quinta-feira, 18 de setembro de 2014

APALAVRA DE DEUS,EVANGELHO DE SÃO JOÃO CAPITULO 10.

1 ¶ Na verdade, na verdade vos digo que aquele que não entra pela porta no curral das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador.
2 Aquele, porém, que entra pela porta é o pastor das ovelhas.
3 A este o porteiro abre, e as ovelhas ouvem a sua voz, e chama pelo nome às suas ovelhas, e as traz para fora.
4 E, quando tira para fora as suas ovelhas, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz.
5 Mas de modo nenhum seguirão o estranho, antes fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos.
6 Jesus disse-lhes esta parábola; mas eles não entenderam o que era que lhes dizia.
7 Tornou, pois, Jesus a dizer-lhes: Em verdade, em verdade vos digo que eu sou a porta das ovelhas.
8 Todos quantos vieram antes de mim são ladrões e salteadores; mas as ovelhas não os ouviram.
9 Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens.
10 O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.
11 Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas.
12 Mas o mercenário, e o que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa as ovelhas.
13 Ora, o mercenário foge, porque é mercenário, e não tem cuidado das ovelhas.
14 Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido.
15 Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas.
16 Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor.
17 Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la.
18 Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai.
19 ¶ Tornou, pois, a haver divisão entre os judeus por causa destas palavras.
20 E muitos deles diziam: Tem demônio, e está fora de si; por que o ouvis?
21 Diziam outros: Estas palavras não são de endemoninhado. Pode, porventura, um demônio abrir os olhos aos cegos?
22 ¶ E em Jerusalém havia a festa da dedicação, e era inverno.
23 E Jesus andava passeando no templo, no alpendre de Salomão.
24 Rodearam-no, pois, os judeus, e disseram-lhe: Até quando terás a nossa alma suspensa? Se tu és o Cristo, dize-no-lo abertamente.
25 Respondeu-lhes Jesus: Já vo-lo tenho dito, e não o credes. As obras que eu faço, em nome de meu Pai, essas testificam de mim.
26 Mas vós não credes porque não sois das minhas ovelhas, como já vo-lo tenho dito.
27 As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;
28 E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.
29 Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai.

PARNAÍBA-PI TERÁ PRIMEIRA UNIDADE DE TRATAMENTO PARA DEPENDENTES QUÍMICOS.

Foto: Reprodução

O município de Parnaíba, localizado a 318 quilômetros de Teresina, terá a sua primeira Unidade de Tratamento para Dependentes Químicos, com capacidade para atender 60 pessoas. A obra, que já foi aprovada pelo Ministério da Saúde, será realizada através da parceria entre Governo do Estado e Prefeitura Municipal.
A unidade será implantada na sede da desativada escola Professora Maria da Penha. A reforma está orçada em cerca de R$ 500 mil, e contará com espaços de convivência, quartos, banheiros, refeitório, salas de atendimento, espaço para atividades, entre outros.
“O projeto já foi autorizado e está lançado no sistema do Ministério da Saúde. Agora, vamos ao local com um engenheiro para definir todas as adequações de que os espaços necessitam.
Esperamos que até o fim do ano possamos estar com tudo pronto para entregar à sociedade”, explica a gerente estadual de Atenção à Saúde mental, Leda Trindade.
A unidade terá como prioridade desintoxicar, tratar e auxiliar os dependentes químicos a voltarem ao convívio social. A Coordenadoria Estadual de Enfrentamento às Drogas (Cedrogas) é o órgão responsável por supervisionar a gestão da Unidade.
“Iremos garantir que a metodologia de funcionamento seja a melhor possível, com tratamento preparado para oferecer um amplo conjunto de atividades para o paciente e preparação da equipe multidisciplinar”, destaca a coordenadora de Enfrentamento às Drogas, Jeannette Souza.

EUNÍCIO PROMETE ASSUMIR CONTRAPARTIDA DOS MUNICÍPIOS PARA CONSTRUIR CASAS DO MINHA CASA MINHA VIDA

A propaganda eleitoral do candidato Eunício Oliveira, que disputa o governo do Ceará pelo PMDB, expôs nesta quinta-feira (18) que o Ceará é o segundo estado do País com o pior desempenho na execução do Programa “Minha Casa Minha Vida”. 
Para agilizar a construção de casas através do Programa Federal, o candidato peemedebista disse que, caso eleito, irá assumir a contrapartida que cabe aos municípios. “Comigo no governo, vou agilizar o Minha Casa Minha Vida na Capital e no Interior, inclusive pagando com recurso do Estado, a parte dos custos que cabem aos municípios”, assegurou.
Deficit
Eunício explicou que apesar de ser um projeto executado em nível nacional, através da iniciativa do Governo Federal, os Estados podem trabalhar para que as obras possam ser realizadas de forma mais rápida, o que, segundo ele, não aconteceu no Ceará.

