terça-feira, 11 de dezembro de 2012

ASTRÔNOMOS, HISTORIADORES E ATÉ ASTRÓLOGOS DESMENTEM 'FIM DO MUNDO'.




Daqui a poucas horas, o calendário cristão vai apontar a curiosa data 12/12/12, que se repete a cada 100 anos. Daqui a alguns dias, o calendário maia encerra mais um ciclo. Mais precisamente no dia 21 de dezembro.
As duas datas são apontadas por alguns místicos, religiosos e populares como prováveis dias do "fim do mundo", "apocalipse" ou do início da "nova era". As especulações e teorias alarmistas levaram pessoas a criar abrigos subterrâneos e até mesmo suicídios já foram registrados dado o temor de um colapso global.

Nos Estados Unidos, a Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) chegou a convocar seus maiores especialistas para desmentir qualquer base científica de alguma catástrofe em dezembro. Na Rússia, instituições científicas fizeram o mesmo. Líderes indígenas descendentes da civilização maia idem.

Aqui no Ceará, o Diário do Nordeste ouviu especialistas em história maia e até em astrologia para debater a lenda urbana que prevê o "fim dos tempos" nos próximos dias. 

Mesmo astrólogos desmentem rumores
Embora as previsões catástróficas para este dezembro tenham começado com alguns grupos esotéricos, astrólogos experientes acreditam que há muito exagero sobre o tema e desmentem qualquer perspectiva apocalíptica que tenha base na astrologia.

De acordo com a astróloga Andréa Maluf, da Associação de Astrólogos do Ceará (AACE), o que haverá é apenas "o fechamento de um ciclo do calendário maia, que não tem nada a ver com o fim do mundo ou com uma catástrofe. É como o fim de uma estação, o fim da primavera, o fim do verão. Termina um ciclo e começa o outro. Não há nada na astrologia que mostre algo além  disso".
A numerologia também não destaca nada de catastrófico para a data 12/12/12, que, aliás, se repete a cada século do calendário cristão, embora também faça referências a mudanças de ciclos nessas ocasiões.

Historiador mexicano radicado no Ceará explica confusão  
Em linha parecida de raciocínio, guardadas as devidas proporções, o historiador Carlos Velásquez, mexicano radicado no Ceará, também sustenta que a teoria de um fim do mundo com base no calendário maia é uma interpretação equivocada da cultura daquele povo antigo.

"O calendário maia tem dois ciclos simultâneos. Um é de contagem solar e o outro lunar. Eles são representados, como duas grandes rodas de pedras. A maior é solar e circunscreve a menor, que é lunar. As duas giram e obviamente  a lunar completa os seus ciclos mais rapidamente. A cada número determinado de anos, os dois ciclos coincidem e se dá o inicio de uma nova contagem", explica Velásquez.

Ele acrescenta que "o que está previsto para o dia 21 de dezembro é exatamente o fim de um ciclo, mas isso é uma consequência de todo calendário. Outra coisa que muda é o signo astrológico vigente. Então quando se fala na cultura maia que o mundo vigente vai acabar e começar outro não se trata do mundo físico, mas sim de um um mundo simbólico".

Ceará Científico antecipou esclarecimentos 
Para dirimir ainda mais essas dúvidas sobre um eventual fim do mundo, o blog Ceará Científico, do Diário do Nordeste, publicou, em maio, a descoberta feita por arqueólogos, na Guatemala, deum calendário de origem maia que contava os dias até por volta do ano 5800. O post foi o mais lido do blog no ano, com 7.065 acessos.

Portanto, se o internauta chegou a temer as datas que se avizinham pode ficar mais tranquilo. Nem astrônomos, nem astrólogos, nem historiadores, nem arqueólogos encontraram nenhuma evidência do fim do mundo. fonte:DN/camocim belo mar blo
g

CONHEÇA O TRIO DE "ANGELS"DA SEXY.


