sexta-feira, 18 de maio de 2012

ANIMAL NASCE COM DUAS CABEÇAS EM SÃO CLEMENTE.(FOTOS).


Animal nasce com duas cabeças em São Clemente (fotos)
O fato aconteceu na propriedade do Sr. Norberto Seibel, na Linha Nova, ditrito de São Clemente.

A porca criadeira teve 14 filhotes, 13 normais e 1 com 2 cabeças, o veterinário achou melhor sacrificar o animal, pois ele sequer conseguia ficar em pé, desequilibrado pelo peso das duas cabeças e não teria condições de sobreviver.

Fotos: Wilson Rosa








fonte correio do lago/camocim belo mar blog

COBRA DE SEIS METROS MATA CACHORRO NO MATO GROSSO.



Uma cobra de aproximadamente 6 metros de comprimento e com cerca de 160 quilos foi capturada, na tarde desta quarta-feira (16), por uma equipe do Comando Regional 2 do Corpo de Bombeiros no município de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. O animal foi encontrado em uma área urbana, no bairro Jardim Paula II, depois de matar um cachorro.
Segundo o sargento Antônio Ventura Moraes Silva, que atendeu a ocorrência, a cobra foi encontrada a uma distância de 20 metros de uma área de pântano, próximo a uma residência. De acordo com o sargento, a presença do animal em uma área urbana pode ter ocorrido devido ao intenso período de chuvas e ao instinto do animal em buscar alimento. Para ele, o fato é uma consequência da ocupação desordenada das cidades, que acabam invadindo o habitat natural de animais silvestres.
“No momento da captura, a sucuri estava se alimentando de um cachorro. Ela se encontrava em um local onde várias crianças costumam brincar, se caracterizando como uma situação de risco”, afirmou o sargento ao G1.
Conforme o bombeiro, há a suspeita de que outra cobra, da mesma espécie e tamanho, esteja próxima ao local, já que animais desta espécie costumam estar acompanhados. “Outras três ocorrências da mesma natureza ocorreram neste mesmo bairro, o que tem se tornado rotina”, frisou. De acordo com o sargento Antônio Moraes, as cobras desta espécie não são venenosas e se alimentam de pequenos animais, e só podem oferecer risco aos seres humanos quando estão famintas.
A cobra foi retirada do local pela equipe do Corpo de Bombeiros, que realizou a imobilização do animal com um instrumento apropriado de captura. De acordo com o sargento, a sucuri deve ser encaminhada para o zoológico da UFMT, ou será devolvida à natureza, na região do Pantanal mato-grossense.fonte G1 MT/camocim belo mar blog

HOMEM PASSA AO MENOS 6 HS COM FACA ENCRAVADA NA CABEÇA,NO CEARÁ.



Paciente está em observação no hospital Santo Antônio, em Barbalha.
Facada atingiu o olho direito e rapaz de 28 anos perdeu a visão.


Raio-x mostra uma linha branca, a faca que atingiu o paciente (Foto: Hospital do Cariri/Divulgação)Raio-x mostra uma linha branca, a faca que atingiu o paciente (Foto: Hospital Santo Antônio/Divulgação)
Um agricultor passou pelo menos 6 horas horas com uma faca encravada na cabeça após sofrer uma tentativa de homicídio no interior do Ceará. O homem de 28 anos perdeu parte da visão, mas sobreviveu e não tem sequelas neurológicas, segundo informou nesta terça-feira (15) o médico João Ananias Machado Filho, do hospital Santo Antônio, em Barbalha, no Sul do estado. A faca atingiu o olho direito do rapaz, que teve alta na semana passada.
Na quarta-feira (2), o agricultor deu entrada no hospital Santo Antônio por volta das 11h, foi sedado e entubado, até o momento da cirurgia, por volta das 17h. "Ele estava com muita dor e, até para ficar mais calmo, foi sedado", disse.

Segundo João Ananias, médico que fez a cirurgia, o procedimento durou cerca de três horas e meia. "Ele está se recuperando muito bem", afirmou o neurocirurgião. O homem perdeu a visão do olho direito porque a faca atingiu o nervo óptico. A cirurgia terminou por volta de 20h30 e, desde então, o homem está sob observação. "Ele correu muito risco. O grande receio da cirurgia era pegar algum vaso, como a carótida, que podia ser fatal", disse o médico.

Segundo o administrador do Hospital Santo Antônio, Egberto Santos, ele recebeu relatos de que o homem andou um quilômetro até o hospital em Caririaçu, de onde foi transferido para o Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte. "Como no hospital regional não tem neurocirurgião, ele foi transferido novamente para o hospital Santo Antônio", explicou.fonte G1 CE/camocim belo mar blo


g