domingo, 8 de junho de 2014

MENINA DE 5 ANOS FAZ SUCESSO NA WEB AO CANTAR O HINO NACIONAL BRASILEIRO NO ESPIRITO SANTO.


Marina Borges cantou o hino usando a criatividade e inventando orações.
'Ô Pátria amada, goiabada' é um dos trechos cantados pela pequena.

Do G1 ES, com informações da TV Gazeta*

Com apenas cinco anos, uma menina de Vila Velha, no Espírito Santo, anda fazendo sucesso na internet. Marina Borges ainda está aprendendo a ler, mas usou toda a sua criatividade para cantar o hino nacional. O áudio foi gravado pela tia e foi compatilhado por milhares de pessoas na internet e em um aplicativo de mensagens. Os versos - “Ô Pátria amada, goiabada, salve salve. Brasil, um sonho intenso, raio líquido” - encantaram e tiraram boas risadas de muita gente.
Marina ainda está em fase de alfabetização, mas já lê todos os significados da vida"
Daniella Cortês, mãe da Marina
A mãe de Marina, Daniella Cortês, explicou que a filha também usa a criatividade para a leitura. A menina, que ainda está em processo de alfabetização, decora as história e finge que está lendo. “Ela é uma criança doce e muito madura para entender o que se passa à sua volta. Marina ainda está em fase de alfabetização, mas já lê todos os significados da vida, com uma leitura que é só dela. Uma leitura muito pessoal dela”, contou.
Daniella disse que foi uma tia de Marina que gravou o áudio. “A tia ouviu ela cantando o hino na casa da avó e a chamou para gravar. Chamou a atenção os termos que ela usaba. A tia compartilhou comigo e com o pais e fomos compartilhando com amigos. Rodou tudo e a nossa surpresa aconteceu quando o áudio foi parar até na televisão”.

AFETADOS PELA CHUVA PASSAM DE 50 MIL E MORTES CHEGAM A NOVE NO PARANÁ.


Mais de 2,1 mil moradores estão desabrigados, segundo a Defesa Civil.
Temporais também interditaram trechos de rodovias estaduais e federais.

Do G1 PR/CBM

Alagamento Paraná (Foto:  Paulo Ricardo Baran/VC no G1)Em General Carneiro, segundo a Defesa Civil há ao menos 120 pessoas desabrigadas (Foto: Paulo Ricardo Baran/VC no G1)
O número de mortos por causa da chuva em todo o Paraná chegou a nove, segundo o último balanço da Defesa Civil Estadual, divulgado às 21h deste domingo (8). Anteriormente, a Defesa Civil havia anunciado dez mortes, porém, o número foi corrigido na última atualização. A quantidade de pessoas afetadas aumentou de 48.208 para 51.418. Ao todo, 74 municípios sofrem com as consequências das chuvas. Conforme o levantamento, os prejuízos foram causados por alagamentos, deslizamentos, inundações e destelhamentos, além de falta de energia elétrica e de água. Foram duas mortes em Medianeira, uma em Sulina, uma em Laranjeiras do Sul, duas em Guarapuava, uma em Campina do Simão, uma em Guaraniaçu e uma em Quedas do Iguaçu.
A chuva atinge o estado desde sábado (7) e também causa interdições em várias rodovias estaduais e federais. Do total de afetados, 3.650 ficaram desalojados. Desses, 2.136 não conseguiram retornar para casa e estão em abrigos improvisados. Mais de cinco mil residências foram danificadas.
O governador Beto Richa determinou ainda neste domingo a liberação antecipada de mais de R$ 6 milhões dos recursos do VigiaSUS para 70 municípios que foram afetados pelas chuvas. Com esse dinheiro, segundo a assessoria de imprensa do governo do estado, os municípios poderão, entre outros, pagar horas extras de servidores para atuação no atendimento às pessoas desabrigadas, na compra de suprimentos, aquisição de maquinários. Para Curitiba, o repasse chega a R$ 800 mil.