Trio será capa da revista Sexy

A







"Sexy"divulgou, nesta terça-feira, 11, as imagens 
do ensaio das gatasMarianne Ranieri, Carolina Redivo e Andressa Ollyver. O trio vai estampar a capa da revista na edição de janeiro.

Elas são repórteres do programa do interior paulista, "Agito em Campos", da Band. Marianne Ranieri foi à representante do Piauí no concurso Miss Bumbum 2012. Desde o anúncio que a morena posaria para a "Sexy", seu passado foi revirado. Ela teve um romance com Júnior Lima e declarou que o músico tem pegada.

A revista com as beldades chega às bancas no dia 21 de dezembro.

Redação O POVO Onlin
e

PALMEIRAS ASSINA COM FERNANDO PRASS E CONTRATA GOLEIRO APÓS 18 ANOS .



SPFW 2012
No dia da despedida oficial de Marcos, o Palmeiras acertou nesta terça-feira a chegada do seu segundo reforço para 2013, ano em que irá disputar a Libertadores e a Série B do Brasileiro.
O goleiro Fernando Prass, 34, que conseguiu rescindir contrato com o Vasco na Justiça sob alegação de atraso de salários, assinou vínculo por três anos.
Ele será apresentado na quinta-feira, às 12h, na Academia de Futebol.
Almeida Rocha - 18.jul.12/Folhapress
O goleiro Fernando Prass em ação pelo Vasco contra o São Paulo no Campeonato Brasileiro
O goleiro Fernando Prass em ação pelo Vasco contra o São Paulo no Campeonato Brasileiro
Prass é o primeiro goleiro contratado pelo Palmeiras para seu time principal desde o paraguaio Gato Fernández, adquirido em 1994.
A chegada do arqueiro mostra o descontentamento do técnico Gilson Kleina com os jogadores da posição que estavam à sua posição: Bruno passou insegurança na reta final do Brasileiro, e Raphael Alemão falhou quando testado.
Além de Prass, o Palmeiras já acertou a chegada do lateral direito Ayrton, que estava no Coritiba.
O clube espera finalizar pelo menos mais quatro contratações até o início do Paulista. A estreia do Palmeiras em 2013 será contra o Bragantino, no dia 20 de janeiro.
Veja abaixo a íntegra de Prass sobre sua rescisão com o Vasco:
"O desfecho da negociação foi o melhor possível. A todo momento procurei assegurar que o Vasco fosse beneficiado com a minha saída e o Palmeiras foi o clube que pôde dar essa tranquilidade, conforme será anunciado amanhã pela diretoria do Vasco.
A liminar na Justiça era apenas uma forma de eu poder ter liberdade para negociar um acordo. Nunca pensei em prejudicar o Vasco ou tentar receber nada além do que me era devido.
Como tudo foi resolvido já está encaminhado um acordo judicial. Agradeço a torcida vascaína pelo apoio que sempre me deu. Procurei sempre honrar a camisa do Vasco. Tenho certeza que fiz tudo o que tinha condição de fazer. Não sei se foi suficiente para agradar a todos, mas garanto que fui ao meu limite. Agora se inicia um novo desafio na minha carreira e espero poder atender a expectativa e confiança que o Palmeiras está depositando em mim."fonte:folha de sp/camocim belo mar blog

PRESIDENTE DO HAITI PEDE QUE DILMA APOIE MANUTENÇÃO DE FORÇA DE PAZ PARA EVITAR RISCOS À ESTABILIDADE.


