quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

VÍDEO MOSTRA FESTA E FABRICAÇÃO DE CACHAÇA EM PRESÍDIO EM PERNAMBUCO-PE.


Imagens ainda revelam uso de celular e celas equipadas com eletrônicos.
Secretário de Ressocialização renunciou; coronel reformado assumiu cargo.

Do G1 PE

Novas imagens, obtidas com exclusividade pela TV Globo e exibidas no Jornal Nacional desta quarta-feira (7), revelam diversas irregularidades no maior complexo penitenciário de Pernambuco.  As cenas mostram uma farra feita por presos no Complexo Prisional do Curado, antigo Aníbal Bruno, na Zona Oeste do Recife.
A gravação mostra uma festa com jogo de luzes e música eletrônica, onde os detentos se divertem dentro de uma cela do Presídio Antônio Luiz Lins de Barros, que faz parte do complexo. Outro grupo que aparece nas imagens prefere o vídeo-game.

Na filmagem, ainda é possível observar que algumas celas possuem aparelhos de TV, ventiladores, geladeira. Aparelhos de telefone celular também são comuns, assim como facas. Em uma das celas, foi instalada uma fábrica de cachaça artesanal. Pela quantidade de baldes dá pra ver que a produção é farta.

EM CASO RARO, BEBÊ NASCE COM DENTE FORMADO EM SANTA MARIA-RS.


Antônia pegou os pais e médicos de surpresa nesta terça-feira (6).
Médico obstetra diz que dente não irá atrapalhar no desenvolvimento.

Do G1 RS/CBM

Um bebê de Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, nasceu com uma característica rara: um dente. Antônia veio ao mundo nesta terça-feira (7) com 3,835 kg e 51 centímetros no Hospital de Caridade. O caso é considerado raro pela medicina.
A mãe, Suelen Pradie, afirma que fez oito exames de ultrassom durante os nove meses de gravidez e em nenhum deles apareceu o dente da filha. A surpresa só foi aparecer após o nascimento.

RALLY DAKAR TEM BRASILEIROS NAS TRILHAS PERIGOSAS.

América do Sul é o cenário do evento esportivo, que é o mais tradicional do setor no mundo
rally
Dupla Brasileira Guilherme Spinelli e Youssef Hadad participam em um ASX Mitsubishi
FOTO: DIVULGAÇÃO
Maior e mais perigoso do mundo, o Rally Dakar está sendo disputado pela sétima vez na América do Sul. A largada foi no último domingo, em Buenos Aires. São 665 participantes de 53 países, divididos em 414 veículos distribuídos por quatro categorias (motos, quadriciclos, carros e caminhões). O Brasil tem cinco representantes.
A competição tem 13 etapas e passará por 12 cidades de Argentina, Chile e Bolívia. O percurso total é de 9.295 quilômetros, entre deslocamentos, trechos cronometrados, chamados de especiais, e etapas maratonas, nas quais os competidores ficam por conta própria e não podem receber assistência técnica da equipe.
A dupla brasileira Guilherme Spinelli e Youssef Hadad estão competindo com um ASX Mitsubishi. Após alcançar duas vezes o TOP 10 do Dakar, as coisas não foram bem para Guilherme: ele foi obrigado a abandonar as últimas três edições do Dakar: em 2012 um pneu furado e uma roda quebrada fizeram a dupla se retirar na terceira etapa da competição, em 2013 seu Mitsubishi foi varrido por uma enxurrada e ano passado uma série de impactos lesionaram o pescoço do navegador Youssef Hadad, o que os obrigou a abandonar.

AS PROMESSAS REGISTRADAS NO CARTÓRIO DE CAMOCIM-CE.

Ação Social, esporte e lazer: mais 17 que ainda não foram cumpridas



Segue mais uma remessa de promessas que a prefeita, até agora, na metade do seu mandato, ainda não cumpriu. Faltam apenas, na pratica, um ano. O outro é ano de eleição.  Será que dá tempo?

