Ribeiro Fagundes, o marido da procuradora não aceitava o fim do casamento. Na noite desta quarta-feira (1º) o juiz titular da Vara de Nova Lima, Juarez Morais, havia assinado uma decisão para que o marido da procuradora saísse de casa.

No dia 24 de janeiro, a procuradora registrou um boletim de ocorrência por agressão verbal e ameaça de morte atribuídas ao marido. No dia 25, o juiz assinou um pedido de audiência para que o suspeito fosse ouvido, com base na Lei Maria da Penha, que dispõe sobre violência doméstica familiar. A intimação foi entregue para o marido nesta quarta-feira (1º), segundo o advogado da mulher. De acordo com a polícia, o homem teria voltado à casa para tirar satisfações sobre o processo.

Segundo o advogado de Ana Alice, Murillo Evandro de Andrade, uma audiência com os dois tinha sido marcada para o dia 15 de fevereiro, mas o defensor iria pedir para que eles fossem ouvidos separadamente.

Fonte: G1.postado por camocim belo mar blog

clascificação do campeonato cerarense 2012.

publicidade
CLASSIFICAÇÃOPJVEDGPGCSG%
1
Horizonte-CE
12
5
4
0
1
14
9
5
80
2
Ceará
11
5
3
2
0
12
6
6
73.3
3
Fortaleza
10
4
3
1
0
7
3
4
83.3
4
Crato
9
5
2
3
0
5
3
2
60
5
Guarani de Juazeiro
7
5
2
1
2
11
9
2
46.7
6
Crateús
7
5
2
1
2
9
7
2
46.7
7
Tiradentes
6
5
2
0
3
8
10
-2
40
8
Guarany de Sobral
6
5
1
3
1
5
4
1
40
9
Icasa
4
4
1
1
2
4
7
-3
33.3
10
Ferroviário
2
5
0
2
3
4
9
-5
13.3
11
Trairiense
1
4
0
1
3
5
9
-4
8.3
12
Itapipoca
1
4
0
1
3
1
9
-8
8.3fonte g1,ce:postado por camocim belo mar blog

AEROPORTOS COBRAM QUASE DROBO DO QUE FUTURA LANCHONETE POPULAR.


Levantamento do G1 mostra variação de 125% no preço do cafezinho.
Café mais barato é de coador e custa R$ 1 no Aeroporto de Altamira, Pará.