Brasília – O presidente do Haiti, Michel Martelly, pediu à presidenta Dilma Rousseff que apoie a manutenção da força de paz no país em nome da estabilidade política e econômica. Em carta enviada há uma semana para Dilma, Martelly relata que a manutenção da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (cuja sigla é Minustah) é fundamental, pois o país não tem condições, por enquanto, de fazer sua própria segurança.
Na carta, à qual a Agência Brasil teve acesso, Martelly relata em duas páginas o quadro geral no Haiti. No segundo parágrafo, o presidente haitiano lembra que a estabilidade no país também influencia os vizinhos no Caribe. “Peço por favor que negocie com as Nações Unidas”, apelou Martelly, na correspondência.
A retirada gradual dos homens da força de paz no Haiti foi definida pela Organização das Nações Unidas (ONU). Há nove meses, o comando da Minustah é do Brasil, sob a coordenação do general Fernando Rodrigues Goulart, de 54 anos.
Martelly argumenta que o calendário deve ser revisto para que o governo prepare as forças locais em substituição às tropas estrangeiras. O presidente haitiano também menciona que o Haiti está às vésperas das eleições municipais e para o Senado – quando um terço do Parlamento será renovado. Paralelamente, o governo tenta organizar as forças internas de segurança.
No texto, Martelly também cita cita os projetos de cooperação entre o Brasil e o Haiti. Na relação, mencionada por ele, estão os acordos de cooperação agrícola, a construção da barragem da Hidrelétrica Artibonite 4C, também com o suporte do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
Martelly aproveita para agradecer o apoio dado por Dilma para que o Haiti seja membro observador do Fórum Ibero-Americano de Cádiz. O Haiti é o país mais pobre das Américas e sofre com os efeitos de catástrofes naturais, como o terremoto de janeiro de 2010, e o Furacão Sandy, que recentemente passou pelo país. Há, ainda, um índice elevado de contaminação por cólera e problemas agravados pelo desemprego e pelas dificuldades econômicas.
O país também sofre com a ação das gangues internas que geram violência. As tropas de paz da ONU estão no Haiti desde o começo dos anos 2000 com o objetivo de colaborar com as autoridades para a estabilidade na região. Houve vários conflitos entre tropas e integrantes da população. O Brasil participa desde o início da missão, principalmente com a engenharia do Exército.fonte:agencia brasil/camocim belo mar blog

PRESIDENTE DA ANATEL DIZ TELEFONIA MÓVEL AINDA NÃO ALCANÇOU QUALIDADE.


imagen cedida gloogle.
Brasília - O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, disse hoje (12) que ainda não foi observada uma melhoria substancial nos serviços das operadoras de telefonia móvel, depois da suspensão da venda de novas linhas, em julho deste ano. A liberação das vendas foi condicionada à apresentação de planos de melhoria dos serviços pelas operadoras TIM, Claro e Oi.  
“Ainda não dá para inferir que houve uma melhoria substancial, apenas estamos constatando que há uma estabilidade na prestação de serviço. Embora haja esforço das empresas, achamos que ainda está faltando muito para atingir o nível de qualidade que o Brasil precisa”, disse Rezende, que participa de audiência pública da Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados.
Rezende garantiu que a Anatel vai continuar cobrando investimentos das empresas e acompanhando a execução dos planos de melhoria. “Mas temos que dar mais um tempo para fazer uma avaliação crítica em relação aos procedimentos que elas estão adotando”.
O presidente da Anatel criticou as operadoras de telefonia móvel, dizendo que as palavras “infinito e ilimitado” deveriam sair do vocabulário de propaganda das empresas. “Isso leva o usuário a achar que ele pode utilizar o serviço sem custo nenhum. Na verdade, nada é infinito, nada é ilimitado, existe limite para tudo e as empresas devem ter consciência para não confundir o consumidor”.
Rezende explicou que os principais problemas no setor de telefonia móvel são detectados nos serviços de dados, que apresentam índices abaixo dos previstos pela Anatel. Segundo ele, os pontos críticos do setor estão relacionados a contas e cobranças, informações aos usuários e acesso à rede de dados.
O diretor executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil), Eduardo Levy, informou que os planos de melhoria das empresas tiveram aumento de 14% na previsão de investimentos até 2014. Segundo ele, as empresas ofereceram à Anatel informações detalhadas de planejamentos para melhoria de infraestrutura, dimensionamento da rede e expansão da cobertura.fonte:agência brasil/camocim belo mar blog

DO BLOG CAMOCIM BELO MAR, A TODOS AMIGOS.