Ação Social

√ Implantar a Casa do Camocinense na Capital, uma casa de apoio para receber pacientes que necessitam de tratamento de saúde especializado (não cumprida - mal tem transporte pra levar o povo)

√ Revitalização do Centro do Idoso (não cumprida)

√ Criação da rede de proteção social com ações voltadas para complementação alimentar, saúde e bem estar da população de baixa renda, sobretudo idosos, mulheres e crianças (não cumprida - lembrei da frase de uma humorista: ô coitado)
√ Implantação do JARDIM DO FUTURO, criado para atender crianças com deficiências físicas ou mentais (não cumprida - o futuro ainda não chegou)

Cultura, Esporte e Lazer

√ Construção da Praça de convívio entre idosos e jovens, com quadras poliesportivas e campos de futebol nos distritos, pista de skates e pista antiderrapantes para caminhadas de idosos (não cumprida)

√ Reedição do Carnaval de Camocim (carnaval sempre existiu - bom ou ruim, nada diferente- não cumprida)

CAMILO X CID: "NÃO TEM NEM COMPARAÇÃO", AFIRMA CAP. WAGNER

O novo governador e o deputado mais votado da coligação opositora a Camilo terão encontro amanhã para debater segurança. Wagner diz que quer contribuir com o novo governo e espera "aproximação positiva".

Às vésperas de encontrar-se com o governador Camilo Santana (PT), o deputado estadual Capitão Wagner (PR) disse que o início do mandato do petista “não tem nem como comparar” com o mandato do ex-governador Cid Gomes (Pros).                                      
Apesar da comparação parecer precipitada, considerando-se que a atual gestão está apenas começando, Wagner se diz satisfeito com as primeiras posturas que prometem ser adotadas na pasta da segurança, comparadas a do ex-governador.

DEFESO DO CARANGUEJO-UÇÁ TEVE INÍCIO NESTA-TERÇA-FEIRA DIA 06 DE JANEIRO DE 2015.

Comerciantes do produto devem comunicar estoque ao Ibama. Medida de proteção proíbe a captura, venda e transporte dos crustáceos.


A partir desta terça-feira (6) a captura, comercialização, transporte, armazenamento, industrialização e beneficiamento do caranguejo-uçá estão proibidas no Delta do Parnaíba devido a abertura do período de defeso, que prossegue em quatro períodos até início de março. O procedimento é adotado como medida de proteção para ajudar na preservação da espécie durante a época de reprodução.

Entre os meses de janeiro, fevereiro e março de 2015 para o defeso do caranguejo-uçá. O primeiro período será de 6 a 11 de janeiro e de 21 a 26 de janeiro. O segundo será de 4 a 9 de fevereiro e de 19 a 24 de fevereiro. Já o terceiro período vai de 6 a 11 de março e de 21 a 26 de março.

O comerciante que tiver o animal em cativeiro deve declarar ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) quantos estão vivos ou beneficiados de alguma forma. Quem for flagrado transportando ou comercializando a espécie durante esse período de proteção pode ser multado em até R$ 1 mil, mais R$ 20 por quilo do crustáceo, além de responder na justiça por crime ambiental.
Edição do Jornal da Parnaíba

HOSPITAL DIZ QUE NÃO HÁ PROBLEMAS ÉTICOS EM FOTOS DE PERNA DE URACH.


Segundo instituição, a paciente pode autorizar divulgação de cirurgias.
Suposta oferta de dinheiro por imagens foi vista como 'boato' pelo GHC.

