sexta-feira, 25 de setembro de 2015

GOVERNADOR E MINISTRO DA SAÚDE ANUNCIAM ERRADICAÇÃO DO SARAMPO NO CEARÁ.

A transmissão do vírus do sarampo foi interrompida no Ceará. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 24 de setembro, em Brasília, pelo governador Camilo Santana e pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro. “Minha palavra é de agradecimento pela parceria com o Ministério e com os municípios. Hoje, para nós, é um dia de muita alegria por estarmos anunciando a erradicação do sarampo. Esse é um trabalho fruto dessa parceria. Muito obrigado a todos os profissionais de saúde do Ceará que tanto se empenharam para erradicar o sarampo”, ressaltou o governador do Ceará.

Acompanhado pelo secretário da Saúde do Estado, Henrique Javi, e a secretária de Saúde de Fortaleza, Socorro Martins, Camilo enfatizou: “Temos de estar sempre unidos, as entidades de classe que trabalham na saúde, para garantir mais qualidade na saúde brasileira”.

FALTA DE INVESTIMENTO NA POLÍCIA CIVIL CONTRIBUI PARA O AUMENTO DOS CRIMES VIOLENTOS NO CEARÁ.

Em menos de 24 horas foram registrados na região metropolitana de Fortaleza nada menos que 10 assassinatos.
Do dia 22 ao dia 23 deste mês, 10 homicídios ocorreram nos bairros Granja Portugal, Cristo Redentor, Bom Jardim, Parque Itamarati, Canindezinho, Jangurussu e Messejana.
Anteriormente, ocorreu uma chacina na Favela Cinquentinha, onde 5 pessoas foram mortas a tiros.
O combate ao crime não apenas se resume a presença ostensiva de policiais e viaturas na via pública. Ostensividade policial é muito importante, mas não supre as necessidades de combate a violência, pois na maioria dos casos, a ação policial acontece somente após ocorrido o crime.
Como reprimir e evitar que os crimes aconteçam? A resposta é simples: INVESTIGAÇÃO !
A investigação aumenta a possibilidade de descobrir um eminente ato delituoso antes mesmo que aconteça, bem como consegue descobrir com clareza e justiça os autores de possíveis crimes. É peça fundamental que municia Poder Judiciário e Ministério Público para a instrução penal.

AGÊNCIA INTERNACIONAL RETIRA DO BRASIL O SELO DE BOM PAGADOR E ADMITE QUE CRISE SERÁ MAIOR.

No auge da turbulência no mercado financeiro — que levou o dólar a ultrapassar R$ 4 por causa do cenário político — o Banco Central admitiu que a recessão econômica de 2015 será bem maior do que esperava antes. A projeção para a queda na atividade econômica passou de 1,1% para 2,7% neste ano. A inflação oficial também será maior: a estimativa subiu de 9% para 9,5%. As informações são do relatório trimestral de inflação, a publicação mais importante da autoridade monetária.
Com a mudança, o BC se alinha às estimativas do mercado financeiro, que também espera contração de 2,7% neste ano e inflação de 9,34%, segundo a última pesquisa feita pela própria autoridade monetária. Já o governo trabalha com retração do Produto Interno Bruto (PIB) para o ano de 2,44%, ante o recuo de 1,49% previsto no terceiro bimestre, segundo relatório de avaliação de receitas e despesas primárias divulgado nesta terça-feira pelo Ministério do Planejamento. O documento mostrou também um aumento de 9% para 9,29% na previsão de inflação.

O FLORESTA ESPORTE CLUBE SONHOS PLANTADOS

Floresta desponta como time a ser batido na Terceirona e almeja brigar com Ceará e Fortaleza, em breve, na elite local

Atacante Adriano Costa, destaque da equipe, em treino no CT ( Foto: Kid Júnior )
Sucesso no campo: Com 65m² de área, Centro de Treinamento na Vila Manoel Sátiro é um dos pilares da equipe para tentar buscar o acesso à Primeira Divisão em dois anos. O clube já demarcou uma parte do terreno para levantar seu estádio e, por ora, tem feito sucesso no PV, onde, liderada pelo técnico Gilmar Antônio e pelo atacante Adriano Costa, lidera com folgas a Terceirona ( Fotos: Kid Júnior/JL Rosa )
O Floresta Esporte Clube quer ser grande. A equipe da Vila Manoel Sátiro, na Capital, fundada em 9 de novembro de 1954 e amadora até o ano passado, profissionalizou-se em 2015 e começou a sua trajetória no Estadual de baixo, pela Série C, como tem de ser, mas já olha para o horizonte vislumbrando chegar à elite em 2017 e bater de frente com os gigantes Ceará e Fortaleza.
Durante seis décadas, a equipe esteve nas mãos da família Sátiro Santiago, que também é responsável pela ocupação inicial do bairro. A história começou a mudar em 2014, com a aproximação dos investidores Ângelo e Fernando Oliva, pai e filho. Eles criaram o Centro de Treinamento do Nordeste (Ceten) em Itaitinga - hoje pertencente ao Ceará - e queriam replicar o modelo para o Floresta. Mas o projeto foi passado ao empresário Sérgio Teixeira e seu filho Diego, que assumiu a presidência do clube.
A pessoa escolhida de levar a campo o sonho ousado da família Teixeira foi Kléber Lavor, um dos "cartolas" mais rodados e famosos do futebol cearense e que se notabilizou principalmente pelo trabalho em outro Verdão, o Icasa, de 2005 a 2009.
Na Vila, ele pretende repetir o sucesso do time do Cariri. "É pensamento nosso chegar à Serie A. Neste ano, subir para a Segunda Divisão. No próximo, para a primeira. Logicamente, junto com o projeto do Teixeira, que é construir o CT, uma das melhores estruturas do Nordeste. Queremos brigar com os grandes e ter uma estrutura igual ou melhor a deles. E ir para a Série D do Brasileiro, depois a C. Um projeto a longo prazo e muito audacioso", define Lavor, que trabalha ao lado do supervisor Everardo Alves, último presidente da era amadora do clube.
O primeiro passo foi a construção de um campo de alto nível para treinamento das categorias de base e do time profissional. Mais dois campos, no mesmo modelo, estão em fase de acabamento e devem ficar prontos até o fim de 2015.

SEM TEMPO A PERDER O CEARÁ NA LUTA PARA NÃO SER REBAIXADO.

Ceará precisa da vitória nos próximos jogos para melhorar rendimento em casa e situação na tabela de classificação

   por Irailton Menezes - Repórter
Volante Guilherme Andrade, que também atua como lateral-direito, vai continuar no meio de campo na partida do próximo sábado, às 16h30, no Castelão, diante do Oeste, pela 28ª rodada da Série B do Brasileiro ( FOTO: JL ROSA )
A semana não poderia ter começado melhor para o Ceará na Série B do Campeonato Brasileiro. Além da derrota do Boa Esporte para o Bragantino, o Alvinegro viu o Macaé - concorrente direto na luta contra o rebaixamento - perder para o líder, Botafogo, e estacionar nos 31 pontos na tabela de classificação.
Outro clube que está ameaçado e derrapou no início da 28ª rodada foi o Atlético/GO, que apenas empatou com o Criciúma e chegou aos 32 pontos. Os resultados podem até colaborar para que o Ceará deixe o temido Z4, desde que os comandados do técnico Marcelo Cabo façam o dever de casa.
Até o momento, o Alvinegro de Porangabuçu disputou 13 partidas em seus domínios. Venceu três vezes, empatou seis e perdeu outras quatro partidas - somou 15 pontos em 39 disputados, o que totaliza um aproveitamento de apenas 38,5%.