O BLOG CAMOCIM BELO MAR,ESTAMOS SEM FINS LUCRATIVOS,SÓ PELO A CULTURA E A FÉ,É EM QUE CONFIAMOS MUITO,MAIS DESDE JÁ GOSTARIA DE AGRADECER A DEUS EM PRIMEIRO LUGAR POR GOSTAR DA CULTURA EM GERAL,PORQUE NÃO TEMOS AJUDA FINANCEIRA DE NEM UM COLABORADOR SÓ JESUS QUE FAZ NOSSA FÉ E CARINHO DE LEVAR AS MELHORES INFORMAÇÕES PARA O PÚBLICO EM TODO CANTO DO PAIS E UM PEDACINHO DO MUNDO. DESEJAMOS UM BOM NATAL DESDE JÁ A TODOS,AMIGOS E AMIGAS,CRIANÇA E JOVEM QUE ACESSA ESTE VEICULO DE COMUNICAÇÃO CHAMADO BLOG. MAIS UM DIA IREMOS VENCER JUNTOS AS MARAVILHAS DE DEUS.

todas imagens cedidas pelo o gloogle.

A PALAVRA DE DEUS É A NOSSA MAIOR VITORIA.
(O SENHOR É MEU PASTOR E NADA MIM FALTARÁS),
EU SOU A COLUNA DE DEUS E DEUS É MINHA COLUNA,AMÉM!!!!

postado=por camocim belo mar blog,é direito reservado,nesta matéria.





PADRE PINTA IGREJA DE ROSA E LILÁS NO INTERIOR DO CEARÁ E GERA POLÊMICA.



Cores foram escolhidas pensando nas mulheres, diz freira.
Padre foi pároco de igreja em outra cidade que também tinha cor rosa.

Padre pinta igreja de rosa e lilás no interior do Ceará e gera polêmica (Foto: Prefeitura de Bela Cruz/Divulgação)

Padre pinta igreja de rosa e lilás no interior do Ceará e gera polêmica (Foto: Prefeitura de Bela Cruz/Divulgação)

Padre pinta igreja de rosa e lilás no interior do Ceará e gera polêmica (Foto: Prefeitura de Bela Cruz/Divulgação)
As novas pinturas, rosa e lilás, da igreja matriz de Bela Cruz, no interior do Ceará, gerou polêmica entre a população da cidade. De acordo com a paróquia da cidade, a decisão foi do padre Emídio Moura, que celebra as missas na recém-restaurada.
Em Reriutaba, igreja matriz também é rosa (Foto: Prefeitura de Reriutaba/Divulgação)Em Reriutaba, igreja matriz também é rosa
(Foto: Prefeitura de Reriutaba/Divulgação)
Segundo a freira Dulce Celeste, da paróquia de Bela Cruz, as cores lilás e rosa foram escolhidas pensando nas mulheres, que são a maioria dos frequentadores da igreja.
As cores escolhidas pelo padre Emídio Moura substituíram o azul e o branco, tradicionais na paróquia da cidade. Ainda de acordo com celeste, logo após a chegada de Moura à Bela Cruz, em janeiro deste ano, ela já havia decidido que iria pintar a igreja com cores que ele considera feminina.
PolêmicaAté 2011, Emídio Moura era pároco de Reriutaba, no interior do Ceará, cuja igreja matriz também é rosa.
Em Bela Cruz, as cores foram reprovadas por parte da população. Segundo radialistas da cidade, a sede ganhou o apelido nas ruas de “casa da Barbie”. “Esse apelido não é ofensivo. Só vai levar um tempo até as pessoas se acostumarem com as cores e vão que na verdade ela ficou bem bonita”, diz Dulce Celeste.fonte:g1 ce/camocim belo mar blog

PRODUTORES RELATAM CONFLITO DURANTE DESOCUPAÇÃO DE TERRA INDÍGENA EM MT.