Do G1 RS
Andressa Urach  (Foto: Reprodução/Instagram)Andressa Urach (Foto: Reprodução/Instagram)
O Hospital Conceição de Porto Alegreinformou nesta terça-feira (6), via assessoria de imprensa, que não vê problemas éticos na divugação de fotos registradas na UTI da instituição com imagens de marcas cirúrgicas e curativos na perna esquerda da modelo Andressa Urach. De acordo com a instituição, não há regras que impeçam pacientes de fazer registros fotográficos, desde que outras pessoas internadas não apareçam nas imagens. As imagens foram divulgadas por uma agência internacional na segunda (5).
Durante o período em que esteve hospitalizada no local, o Conceição reforçou a segurança do local onde ela estava sedada em estado grave, por contra de uma infecção gerada pela mistura de hidrogel e PMMA, outro produto injetável com microesferas de polimetilmetacrilato, na coxa esquerda. Informalmente, a reportagem do G1 foi informada por funcionários do hospital de que haveria dinheiro sendo oferecido para quem obtivesse uma foto da modelo deitada na maca.
De acordo com a assessoria da instituição de saúde, a suposta oferta foi tratada como um "boato", que não influenciou nas medidas de segurança adotadas no local para preservar a paciente. Na ocasião, um segurança do hospital ficou posicionado em frente ao setor de Urach. Além disso, a entrada de funcionários de limpeza passou a ser restrita a quadros de confiança de uma empresa terceirizada.
Depois de deixar o hospital, Andressa passou as festas de fim de ano com a família em Porto Alegre. “Não poderia passar ano novo melhor. Na presença de Deus, com minha família, agradecendo a vida", disse ela em uma postagem de uma rede social. Na publicação de Andressa, uma imagem tinha os dizeres: "Quando a última coisa que você tiver for Deus, você vai descobrir que ele era a única coisa que você precisava ter."

GOVERNO CRIA REGRAS PARA QUE SAÚDE PRIVADA REDUZA CESARIANAS.


Operadoras terão 180 dias para se adaptarem às novas resoluções.
Medidas serão publicadas no Diário Oficial desta quarta-feira (7).

Luciana AmaralDo G1 DF
Ministro da Saúde durante coletiva de imprensa nesta terça (6) (Foto: Luciana Amaral/G1)Ministro da Saúde, Arthur Chioro, e Andre Longo, diretor da
ANS, durante coletiva (Foto: Luciana Amaral/G1)
O Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciaram nesta terça-feira (6), em Brasília, uma nova resolução que irá pressionar as operadoras a fiscalizarem mais hospitais e médicos para diminuir a quantidade de partos cesáreos feitos por planos de saúde no Brasil.
O governo busca estimular o parto normal e reduzir as cesarianas, quando possível, pois o índice de nascimentos por meio cirúrgico chega a 84,6% do total realizado via planos de saúde. O índice é extremamente alto se comparado ao recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS): 15%.
A medida será publicada nesta quarta-feira (7) no Diário Oficial e o prazo para as operadoras se adaptarem à resolução é de 180 dias.

Entre as novas regras, fica estabelecido que os planos de saúde devem informar às pacientes, em até 15 dias, a quantidade de cesarianas realizadas por médico, operadora e hospital, quando solicitados.
Segundo o governo, com essas informações em mãos, a mulher terá a oportunidade de analisar melhor e com calma o histórico do médico e do local em que o parto será realizado e pode ajudá-la a optar, inicialmente, pelo método normal. A multa para as operadoras que não prestarem as informações quando solicitadas pela gestante será de R$ 25 mil.

REPÓRTER SOFRE UMA "VOADORA" DURANTE UM ENTREVISTA! VEJA NO VÍDEO.

Pedro Borges, da Rede Meio Norte, é agredido com voadora em local de tiroteio.
O jornalista Pedro Borges, da Rede Meio Norte, foi agredido, com uma voadora, durante gravação e passagem de reportagem sobre o tiroteio, que matou um homem e feriu uma criança de dois anos e seis meses e sua babá, na rua Campo Maior, no bairro Parque Alvorada, na zona Norte de Teresina.

O reporter disse que um jovem saiu de uma casa, o agrediu com um golpe e voltou se trancando na mesma , quando ele estava produzindo sua reportagem para o Programa "Agora", da Rede Meio Norte, apresentado por Silas Freire.

Pedro falou que tinha sido informado sobre um tiroteio, com tiros disparados por policiais durante a perseguição de um acusado, na rua Campo Maior, no Parque Alvorada, e quando chegou lá foi fazer o seu trabalho, falou com policiais, com parentes das pessoas atingidas pelas balas, e com os vizinhos.