sábado, 8 de agosto de 2015

HOMENAGENS DO BLOG CAMOCIM BELO MAR A TODOS OS PAIS DO MUNDO

GOIANO GANHA BOLSA DE MESTRADO EM 5 UNIVERSIDADES DOS ESTADOS UNIDOS.


Luis Fernando Apolinário, de 23 anos, realiza o sonho de estudar no exterior.
Jovem dá dicas para estudantes que desejam se especializar fora do país.

Do G1 GO
Luis Fernando começou a se preparar para bolsa no primeiro período da faculdade (Foto: Arquivo pessoal / Luis Fernando Apolinário)Luis Fernado, de 23 anos, vai estudar nos EUA (Foto: Arquivo pessoal / Luis Fernando Apolinário)
Depois de um rigoroso processo de seleção, o advogado Luis Fernando Apolinário, de 23 anos, ganhou bolsa integral de mestrado em cinco universidades dos Estados unidos. Ele escolheu estudar na Loyola University New Orleans e embarca, nesta sexta-feira (7), para a cidade de News Orleans, no estado de Louisiana.
"Estudar nos Estados Unidos era um sonho antigo, que se desenvolveu ao longo dos anos, na medida em que eu me tornava mais próximo da língua inglesa. Ao entrar na faculdade, me apaixonei pela docência e pela pesquisa. E os Estados Unidos são um grande incentivador da pesquisa acadêmica", disse o jovem ao G1.
Luis Fernando, que é formado em direito pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás, escolheu a Loyola University New Orleans por trabalhar com dois sistemas jurídicos, um similar ao brasileiro e outro norte-americano. Ele ainda foi selecionado pela Vermont Law School, Hofstra University, University of Saint Thomas e Lousiana State University.

HÁ 9 ANOS, LORD HOTEL EM FORTALEZA-CE ESPERA DEFINIÇÃO.

Além do Lord Hotel, 49 equipamentos aguardam análise do Conselho de Preservação do Patrimônio de Fortaleza. A demora é um erro, avalia secretaria. Prédio é cotado para ser nova sede da Câmara Municipal
Processo de tombamento definitivo do antigo Lord Hotel se arrasta há nove anos. Local pode ser nova sede da Câmara Municipal
Avaliado como uma das possibilidades para abrigar a Câmara Municipal de Fortaleza (CMF), o antigo Lord Hotel, tombado provisoriamente por meio de decreto, ainda aguarda definição do Conselho de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural de Fortaleza (Comphic) para o tombamento definitivo. O processo foi iniciado em 2006 com um decreto municipal ainda na primeira gestão da ex-prefeita Luizianne Lins (PT). Há 9 anos, portanto, o processo se encontra aguardando análise.
No entanto, de acordo com o secretário de Cultura da Capital, Magela Lima, o tombamento provisório do equipamento mantém os mesmos direitos em relação aos que já estão na situação definitiva. “Todo o processo de tombamento fica tramitando em caráter provisório com os mesmos direitos. Só que para ser tombado definitivamente precisa de uma peça processual de instrução de tombamento”.