Quatro pessoas ficaram feridas no primeiro dia da operação de desintrusão.
MPF diz que conflitos não vão impedir a saída de produtores da terra.

Confronto entre produtores e polícia em Maraiwatsede (Foto: Reprodução/TVCA)

Confronto entre produtores e polícia em Maraiwatsede (Foto: Reprodução/TVCA)
Confronto entre produtores e polícia durou cerca de 30 minutos em Marãiwatsédé (Foto: Reprodução/TVCA)
Produtores e moradores da comunidade de Posto da Mata, na cidade de Alto Boa Vista, 1.064 quilômetros de Cuiabá, relatam como ocorreu o conflito entre eles e policiais da Força Nacional de Segurança e agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta segunda-feira, no primeiro dia da operação de retirada dos ocupantes não índios da região. A Justiça Federal reconheceu a área como propriedade dos índios xavantes e o prazo para que as famílias saíssem do local venceu na última quinta-feira, dia 6 de dezembro. No entanto, a maioria decidiu permanecer na região.
Moradores decidiram enfrentar os policiais nesta segunda-feira em um confronto que durou mais de 30 minutos. Os produtores utilizavam pedras contra os militares, enquanto os policiais revidavam com tiros de balas de borracha, spray de pimenta e gás lacrimogêneo. Quatro pessoas ficaram feridas, entre elas um policial da PRF que levou uma pedrada na cabeça.
Um dos produtores, diz que os policiais atiravam à queima roupa. “Ele [policial] atirou muito próximo. As cápsulas caíram no chão e eu peguei”, relatou. Outro morador diz que ficou ferido nas costas, após um tiro de bala de borracha. “A polícia tentou nos impedir para não passarmos e o pessoal avançou”, contou.
Um grupo de mulheres também tentou enfrentar os policiais durante a desocupação, após chegar no local em uma caminhonete. “Ele [policial] veio pra atirar em mim e falei pra ele que eu estava de mão levantada, pra cima, e mesmo assim ele atirou na cara dura, à queima roupa”, reclamou a moradora.
Para o Ministério Público Federal, os conflitos não devem impedir a saída dos produtores dessa área. O MPF ainda afirma que tem acompanhado a situação e que isso seja feito de forma pacífica.
Disputa
A área em disputa tem uma extensão de aproximadamente 165 mil hectares. De acordo com a Fundação Nacional do Índio (Funai), o povo xavante ocupa a área Marãiwatsédé desde a década de 1960. Nesta época, a Agropecuária Suiá-Missú instalou-se na região. Em 1967, índios foram transferidos para a Terra Indígena São Marcos, na região sul de Mato Grosso, e lá permaneceram por cerca de 40 anos, afirma a Funai.
Confronto entre produtores e polícia em Maraiwatsede (Foto: Reprodução/TVCA)Policiais usaram balas de borracha e bombas de gás para
dispersar produtores (Foto: Reprodução/TVCA)
No ano de 1980 a fazenda foi vendida para a petrolífera italiana Agip. Naquele ano, a empresa foi pressionada a devolver aos xavantes a terra durante a Conferência de Meio Ambiente no ano de 1992, à época realizada no Rio de Janeiro (Eco 92). A Funai diz que neste mesmo ano - quando iniciaram-se os estudos de delimitação e demarcação da Terra Indígena - Marãiwatsédé começou a ser ocupada por não índios.
O ano de 1998 marcou a homologação, por decreto presidencial, da Terra Indígena. No entanto, diversos recursos impetrados na Justiça marcaram a divisão de lados entre os produtores e indígenas. A Funai diz que atualmente os índios ocupam uma área que representa "apenas 10% do território a que têm direito".
A área está registrada em cartório na forma de propriedade da União Federal, conforme legislação em vigor, e seu processo de regularização é amparado pelo Artigo 231 da Constituição Federal, a Lei 6.001/73 (Estatuto do Índio) e o Decreto 1.775/96, pontua a Funai.fonte:G1 MT/camocim belo mar blog

OPERÁRIOS DESPENCAM DE UMA ALTURA DE SEIS METROS EM CONSTRUÇÃO EM SE.