HISTÓRIA DA CARREIA DO EX-ATACANTE DO INTERNACIONAL FERNANDÃO,QUE FALECEU NESTA SÁBADO DIA 7 DE JUNHO DE 2014.


F1: RICCIARDO VENCE SEU PRIMEIRO GP, NO CANADÁ.MASSA BATEU FORTE.

O australiano Daniel Ricciardo, de 24 anos, recolocou a Red Bull em destaque e conquistou sua primeira vitória na Fórmula 1, neste domingo, 8, no GP do Canadá, em Montreal, quebrando a hegemonia da Mercedes, que havia vencido as seis primeiras etapas do campeonato.

Na penúltima e eletrizante volta, Ricciardo superou o então líder Nico Rosberg, que tinha problemas em sua Mercedes e não resistiu ao ataque do australiano na penúltima volta.
Ele recebeu a bandeira quadriculada com o safety-car na pista, após a pancada forte de Felipe Massa em Sérgio Perez, na tentativa otimista demais do brasileiro superar o mexicano.
Rosberg, mesmo com dificuldades, terminou em segundo e Sebastian Vettel completou o pódio, em terceiro.
Jenson Button (McLaren) foi o quarto Nico Hulkenberg (Force India) o quinto e Fernando Alonso (Ferrari) fechou a lista dos seis primeiros.
inglês Lewis Hamilton, que largou em segundo lugar equase tocou em Rosberg no início da prova, era o segundo colocado quando abandonou, com problemas em sua Mercedes, na volta 48.
Foi a etapa com mais abandonos até agora na temporada. Apenas dez carroscruzaram a linha de chegada, após acidentes e falhas mecânicas.
O resultado acabou sendo desastroso para Hamilton. Rosberg chegou a 140 pontos, 21 à frente do inglês.
A próxima etapa acontece no dia 22 de junho, na Áustria, no circuito de Spielberg.
Foto: UOL
Resultado final do GP do Canadá, em Montreal, 7ª etapa do Mundial da F1:
1º   Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-Renault)
2º   Nico Rosberg (ALE/Mercedes)
3º   Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault)
4º   Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes)
5º   Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes)
6º   Fernando Alonso (ESP/Ferrari)
7º   Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes)
8º   Jean-Éric Vergne (FRA/Toro Rosso)
9º   Kevin Magnussen (DIN/McLaren-Mercedes)
10º Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari)
Não completaram a prova:
Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes)
Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes)
Adrian Sutil (ALE/Sauber-Ferrari)
Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber-Ferrari)
Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso-Renault)
Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
Kamui Kobayashi (JAP/Caterham-Renault)
Marcus Ericsson (SUE/Caterham-Renault)
Max Chilton (ING/Marussia-Ferrari)
Jules Bianchi (FRA/Marussia-Ferrari)
A prova:
O GP do Canadá começou com uma apimentada disputa pela liderança logo na primeira curva, com Rosberg fechando Hamilton que foi para fora e Vettel se aproveitou assumindo a segunda colocação.
No final do pelotão, uma confusão que fez o safety-car entrar na pista até a oitava volta, quando Chilton escorregou e tocou em Bianchi, ambos da Marussia. Bianchi bateu forte mas saiu ileso.
Quando a prova foi reiniciada, Hamilton começou sua caça em relação a Vettel. Os seis primeiros na volta 10: Rosberg, Vettel, Hamilton, Bottas, Massa e Ricciardo. Ainda na volta 10, Hamilton, já podendo utilizar a asa móvel, superou Vettel e subiu para o segundo lugar.
Parada para Ricciardo na volta 14. O australiano estava próximo de Massa em busca da quinta colocação, mas optou pela troca de pneus e ter pista livre pela frente para ganhar a posição quando o brasileiro fizesse sua parada, e isso de fato aconteceu. A parada de Felipe foi demorada, por conta de um problema na pistola pneumática que fez a troca em um dos pneus, facilitando as coisas para Ricciardo.
Button nos boxes na volta 15 e Vettel na 16.
Na frente, Rosberg e Hamilton continuaram sem troca de pneus até a volta 18, quando Rosberg calçou sua Mercedes com pneus macios. Hamilton, na volta 19, fez sua parada e voltou atrás de Rosberg, 2,7 atrás do alemão.
Sem parar nos boxes, permaneciam os dois carros da Force India, com Pérez em terceiro e Hulkenberg em quarto. Vettel, em quinto, tentou uma manobra sobre Hulkenberg, atrasou a freada, fez a ultrapassagem mas levou o "X" na volta 24.
Hamilton colado em Rosberg na volta 25. Rosberg passou reto em uma curva, foi para a área de escape e acabou abrindo vantagem para o inglês.
Massa, que perdeu três posições em sua parada, superou os dois carros da Ferrari na pista, primeiro sobre Raikkonen e depois sobre Alonso, na volta 26.
Na volta 29, Hamilton retomou a caçada a Rosberg, que estava sob investigação pela manobra que o beneficiou. Mas o alemão passou ileso de punição.
Os dois carros da Mercedes começaram a perder potência a partir da volta 37.
Os seis primeiros na volta 40:
Rosberg, Hamilton, Hulkenberg, Massa, Alonso e Vergne. Hulkenberg finalmente fez sua troca e Massa subiu para a terceira colocação.
Parada para Rosberg na volta 45. O alemão teve uma troca demorada, com problema na roda dianteira esquerda. Felipe subiu para o segundo lugar.

