segunda-feira, 24 de novembro de 2014

RESUMO DA NOVELA IMPÉRIO DIA 24 A 29 DE NOVEMBRO DE 2014.



Novela Império - www.resumodenovelas.net




Resumo da Novela Império - GLOBO - 21h

Confira o Resumo das Novelas da Globo. A emissora disponibilizou os Próximos Capítulos da Novela "Império" do dia 24 a 29 de Novembro de 2014. Fique por dentro dos principais acontecimentos da semana...
Segunda-feira, 24/11/2014 - cap. 109
Maria Isis enfrenta Maria Marta

Maria Ísis enfrenta Maria Marta e entra na sala de José Alfredo. Danielle chora ao se lembrar da conversa com Érika, sem perceber que é observada por Amanda. Cristina avisa a José Alfredo que a empresa pode ter problemas com a fiscalização. João Lucas conta para Maria Ísis que se casará com Du. Du sofre um acidente. Jairo ameaça Cardoso para ficar com seu pedaço do diamante cor-de-rosa.

Vicente repreende sua equipe. Antoninho elogia o novo chef do botequim de Manoel. Amanda desconfia de Du. Beatriz pensa na mensagem que Cláudio escreveu para Leonardo. Jairo pega o último pedaço do diamante cor-de-rosa. Maurílio marca um novo encontro com Téo. Amanda confirma para Danielle que voltou para acabar com seu casamento. João Lucas avisa para os seus familiares que se casará com Du.

PLENÁRIO DA CÂMERA DOS DEPUTADOS PODE VOTAR APOSENTADORIA INTEGRAL POR INVALIDEZ A SERVIDOR PÚBLICO.

Pauta também inclui, entre outras propostas, o aumento dos repasses federais para o Fundo de Participação dos Municípios; e o orçamento impositivo das emendas parlamentares.

Gustavo Lima/Câmara dos Deputados
Ordem do Dia
Deputados poderão votar novo texto para a PEC 170, evitando o pagamento de retroativos aos aposentados.
A Proposta de Emenda à Constituição 170/12, que concede aposentadoria integral por invalidez ao servidor público, independentemente do motivo dessa invalidez, é o destaque da última semana de novembro no Plenário da Câmara dos Deputados. De autoria da deputada Andreia Zito (PSDB-RJ), a PEC vale para os servidores civis da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.
O governo vai propor um novo texto para ir a voto que deixa claro o não pagamento de retroativos, permitindo a correção das aposentadorias já existentes a partir da publicação da futura emenda constitucional.