Apesar disso, os dois sofreram apenas ferimentos leves.
Bandeja se soltou e equipamentos de segurança romperam.

Operário ajuda no atendimento enquanto outro segura equipamentos que romperam (Foto: Marina Fontenele/G1 SE)Operário ajuda no atendimento enquanto o outro segura equipamentos que romperam
(Foto: Marina Fontenele/G1 SE)
Dois operários que trabalham na construção de um prédio no Bairro Jardins, em Aracaju (SE), caíram de uma altura de seis metros por volta da 9h desta terça-feira (11). O acidente aconteceu enquanto eles estavam montando uma espécie de bandeja que sustenta os trabalhadores que fazem o revestimento da varanda dos apartamentos.
José Paulo Santos, 59 anos, também caiu da estrutura que estava na altura do playground. Ele estava bastante nervoso com o susto e disse que estava sentindo muita dor no ombro. Os dois receberam os primeiros cuidados da técnica em segurança do trabalho, Valdenora Andrade, que estava na obra.A estrutura se soltou de um lado e os cintos de segurança que deveriam deixar os carpinteiros suspensos até o resgate romperam. O carpinteiro José Marcos Carneiro, de cerca de 40 anos, deslocou o punho direito e teve ferimentos leves por todo o corpo. Ele ficou consciente durante todo o atendimento médico e reclamava de muita dor na região lombar, pois caiu de pé.
“Eles estão bem, na medida do possível. Por sorte eles estavam no primeiro andar”, afirma a técnica. Ela os acompanhou até o hospital onde estão sendo submetidos a exames. Dois socorristas em motolâncias chegaram ao local pouco tempo depois do acidente e em seguida a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).
Estrutura se soltou de um lado e funcionários despencaram de uma altura de seis metros (Foto: Marina Fontenele/G1 SE)Estrutura se soltou de um lado e funcionários despencaram  (Foto: Marina Fontenele/G1 SE)
Segundo o engenheiro de segurança da construtora Celi, Max Lima, o equipamento é feito para suportar 100 kg e nenhum dos dois operários tem esse peso. “Vamos encaminhar os cintos que se romperam para análise para identificar o que houve, pois esse tipo de coisa não deveria ter acontecido e ainda mais dessa forma, quando os cintos dos dois rasgaram. A empresa se preocupa com a integridade física dos seus colaboradores”, explica.fonte:g1 se/camocim belo mar blo
g

BUEIRO EXPLODE E FERE MOTOCICLISTA EM COPACABANA-RJ.



Acidente ocorreu perto do hotel Copacabana Palace, por volta das 15h.
Motociclista teve veículo incendiado após explosão de bueiro, diz CET-Rio.


Bueiro explode na Avenida Nossa Senhora de Copcabana (Foto: G1)Bueiro explode na Avenida Nossa Senhora de Copacabana (Foto: G1)
Um bueiro explodiu e feriu um motociclista que passava pela Avenida Nossa Senhora de Copacabana, em Copacabana, Zona Sul do Rio, na altura do Hotel Copacabana Palace, na tarde desta terça-feira (11). As informações são da CET-Rio, que acrescentou ainda que, a explosão ocorreu na altura do número 300 e causou o incêndio na motocicleta.
Por volta das 15h, o acidente ocupava duas faixas da via, e a Light - concessionária que seria responsável pelo bueiro - não tinha informações sobre as causas da explosão.
Já o Corpo de Bombeiros afirmou que o quartel de Copacabana foi acionado para o local, por volta das 15h, mas ainda não tinha informações sobre feridos.fonte:g1 rj/camocim belo mar blo
g

MP.PARA BARBOSA DENÚNCIA SOBRE ELO DE LULA COM MENSALÃO DEVE SER APURADA.