LISTA DE BOLSAS DO PROUNI ESTÁ DISPONÍVEL;INSCRIÇÕES COMEÇAM NESTA SEGUNDA-FEIRA DE 9 DE JUNHO DE 2014.

CONSULTA
Agência Brasil | CBM

Para o próximo semestre, serão oferecidas 115.101 bolsas em cursos de graduação de instituições privadas


Prouni
Lista de cursos e instituições que participam do programa está disponível na internet
ARQUIVO
Os candidatos a bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni), que abre inscrições na próxima segunda-feira (9), podem consultar a lista de cursos e instituições que participam do programa na internet e devem ficar atentos ao prazo, que nesta edição foi reduzido de cinco para três dias e vai até quarta-feira (11). A inscrição é feita no site do programa.
Para o próximo semestre, serão oferecidas115.101 bolsas em cursos de graduação de instituições privadas.  Dessas, 73.601 são integrais e 41.500, parciais. Podem concorrer às bolsas do ProUni os estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede particular, na condição de bolsista integral. Os cursos com maior número de bolsas são administração (13.168), direito (7.887), pedagogia (7.725) e ciências contábeis (6.865).
Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, no valor de 50% da mensalidade, a renda bruta familiar deve ser até três salários mínimos por pessoa.
O candidato deve ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. Além disso, não pode ter tirado nota zero na redação. Quem se inscreveu no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para concorrer a vagas em instituições públicas, também pode se candidatar ao ProUni.

AS MUSAS DA COPA DO MUNDO DE 2014.

JORNALISMO

Glenda Kozlowski, Fernanda Gentil e Cristiane Dias são abordadas nas ruas com questões sobre futebol e decretam: dizer que mulher não entende do esporte já era