PAPA FRANCISCO DIZ QUE NÃO QUER BISPOS 'PESSIMISTAS'.

Pontífice pediu que eles acolham a comunidade e não se cansem

O papa Francisco pregou uma missa para 120 novos bispos nomeados por ele durante 2014 e disse que não quer sacerdotes "desligados ou pessimistas", que fiquem "apoiados apenas em si mesmo ou rendidos à escuridão domundo ou ainda que desistiram de sua missão". "A vocação de vocês não é serem guardiões de uma massa falida, mas serem protetores do Evangelho", afirmou o Pontífice.
    "Por favor, não caiam na tentação de sacrificar sua liberdade circundando-se de cortes, cortejos ou coros de consenso porque no trabalho de um bispo da Igreja o mundo tem o direito de encontrar sempre o Evangelho que os libertará", destacou Francisco.
    Ele ainda ressaltou que os religiosos devem ser "apaixonados pela verdade" e que "não desperdicem energia para brigas e desentendimentos, mas para construir e amar". "Receber, acolher e amar. Gostaria que vocês, não pela quantidade de meios eletrônicos de comunicação que tem, oferecessem espaços para acolher as pessoas e suas necessidades concretas, dando a eles interesse e o grande ensinamento da Igreja - não um catálogo de arrependimentos", disse o líder da dos católicos.

MAIS DE 90% DO QUEIJO DE COALHO TÊM PRODUÇÃO ILEGAL.

INSPEÇÃO NO CEARÁ

Há no Estado apenas 50 queijarias regulamentadas, em um setor com mais de 500 pontos de fabricação

Produção ilegal de queijo no CE
Queijarias têm aproveitado melhor o leite fabricado nas bacias do Interior
FOTO: MELQUÍADES JÚNIIOR
Fortaleza. Mais de 90% do queijo artesanal comercializado no Estado não têm registro de inspeção sanitária. São mais de 500 queijarias funcionando apenas no Estado, enquanto os registros para mercado não ultrapassam o número de 50.
Neste ano, já foram apreendidos 2,5 toneladas de queijos, e destinados à incineração, número que não para de crescer, apesar dos esforços para a regulamentação dos estabelecimentos no Interior do Estado.
O presidente da Adagri, Augusto Júnior, disse que o crescimento da produções de queijos artesanais é um forte desafio para a ação do órgão, que, além de seus quadros, conta com o apoio das Polícias Rodoviárias Estadual (PRE) e Federal (PRF). Segundo ele, a ação não poderia ter 100% de eficiência, diante da prática que ocorre numa grande extensão territorial.
Isso se dá porque, além do âmbito no comércio estadual, em que os produtos de origem animal devem apresentar registro junto ao Serviço de Inspeção Estadual (SIE), a vigilância também verifica os selos do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e Serviço de Inspeção Federal (SIF), quando o comércio extrapola os limites ou divisas, respectivamente, das áreas de vigilância sanitária.
Controle
Atualmente, há apenas 50 estabelecimentos regulares perante o Estado, enquanto que o número dos que entraram com pedido para processo de legalização chega a apenas 60.
Por sua vez, o Estado não tem controle do número daquelas que buscam comercializar o produto dentro das normas legais.
De acordo com o último relatório de resultados das ações desenvolvidas pelo Sebrae no setor de laticínios do Baixo e Médio Jaguaribe, divulgado em setembro do ano passado, nesta região há cerca de 250 estabelecimentos produtores de queijo, representando metade da produção de todo Estado, onde a estimativa é de que hajam 500 estabelecimentos. A região, segundo o relatório, é a segunda maior bacia leiteira, mas é a primeira em referência na produção de queijo e derivados. Só na região são processados cerca de 125 mil litros de leite por dia, representando cerca de 90% de toda a produção de leite.
A fiscalização intensificada vem ocorrendo por conta da expansão das queijarias. Afinal, o mercado do queijo apresenta preços bem mais favoráveis para os produtores de leite.
Com a seca que ocorre no Estado, o custo do produto "in natura" dobrou de R$ 0,45 para R$ 0,90, ocasionando um restrição na compra pela indústria de beneficiamento e, com isso, havendo uma disparidade em relação à oferta. O produto ficou mais valorizado para ser mais utilizado pelas queijarias, clandestinas ou não. Apesar das condições favoráveis para o negócio, os proprietários das queijarias são relutantes com relação à regulamentação. As explicações mais frequentes são o rigor da legislação e o longo processo burocrático.
Mudanças
O diretor técnico da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará, Walmir Severo, diz que o órgão está sensível em apoiar os produtores, não apenas no sentido da regulamentação como na melhoria da qualidade. Como observa, o mercado mudou significativamente. Ao contrário do queijo de cor amarela, gorduroso e muito comum no passado, a tendência atual é pelo de cor branca e mais leve.
Segundo a articuladora regional de Sebrae, na região do Jaguaribe, Wandrey Pires, a demora no processo, o excesso de burocracia e os altos custos são os principais entraves para que os produtores se modernizem. "Não é barato modernizar as pequenas queijeiras porque é preciso muito capital para construir uma completa estrutura, com todos os padrões exigidos. Além disso, há poucos fiscais para acompanhar o processo, sendo que há processos que estão há mais de um ano aguardando a inspeção", conta.