Presidente do STF diz que tomou conhecimento não oficial de depoimento.
À Procuradoria, segundo jornal, Marcos Valério envolveu Lula no mensalão.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, afirmou nesta terça-feira (11) que o Ministério Público deve apurar a acusação, feita por Marcos Valério, de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sabia do esquema do mensalão. No intervalo da sessão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ao ser questionado por jornalistas se as acusações deveriam ser investigadas, ele disse: "Eu creio que sim".
O ministro não respondeu a outra pergunta, feita momentos antes, sobre se era "grave" a acusação. Ele disse que tomou conhecimento "não oficial" do depoimento de Valério. "Tomei conhecimento oficioso, não oficial".

Conforme a publicação, o dinheiro também foi usado para pagamento de "despesas pessoais" de Lula.
Marcos Valério, apontado como operador do mensalão e condenado a mais de 40 anos de prisão pelo STF, disse, em depoimento à Procuradoria-Geral da República prestado em setembro, que Lula autorizou empréstimos dos bancos Rural e BMG para o PT com objetivo de viabilizar o esquema, segundo reportagem na edição desta terça-feira (11) do jornal "O Estado de S. Paulo".
O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, disse nesta terça, por meio de sua assessoria de imprensa, que não vai se pronunciar sobre o assunto até o final do julgamento do mensalão pelo STF. A PGR já havia informado que novas informações repassadas por Marcos Valério não seriam incluídas na ação do mensalão, mas sim poderiam abrir um novo processo em primeira instância, por exemplo.
O líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias (PSDB-PR), afirmou que vai protocolar convite para que Marcos Valério preste explicações na Casa sobre depoimento dado à Procuradoria-Geral da República. "Vamos criar o fato político no Congresso. Ouvir Marcos Valério é propor transparência, é colocar todo o fato à luz, para que a sociedade possa dele tomar
O Instituto Lula informou ao G1 que ele não pretende se manifestar sobre a reportagem. Mas, segundo a assessoria do instituto, se mudar de ideia, Lula se manifestará por meio de nota oficial.
O ministro Marco Aurélio Mello afirmou que "cabe a quem de direito tomar as providências" sobre o novo depoimento. "Cabe a quem de direito tomar providências. O que se deve destacar é que não há repercussão no processo da AP 470. Caberá ao Ministério Público avaliar. [...] Se o procurador entender que há elemento e que deve pedir instauração de inquérito, cabe a ele. Não emito entendimento porque sei do depoimento pelos jornais", afirmou o ministro.
"O Estado S. Paulo" informa que teve acesso às 13 páginas do depoimento de três horas e meia dado por Marcos Valério no último dia 24 de setembro. De acordo com o texto, Valério procurou voluntariamente a Procuradoria-Geral após ter sido condenado pelo STF pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Em troca do novo depoimento e de mais informações sobre o esquema de desvio de dinheiro público para o PT, Valério pretende obter proteção e redução de sua pena.

Segundo o jornal, o depoimento é assinado pelo advogado do empresário, o criminalista Marcelo Leonardo, pela subprocuradora da República Cláudia Sampaio e pela procuradora da República Raquel Branquinho.
Durante os quatro meses de julgamento, o Supremo concluiu que o mensalão foi um esquema articulado de pagamento de uso de recursos públicos e privados para pagamento a parlamentares em troca da aprovação no Congresso de projetos de interesse do governo Lula e condenou 25 dos 37 réus. Segundo a denúncia da Procuradoria Geral da República, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado a mais de dez anos de prisão, foi o "chefe" do esquema, o que ele nega. (Veja 10 conclusões do STF sobre o caso.).fonte:g1 DF/camocim belo mar blog