Rosanne D'Agostino Do G1, em São Paulo *
Comente agora
Em Congonhas, itens chegam a custar o dobro do previsto na lanchonete popular (Foto: Flávio Moraes/G1)Em Congonhas, itens chegam a custar o dobro do previsto na lanchonete popular (Foto: Flávio Moraes/G1)
O preço do cafezinho e de outros 14 produtos vendidos nos aeroportos do país ficarão mais baratos. A Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) começa, por Curitiba, a testar a instalação de lanchonetes populares nos aeroportos das cidades-sede da Copa de 2014.
De acordo com levantamento do G1 em alguns estabelecimentos dos principais aeroportos brasileiros, a maioria dos estabelecimentos atualmente pratica valores acima dos que devem ser implementados na nova lanchonete do Aeroporto Afonso Pena. Os preços máximos da nova unidade, com previsão para começar a funcionar em maio, foram definidos em edital publicado nesta quarta-feira (1º) no Diário Oficial da União.
O G1 listou os preços médios de seis itens mais comuns comercializados nos principais aeroportos do país (Veja a tabela completa ao fim). Conforme os valores fornecidos pelas lanchonetes, o preço do cafezinho pode oscilar até 125%.
Em Curitiba, o edital estabeleceu os limites máximos de preço com base em pesquisas na região (Veja a lista completa). A Infraero pretende licitar um espaço como esse nos aeroportos das cidades-sede da Copa de 2014, exceto Guarulhos, Viracopos e Brasília, em função do processo de concessão dos aeroportos.
Café mais barato
Em vez dos expressos que dominam o mercado de lanches rápidos antes do embarque, o café mais barato do país é de coador, feito pela mulher do seu José Castro, no Aeroporto de Altamira, no Pará – apenas R$ 1. “É que o movimento anda fraco”, diz Castro, que há seis anos conduz a lanchonete, que conseguiu vencendo uma licitação.
“É um café natural, porque o movimento não é tão grande assim. Agora estão falando que vai vir a barragem, em Belo Monte, então o movimento está melhorando. Estamos começando a pensar em colocar o café expresso”, conta o pai de seis filhos. “É a lanchonete Castro, quero que venham experimentar o nosso café.”
Até o cafezinho é caro. Sinto o peso no bolso", reclama Serelena Tatagiba Paulo no Aeroporto de Vitória (Foto: Darshany Loyola/G1 ES)Até o cafezinho é caro. Sinto o peso no bolso",
reclama Serelena Tatagiba Paulo no Aeroporto
de Vitória (Foto: Darshany Loyola/G1 ES)
Segundo o levantamento, atualmente o café expresso não é vendido por menos de R$ 2,50. Esse é o preço nos aeroportos da Paraíba, Presidente Castro Pinto, e no Aeroporto de Marabá, no Pará.
“Viajo uma vez por mês para São Paulo e gasto muito com lanche. Em todos os aeroportos que já fui o preço é alto. É um absurdo. Um sanduíche natural custa R$ 8,75. Até o cafezinho é caro. Sinto o peso no bolso", reclama Serelena Tatagiba Paulo no Aeroporto de Vitória, Eurico de Aguiar Salles. Segundo o edital da Infraero, o sanduíche natural não poderá custar mais de R$ 3,90 nas futuras lanchonetes populares. No Espírito Santo, atualmente uma xícara pequena de expresso sai por R$ 3,25. A média nacional é de R$ 3,20.
O passageiro também pode pagar R$ 5,10 pela coxinha mais barata do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, ou R$ 4,50 por uma garrafinha de água de 500 ml no Aeroporto Internacional Pinto Martins, no Ceará, ou ainda R$ 3,60 por um pão de queijo no Aeroporto Internacional em Cumbica, Guarulhos.
Não é necessário esse valor absurdo. É uma verdadeira exploração."
Geovan Lemes, administrador,
sobre preço de lanche em Vitória
Se as novas lanchonetes tiverem os mesmos preços do que a lanchonete do Afonso Pena, os mesmos produtos seriam vendidos, respectivamente, por R$ 2,70 (café), R$ 2,30 (água) e R$ 2 (pão de queijo).
“Acho um absurdo”, diz o também capixaba Geovan Lemes, administrador. “Esses estabelecimentos não precisam disso, o movimento é grande demais. Não é necessário esse valor absurdo. E como só tem uma lanchonete aqui, não temos saída. Ainda mais quando se tem filhos. É uma verdadeira exploração.”
Segundo a administradora dos aeroportos do país, a intenção das novas lanchonetes é estimular a concorrência entre os estabelecimentos. Nas lanchonetes populares, os preços de 15 produtos terão o valor máximo estipulado pelo governo federal.
Veja a seguir a média de preços* de seis itens vendidos nos aeroportos brasileiros:
UF
Aeroporto
Café 50ml
Água 500ml

Pão de queijo
Cerveja lata

Refrigerante lata

Coxinha
PR
Aeroporto Afonso Pena
Lanchonete Popular

2,70
2,30
2,00
Não está na lista

3,20

3,20
AC
Aeroporto Internacional de Rio Branco
4,50
2,50
**
4,50
4,50
**
AL
Aeroporto Internacional de Maceió
3,20
3,00
3,50
4,50
4,50
6,00
AM
Aeroporto Internacional Eduardo Gomes
3,25
1,5
3,5
4,25
4
5,25
AP
Aeroporto Internacional de Macapá
3,00
3,00
3,00
**
**
**
BA
Aeroporto Internacional de Salvador

3,50
3,60
3,50
3,50
3,60
4,50
CE
Aeroporto Internacional Pinto Martins
3,55
3,50
3,45
5,00
4,60
5,60
DF
Aeroporto Internacional de Brasília
3,25
4,00
3,00
5,25
4,25
4,00
ES
Aeroporto de Vitória - Eurico de Aguiar Salles
3,25
3,75
3,50
5,75
4,50
4,75
GO
Aeroporto de Goiânia
3,00
2,33
3,17
4,33
4,50
4,25
MG
Aeroporto Internacional Tancredo Neves
2,80