Image-0-Artigo-1629113-1
Da esquerda para a direita: Glenda Kozlowski, Fernanda Gentil e Cristiane Dias. As jornalistas da TV Globo torcem para o jogo Brasil X Argentina no fim da competição
FOTO: CAMILA MAIA
Um privilégio. Pode até soar como clichê, mas é assim que os profissionais envolvidos na cobertura da Copa do Mundo no Brasil, que começa na quinta-feira, classificam a maratona de trabalho que têm pela frente. Para Glenda Kozlowski, Fernanda Gentil e Cristiane Dias, a sensação não é diferente. As três estão na equipe da TV Globo, ao lado de 2.500 profissionais da emissora, espalhados pelos quatro cantos do país. "Para nós, jornalistas, trabalhando com esporte, este momento é um marco. Demos sorte", empolga-se Fernanda, de 27 anos.
Desde o início do mês, a missão da repórter é acompanhar todos os passos da seleção brasileira em flashes ao vivo para os telejornais matinais, incluindo o "Globo esporte", apresentado por Cristiane e, durante a Copa, exibido para todo o país; e o "Esporte espetacular", aos domingos, com Glenda e Ivan Moré. Agora, futebol é o assunto predominante na vida do trio.
Há 20 anos na profissão e aos 39 de idade, a apresentadora pode até ser chamada de veterana: a Copa de 2014 será a sua sexta. "Eu falo para os amigos: 'Desculpa. Eu não tenho que ter vergonha de gostar de Copa'. Gosto e estou feliz da vida que vai ser no meu país. O brasileiro tem que encarar isso como uma chance de mostrar o que o Brasil tem: a simpatia, a hospitalidade, o talento do futebol que está em todo canto do país".
Cristiane, de 33 anos e duas Copas no currículo (assim como Fernanda), diz que dificuldade de se segurar também existe nos momentos de tensão. "Mas em compensação a gente curte de um jeito muito bacana. No dia seguinte da vitória da Copa das Confederações, recebemos o David Luiz e o Tiago Silva no estúdio. Quem tem esse privilégio?".

MUNDIAL DE 2014 PODE SER O ÚLTIMO DE JOGADORES COMO XAVI,DROGBA,FLORLÁN E KLOSE.


 por  | CBM
Líderes, ídolos, craques e artilheiros podem se despedir de Mundiais em campos brasileiros, naCopa de 2014. A idade avançada pode impedir que grandes jogadores de diversas seleções, inclusive da Brasileira, cheguem à Rússia 2018. Confira quem são esses jogadores e quais as seleções devem se preocupar mais, a partir de julho de 2013, em renovar seu plantel.
Goleiro será uma das posições que exigirá renovação do Brasil após a Copa de 2014. FOTO: Divulgação/ CBF
Mundial do Brasil é o terceiro de Júlio César, que já está com 34 anos. Goleiro será uma das posições que exigirá renovação após 2014. FOTO: Divulgação/ CBF
Brasil tem time experiente
A recente renovação e a convocação de jovens jogadores como Oscar, Bernard e Neymar podem enganar a alguns que a Seleção tenha um elenco totalmente novo. Dos 23 convocados por Luiz Felipe Scolari, entretanto, 8 jogadores já chegaram aos 30 anos.
Convocado para a terceira Copa, Júlio César, 34, lidera a lista dos experientes jogadores brasileiros, que também conta com os outros dois goleiros, Jefferson (31) e Victor (31), os laterais Daniel Alves (31), Maicon (33) e Maxwell (32), o zagueiro Dante (30) e o atacante Fred (30).
Com a idade, os atletas podem ficar mais vulneráveis a lesões, o que pode comprometer a manutenção do alto nível a longo prazo. Fred, o camisa número 9 da Seleção, por exemplo, sofreu com 8 lesões somente em 2013.
Atual campeã não fica atrás
A Copa de 2014 pode ser a última de jogadores espanhóis que estão marcados na história do país. Casillas (33), Xabi Alonso (32) e Xavi (34) são líderes de La Roja e foram campeões em 2010, na África do Sul, mas começam a ser contestados em Real Madrid e Barcelona.
Iker Casillas, goleiro titular e capitão da Seleção, chega à Copa sem a titularidade unânime no time onde sempre jogou, o Real. O antigo treinador, José Mourinho, começou a colocá-lo no banco de reservas em algumas partidas, e o sucessor, Carlo Ancelotti, repete a rotação. Já os meias quase homônimos Xabi e Xavi tiveram sua saída de Real e Barça, respectivamente,cogitada, durante a última temporada.