terça-feira, 5 de maio de 2015

VEJA INFOGRÁFICO COM NÚMEROS DA PASSAGEM DE MAGNO ALVES PELO O CEARÁ.


STATUS DE ÍDOLO
fonte:jogada

Jogador, de 39 anos, vai defender o Fluminense até 2016

Depois de 173 jogos realizados com a camisa do Ceará Sporting Club, o atacante Magno Alves deixou o clube nesta terça-feira (5). Com duas passagens pelo time alvinegro, o Magnata marcou 93 gols e faturou três títulos: campeão cearense de 2013 e 2014 e Copa do Nordeste de 2015.
Magno Alves vai defender o Fluminense na Série A do Brasileiro. O jogador, de 39 anos, é aguardado no Rio de Janeiro (nas Laranjeiras) na quarta-feira (6), assina contrato até dezembro de 2016. A previsão é de apresentação no fim da tarde.
Confira infográfico com números do Magnata no Ceará

SECA: TERCEIRO MAIOR AÇUDE DO ESTADO DO CEARÁ ESTÁ COM 1,29% DE SUA CAPACIDADE.










No trimestre de fevereiro a abril, as chuvas ficaram 23,1% abaixo do esperado para o período

Banabuiú/Iguatu. As águas do Açude Arrojado Lisboa (Banabuiú) deixaram de correr pelo Rio Banabuiú. A válvula de dispersão da represa administrada pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) foi praticamente fechada. A redução foi de 7,5m³/s para 107 l/s, deixando o afluente totalmente seco logo abaixo da jusante. Segundo o administrador do Arrojado Lisboa, Ariston Queiroz, a última vez que essa situação ocorreu foi há 15 anos.

Conforme o funcionário do órgão Federal, a decisão foi tomada, na última semana, pelo Comitê de Gestão das Sub-bacias do Vale do Jaguaribe, incluindo a do Banabuiú. Para ele, o terceiro maior açude do Ceará chegou ao seu limite. Está apenas com 1,29% da capacidade. Atualmente a carga hídrica disponível será suficiente apenas para abastecer a cidade de Banabuiú, explicou. 

HOSPITAL REGIONAL DE SOBRAL CEARÁ ABRE INSCRIÇÕES PARA JORNADA DE ENFERMAGEM.

"A enfermagem no contexto da segurança do paciente" é o tema da 1ª jornada de enfermagem do Hospital Regional Norte, que será realizada de 12 a 14 deste mês de maio. O evento ocorre no auditório do próprio hospital, na cidade de Sobral, região Norte do Ceará.
As inscrições podem ser feitas até o dia 12 de maio, no Centro de Estudos do HRN, das 8h às 12h e das 14h às 17h.  O investimento é de R$ 40 para acadêmicos e profissionais de nível médio e R$ 80 para profissionais de nível superior. Os primeiros trinta colaboradores do HRN terão desconto de 20% (Vinte por cento) sob o valor. Para isso, no ato da inscrição deverão apresentar o crachá como comprovante de vinculação ao hospital. 

MEC DIZ QUE ESGOTOU A VERBA PARA NOVOS CONTRATOS DO FIES EM 2015.

Ohttp://og.infg.com.br/in/15725739-1bb-958/FT1086A/420/2015-796911494-2015030652584.jpg_20150327.jpg ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, afirmou na tarde desta segunda-feira (4) que o MEC já esgotou a verba de 2015 para novos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Ele disse que a abertura de uma segunda edição do programa, no segundo semestre deste ano, não está garantida, e explicou que, no caso dos estudantes que não puderam se inscrever no primeiro semestre, seria “inútil” reabrir as inscrições, que foram encerradas na última quinta (30). Segundo o MEC, o montante destinado para novos contratos do Fies neste ano era de R$ 2,5 bilhões.

REFORMA - HOSPITAL DEPUTADO MURILO AGUIAR DE CAMOCIM-CE, NÃO PRESTOU CONTAS COM ESTADO.




Na lista de inadimplência de 100 convênios que o Governo do Estado tem firmado com  prefeituras e associações em todo o Ceará, encontra-se o Hospital Deputado Murilo Aguiar, conforme destacou em reportagem o Diário do Nordeste 

"A Associação de Proteção à Saúde, Maternidade e Infância de Camocim também está na lista dos inadimplentes. A entidade recebeu R$ 1,1 milhão para a reforma e ampliação do Hospital Murilo Aguiar, em Camocim. Do montante repassado, R$ 587,6 mil estão sem prestação de contas. O convênio foi assinado pelo ex-secretário da Saúde Ciro Gomes em 30 de junho de 2014.

Titular da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE), Nelson Martins explica que, desde o segundo semestre de 2014, o acompanhamento dos convênios tem ficado mais rígido devido à implantação do sistema de controle de convênios e congêneres. "Hoje qualquer entidade privada ou prefeitura tem que se cadastrar como parceiros e apresentar plano de trabalho", disse.

Nelson aponta que entidades e prefeituras só continuam recebendo recursos estaduais se estiverem com prestações de contas quitadas. Em caso de irregularidades, os repasses serão interrompidos. Os órgãos estaduais podem instaurar tomadas de contas especiais para apurar ilicitudes identificadas"

INDIGNAÇÃO : MULHER QUE SEPULTOU ENTE QUERIDO DIZ QUE O CEMITÉRIO DE CAMOCIM "SE TRANSFORMOU NUM LIXÃO".

"Conforme íamos adentrando, nos deparavamos com muitos entulhos, pedras, garrafas secas, muito mato, fezes dos animais e o pior, o mau cheiro insuportável que exalava", disse a  Camocinense Silvia Vasconcelos, em postagem de desabafo nas redes sociais, sobre o Cemitério de Camocim, após ter participado recentemente do sepultamento de um familiar.  Confira abaixo:

"Camocinenses, o que vocês vão ver e lê aqui é um desabafo de indignação e tristeza, de uma filha dessa cidade, conhecida e chamada CAMOCIM. Estou falando e mostrando imagens, do descaso presenciado ao deixar com muito pesar e saudade, um ente querido no dia do seu sepultamento, no cemitério dessa cidade, cemitério esse, que se transformou num LIXÃO, sem a menor condição de acesso aos próprios túmulos. Nos deparamos com animais abandonados e portando doenças, que ali fizeram sua moradia, logo na entrada, tendo que esbarrar e desviar dos tais animais para prosseguir com o cortejo. Conforme íamos adentrando, nos deparavamos com muitos entulhos, pedras, garrafas secas, muito mato, fezes dos animais e o pior,

LEI DAS PROMOÇÕES DE PMS E BOMBEIROS DEVE SER VOTADA QUINTA-FEIRA PELA ASSEMBLEIA (VEJA AS EMENDAS).

A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará deverá votar – e aprovar – na próxima quinta-feira (7) o projeto de lei elaborado pelo Governo que altera os critérios de promoções de policiais militares e bombeiros militares cearenses. Das 100 emendas ao projeto, apenas oito conseguiram ser acatadas pela bancada governista. Contudo, o deputado estadual Capitão Wagner, autor da maioria das propostas, acredita que, através de negociações, poderá acrescentar mais alguns benefícios para as duas categorias.
O projeto foi entregue na AL pelo governador Camilo Santana (PT) na semana passada. Ele pediu que o parlamento estadual se esforçasse para que o documento fosse analisado em regime de urgência. Todavia, algumas das propostas que, a princípio, pareciam ser todas favoráveis à categoria, sofreram críticas e restrições, chegando ao ponto de muitos militares terem dito que “as injustiças nas corporações vão continuar”.