3,20

2,80

4,90

4,50

4,40

MS
Aeroporto Internacional de Campo Grande
3,15
3,00
3,35
4,50
3,80
3,90
MT
Aeroporto Internacional Marechal Rondon
3,50
2,50
3,50
4,50
3,50
4,50
PA
Aeroporto Internacional de Belém - Júlio Cezar Ribeiro
3,50
3,90
3,50
4,50
3,90
4,50
PA
Aeroporto de Altamira
1,00
2,00
2,50
2,50
3,00
2,50
PA
Aeroporto de Marabá
2,50
2,00
3,00
5,00
3,00
6,50
PA
Aeroporto de Santarém
2,00
3,00
1,00
4,00
3,00
3,00
PB
Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto
2,50
2,50
2,50
3,50
3,50
3,00
PE
Aeroporto Internacional do Recife - Guararapes
3,20
2,50
2,80
5,50
3,50
4,90
PI
Aeroporto de Teresina - Senador Petrônio Portella
3,00
3,00
3,80
4,50
4,00
6,00
PR
Aeroporto Internacional Afonso Pena
3,67
3,17
3,67
6,50
4,50
6,13
RJ
Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim - Galeão
3,28
3,10
2,80
5,16
4,70
4,88
RJ
Aeroporto Santos-Dumont
3,00
3,00
2,75
4,50
5,50
5,00
RN
Aeroporto Internacional Augusto Severo
3,50
3,00
3,50
5,00
4,00
5,00
RR
Aeroporto Internacional de Boa Vista
2,80
3,00
2,80
4,00
4,00
4,80
RS
Aeroporto Internacional Salgado Filho
3,20
3,70
3,20
** 4,20
5,20
SC
Aeroporto Internacional de Florianópolis
3,50
3,00
3,50
** 4,00
5,50
SE
Aeroporto de Aracaju - Santa Maria
3,20
3,00
3,40
3,80
3,90
4,90
SP
Aeroporto Internacional de São Paulo - Guarulhos
3,40

3,90

3,40

7,60

5,30

5,10

SP
Aeroporto de São Paulo - Congonhas
3,40
3,90
3,40
4,90
5,30
5,10
TO
Aeroporto de Palmas - Brigadeiro Lysias Rodrigues
3,50
3,00
3,50
6,00
4,50
5,90
* Média de preços, em reais, segundo valor fornecido pelas lanchonetes de cada aeroporto
** Produto não disponível
***As lanchonetes do Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado (Maranhão) e do Aeroporto Internacional Porto Velho - Governador Jorge Teixeira de Oliveira (Rondônia) não forneceram os preços ao G1
.
Pregão
O edital para quem tem interesse na lanchonete no terraço panorâmico do Afonso Pena foi aberta, e os interessados deverão participar de um pregão presencial, que será aberto no dia 14 de fevereiro. Vence quem oferecer o maior valor de aluguel pelo espaço.
(*Colaboraram Darshany Loyola, do G1 ES, e G1 AM, G1 BA, G1 CE, G1 DF, G1 ES, G1 GO, G1 MG, G1 MT, G1 MS, G1 PB, G1, PE, G1 RJ, G1 RS, G1 SE e G1 SP.)fonte G1,SP:postado por camocim belo mar blog

SUSPEITO DE CRIME É ENCONTRADO MORTO EM BH.


Empresário Djalma Veloso era apontado como autor do assassinato da esposa, a procurada federal Ana Alice Moreira
Procuradora Ana Alice Melo foi morta a facadas na região metropolitana / Amadeu Barbosa/AE Procuradora Ana Alice Melo foi morta a facadas na região metropolitana Amadeu Barbosa/AE
O suspeito de assassinar a procuradora federal Ana Alice Moreira foi encontrado morto, no final da noite de ontem, em Belo Horizonte. Segundo a polícia, o corpo do empresário Djalma Brugnara Veloso estava em um motel, na capital mineira, com marcas de ferimentos a faca.

Ana Alice e Djalma eram casados e estavam em processo de divórcio. Ela foi encontrada morta no início da madrugada de ontem no condomínio de luxo Vila Alpina, em Nova Lima, na região metropolitana. O corpo apresentava lesões provocadas por faca.

O marido era considerado o principal suspeito do crime. Na semana passada, a procuradora registrou uma ocorrência, alegando que era ameaçada por Djalma, e pediu proteção policial.fonte bandnewstv:postado por camocim belo mar blog

RJ:PORTO CORRE RISCO DE NOVA EXPLOSÃO.


