quinta-feira, 8 de agosto de 2013

LAUDO DOS EUA DIZ QUE MARCAS EM ISABELLA NARDONI NÃO SÃO DE MÃOS.


Exame foi feito a pedido do defensor de Anna Jatobá e Alexandre Nardoni.
Fotos e moldes de mãos de pai e madrasta foram usados para laudo.

Do G1 São Paulo/camocim belo mar blog

Um laudo produzido nos Estados Unidos pelo Instituto de Engenharia Biomédica da George Washington University aponta que as marcas nos pescoço da menina Isabella Nardoni, morta em 2008, "não são de mãos humanas".
A informação foi divulgada nesta quinta-feira (8) pelo criminalista Roberto Podval, que defende Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, condenados pela morte da menina. O pedido para a realização do novo exame partiu do defensor.
Em março de 2010, Alexandre Nardoni foi condenado na primeira instância da Justiça de São Paulo a 31 anos, 1 mês e 10 dias de reclusão, e Anna Carolina Jatobá, madrasta de Isabella, a 26 anos e 8 meses de reclusão. A menina de 5 anos foi encontrada morta no jardim do Edifício London, em 29 de março de 2008.
Até a manhã desta quinta, Podval disse ter tido acesso apenas a um resumo do laudo. "Haverá uma apresentação ainda hoje e terei acesso à íntegra do material. O que já posso afirmar por enquanto é que está comprovado que as marcas [no pescoço de Isabella] não são sequer de mãos humanas, quanto mais das mãos de Anna Carolina ou Alexandre, como diz a acusação", afirmou o advogado ao G1. O laudo de 65 páginas foi produzido pela equipe do pesquisador James K. Hahn.

81,1% DAS VAGAS NO CEARÁ NÃO FORAM PREENCHIDAS.


Dos 834 médicos necessários para completar os quadros na atenção básica, 91 homologaram inscrição
Apesar de o Ceará ser o Estado brasileiro que receberá mais profissionais por meio do Programa Mais Médicos, do governo federal - serão 91, contemplando 43 municípios -, o número de vagas corresponde a apenas 10,9% da demanda dos municípios, que apontaram necessidade de 834 médicos para completar os quadros na atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS). Ou seja, 89,1% dos postos não foram preenchidos.

Entre os profissionais que deverão atuar em unidades do Ceará, 42,85% ficarão na Capital e Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), enquanto 57,14% em municípios de maior vulnerabilidade social FOTO: JOSÉ LEOMAR

Em decorrência da baixa adesão na primeira etapa do programa, o Ministério da Saúde resolveu prorrogar o prazo de homologação até hoje (8). O órgão explica que será mais uma oportunidade para os médicos brasileiros que se inscreveram, mas não confirmaram a sua participação. Dos 16.530 profissionais que haviam se cadastrado em todo o País, apenas 938 efetivaram a homologação (5,6%).

Dos 91 médicos que confirmaram participação no Ceará, chama atenção que 42,85% atuarão na Capital e Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), enquanto 57,14% em municípios de maior vulnerabilidade social.

Na visão de Ivan Moura Fé, presidente do Conselho Regional de Medicina do Ceará (Cremec), o programa traz o erro clássico de oferecer uma bolsa para médicos, em vez de realizar concurso público. "Reconhecemos que há defasagem de profissionais, mas queremos que eles entrem através de concurso público, como prevê a lei. Também defendemos a criação de carreira de estado para médicos".

O presidente do Cremec acrescenta que, da forma como está sendo proposto, o programa é precário, uma vez que os profissionais não têm garantias trabalhistas e nem vínculo empregatício, o que certamente contribuiu para que o interesse fosse bem abaixo do esperado.

SAFRA DO CEARÁ EM 2013 DEVERÁ SER A 3ª- PIOR EM 18 ANOS PROJETA IBGE.


Expectativa é que o Estado produza 329.018 toneladas de grãos no ano
Foto: Denise Mustafa/ Diário do Nordeste
Feijão de corda teve redução de 72,61% em relação ao mês de janeiro. Foto: Denise Mustafa/ Diário do Nordeste
A produção agrícola para 2013 no Ceará deve ser a terceira pior dos últimos 18 anos, de acordo projeção do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgado nesta quinta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
A expectativa é que o Estado produza 329.018 toneladas de grãos no ano. Comparada a junho, a previsão caiu 11,45%, já que no mês referido o levantamento previa que o Ceará iria produzir 371.581 toneladas. Houve ainda uma redução de 73,61% se comparada a safra estimada de julho com a de janeiro, que presumia 1.246.856 de toneladas.
“Julho se diferenciou porque, no período da pesquisa, a quantidade de chuva que caiu no Estado foi maior que o comum, historicamente. Mas isso não refletiu, não deu para garantir uma estimativa maior. Para a agricultura, a safra foi menor”, afimrou Regina Dias, coordenadora do Grupo de Coordenação de Estatísticas Agropecuária do Ceará.
A perspectiva, no entanto, subiu 40,69% em relação ao ano de 2012, que teve produção de 233.857 toneladas. O ano passado foi considerado o pior da safra em 17 anos, em decorrência da estiagem.
A safra de 2013 também perdeu para a de 1998, cuja produção foi de 265.870 toneladas, segundo a pesquisa.
Nacionalmente, em julho, o IBGE totalizou estimativa para a safra de 187,9 milhões de toneladas para 2013, 16,1% maior que a de 2012. Proporcionalmente, o crescimento é menor do que o registrado no Ceará (40,69%).

RECOMPENSA PARA INFORMAÇÕES QUE LEVE O AO PARADEIRO DE MOTO FURTADA EM CAMOCIM-CE,


Uma moto Honda Biz 100, ano 2005 de cor amarela e placa HUO 6854, foi furtada por volta de 12h30 da noite de frente a loja Edu Construções, no centro e Camocim.
A moto estava estacionada desde cedo da noite em frente a loja e  por volta das 12h30 seu proprietário foi  pegá-la e percebeu  que ela havia sido furtada.

MILAGRE: MENINO SOBREVIVE DEPOIS DE CAIR SOBRE TESOURA E PERFURA A CABEÇA.


Um menino de dois anos de idade, sobreviveu milagrosamente depois de cair sobre uma tesoura que perfurou sua órbita ocular.
Wang Jierong, do oeste da China, estava correndo ao redor de sua casa com a tesoura na mão, quando tropeçou e caiu, afundando a tesoura acima do olho esquerdo.
O menino foi levado para o Hospital da Universidade de Lanzhou em Wushan County, onde os médicos realizaram uma cirurgia de emergência para remover o objeto.