REUNIÃO COM CAMINHADA DA "FAMÍLIA 11" COM GONY E ZÉ AÍRTON NESTA SEXTA-FEIRA.

Na sexta-feira, dia 19, o comício dos deputados Gony Arruda (estadual) e Zé Airton (federal) em Camocim, será no Bairro Cruzeiro, na rua Quintino Bocaiuva esquina com Zeferino Veras, próximo a casa do senhor Assis Bezerra.

O evento tará incio as 19h e se encerrará na praça da Rodoviária após a tradicional caminhada da familia 11 com os candidatos.

AOS POLÍTICOS QUE EMPORCALHAM A NOBRE ARTE, A CIÊNCIA DO BEM COMUM.


Por César Rocha

Os políticos com "P" maiúsculo tornam-se cada vez mais escassos, peças raras na sociedade brasileira. Os que primam pelo bem-estar da coletividade e tratam o dinheiro público com seriedade vão perdendo espaço para os oportunistas, ou melhor dizendo, os "vigaristas" de plantão. Quem se aproveita das necessidades do povo, da fome e da miséria alheia, para se autopromover, deveria ser banido da esfera política. Mas, como a justiça desse país quase sempre é capenga e só beneficia os seus merecidos, ficamos à mercê do completo descaso. Alguns até se acostumaram com essa impunidade, passaram a ter simpatia por quem comete algum delito ou improbidade e sai ileso. Não é de hoje que homenageamos e exaltamos os vilões e falsos heróis dessa Pátria varonil.

As oligarquias continuam tripudiando nessa nação, arrotando orgulho e arrogância, enquanto determinadas figuras desse cenário político querem incutir a ideia de que tudo está em perfeita ordem e progresso, como num lindo conto de fadas. Ora, é mais cômodo viver nesse mundo lúdico, fantasioso e mágico do que encarar a realidade dos fatos. Podem até mascarar essa realidade, impedir que revista A ou B divulgue a verdade, distorcer algumas informações, mas um dia a "casa cai", ou melhor, a "máscara cai".

EM CAMOCIM, DOIS SÃO ALVEJADOS A BALA. POLÍCIA MILITAR APREENDE MENOR DE 14 ANOS ACUSADO DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO.


Durante a noite de quarta-feira, 17, um menor de apenas 14 anos de idade foi apreendido pela Polícia Militar sob a acusação de ter tentado matar a bala dois de seus inimigos no bairro da Brasília, em Camocim, deixando-os lesionados.
Era por volta das 10h00 da noite, quando populares ligaram atônitos para o 190 comunicando sobre um tiroteio que tinha acabado de acontecer no cruzamento das ruas 24 de Maio com Dr. Raimundo Veras, no bairro da Brasília. 
Sem perda de tempo, foram mobilizadas para o local viaturas do Ronda do Quarteirão, da FTA e da FTA Motos. Chegando lá, os pm's se depararam com duas pessoas feridas a bala, o primeiro foi identificado como Lucas Oliveira da Silva, 18 anos, vulgo "Lec Lec", que foi lesionado a bala na altura da panturrilha esquerda.

NA PENITENCIÁRIA DE SOBRAL: LATROCIDA DE BRASÍLIA MATA ESTUPRADOR COM PROFUNDA LESÃO NO PESCOÇO.

Um crime de morte foi registrado no decorrer da madrugada desta quarta-feira (18/09), na Penitenciária Industrial de Sobral. A vítima foi o detento, Francisco Ivanildo Torres da Silva, 29 anos, conhecido como Pretinho, que morava na Vila Recanto em Sobral. O mesmo estava recolhido na penitenciária por haver cometido um crime de estupro.
De acordo com informações, o principal acusado do crime foi o latrocina Juari Lima dos Santos, natural de Brasília, que havia chegado no dia de ontem da mesma cidade, onde estava recolhido na penitenciária da Papuda por haver cometido crime de latrocínio.