Subsolo do Cais é ‘campo minado’, diz secretário estadual do Ambiente, Carlos Min

O armazém 30, do Cais do Porto, corre sérios riscos de sofrer novas explosões. A afirmação é do secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, após mais uma vistoria realizada ontem, por técnicos da pasta e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea). Na segunda-feira, a explosão de um bueiro de águas pluviais deixou um morto e dois feridos. “O local tem quase 100% de explosividade”, segundo Minc.

Na boca da rede pluvial, as medições mostraram 100% de risco de explosão nos dois bueiros. Hoje (ontem), as avaliações mostraram entre 91 e 100% de risco. Para se ter uma idéia, acima de 20% a chance de explosão já é alta. Ou seja, ainda há risco eminente de explosão”, explicou Minc.

Por conta dos riscos, parte do armazém 30 foi interditada. Essa foi a quarta vistoria desde o acidente, que aconteceu quando três funcionários faziam a soldagem de uma placa de aço próximo à uma galeria de água. Segundo as investigações, a explosão ocorreu por causa de gases emitidos por óleo combustível que estava acumulado na galeria.

O problema, agora, é descobrir de onde veio o óleo. A empresa responsável pelo acidente ainda não foi identificada. Por enquanto, há suspeitos: Chevron, Ipiranga, Tecmar e Manguinhos. Ontem, o Inea notificou as quatro pelo vazamento.

A desconfiança maior, no entanto, recai sobre a Manguinhos, porque ela tem um duto que passa exatamente entre os dois bueiros que explodiram.

“No domingo a empresa operou até as 20h. Eles têm que esperar o navio sair para deixar a água entrar no duto e levar o óleo restante de volta para a empresa, que faz a decantação, separa o óleo da água. A Tecmar foi notificada por precaução, mas ela fica em uma área mais afastada”, disse Minc.

A responsabilidade da empresa Triunfo Logística, que opera na área do acidente, já foi afastada porque ela não utiliza óleo.
Os técnicos continuam vistoriando a área para saber de onde veio o óleo. Um trabalho de contenção está sendo feito do armazém 24 a 30 do Cais do Porto com ecobarreiras, caminhões coletores e ventilação nos dutos para limpeza de todas as galerias que foram contaminadas pelo óleo.

Plantas defasadas

O secretário reclamou da falta de plantas atualizadas das redes subterrâneas do Porto. A Docas foi notificada para entregar o mapeamento, mas este estava defasado. Também entregaram as plantas a Rio-Águas e a concessionária Porto Novo. Esta tinha o material mais atualizado.

“A rede subterrânea aqui é um enigma, um labirinto. Estamos fazendo um jogo de gato e rato, para conseguir um tipo de informação que teríamos que ter previamente. Em português, isso aqui é um campo minado”, reclamou Minc.fonte notíciasdaband.com.br:postado por camocim belo mar blog

TERMINAL DE CUMBICA SERÁ INAUGURADO DIA 8/2/12.


O novo espaço tem 12,2 mil m2 e capacidade para atender até 5,5 milhões de passageiros por ano
Novo terminal permitirá atender mais de 5 milhões de passageiros por ano / Nilton Cardin/ Futura Press Novo terminal permitirá atender mais de 5 milhões de passageiros por ano Nilton Cardin/ Futura Press Com capacidade para atender até 5,5 milhões de passageiros por ano, o novo terminal do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, será inaugurado na próxima quarta-feira. O espaço tem 12,2 mil m2 e será operado pela Webjet.

Ao custo de R$ 86 milhões, a ala destinada a voos domésticos fica na antiga área de cargas do aeroporto. O acesso será feito por ônibus que a Infraero colocará à disposição.

A previsão da Infraero era abrir a nova ala em 20 de dezembro de 2011. Mas, a queda da estrutura metálica no dia 2 daquele mês atrasou a obra e deixou dois funcionários feridos.

Até julho, Cumbica ganhará um equipamento antineblina para facilitar a operação de voos em condições climáticas adversas.

Inaugurado há um mês, o novo bolsão de estacionamento está subutilizado. Só 14% das 316 vagas são ocupadas todos os dias por causa da má sinalização e da necessidade de pegar uma van até o aeroporto. O bolsão fica a 700 metros dos terminais 1 e 2.fonte,notíciasdaband.com:postado por camocim belo mar blog