segunda-feira, 20 de abril de 2015

QUEM PODEMOS PEDIR SOCORRO?.

CAMOCIM BELO MAR

SEJA BEM VINDO!

MEUS AMIGOS DE CAMOCIM-CE,A CIDADE TÁ QUASE TODA NO ESCUROS,CADÊ  AS PROMESSAS DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA ,NO JARDIM DAS OLIVEIRAS EM TODAS AS  RUAS TÁ ESCUROS,PEDIMOS QUE AS AUTORIDADES TOMEM A DEVIDA PROVIDÊNCIA, O APOIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO, DECON,PROCON,COELCE, E MUITO MAIS PARA VER O CASO DA NOSSA CIDADE,FICA AQUI OS NOSSOS APELOS PARA A SOCIEDADE EM GERAL,DEPOIS QUE FOI TIRADO DA COELCE  A COISA TA FEIA. ACORDA CAMOCIM.

MENINA CANADENSE ARRECADA R$ 60 MIL VENDENDO LIMONADA PARA COMBATER DOENÇA.

Crédito: CTV News Toronto

Na'ama Uzan montou barraca para ajudar irmão mais velho, que sofre de rara anomalia genética
Uma menina canadense de cinco anos arrecadou cerca de R$ 60 mil em fundos para combater uma rara doença vendendo limonada a vizinhos.
Na'ama Uzan montou uma barraca em frente à sua casa no ano passado para ajudar seu irmão mais velho, Nadav, que sofre de uma rara anomalia genética, chamado Síndrome de Angelman, segundo informou a rede de TV canadense CTV News.
"Isso ajudará na busca pela cura dele", disse ela à emissora, enquanto mostrava os produtos que vendia em seu estande.
A família de Na’ama diz que os recursos, cerca de 25 mil dólares canadenses (R$ 60 mil), serão destinados a Foundation for Angelman Syndrome Therapeutics, instituição que pesquisa uma cura para a doença.
O irmão da menina sofre de convulsões, e tem dificuldade de andar e falar.
Na’ama não vende apenas limonada ─ ela adaptou os produtos que oferece aos vizinhos e a outros pedestres ao clima do Canadá. Durante o inverno, por exemplo, ela vende chocolate quente, muffins e pães variados.
Segundo a CTV News, o espírito empreendedor de Na'ama serviu de inspiração para outra família a milhares de quilômetros, no Estado americano da Califórnia.
Um casal, cujo filho sofre da mesma anomalia, conseguiu arrecadar US$ 20 mil (R$ 60 mil). Os recursos, segundo eles, serão destinados à mesma instituição ajudada por Na'ama.

PELO 4°- ANO SEGUIDO , O BRASIL LIDERA RANKING DE VIOLÊNCIA NO CAMPO.

Renata Mendonça - @renata_mendonca

Fábio Rodrigues / Agência Brasil
Maioria das mortes de ativistas ambientais e agrários no Brasil ocorreu por conflitos de terra
O Brasil lidera, pelo quarto ano consecutivo, a lista de países que mais tiveram ativistas ambientais e agrários assassinados compilada pela ONG internacional Global Witness e divulgada nessa segunda-feira.
Das 29 mortes de líderes e militantes de causas ambientais ou agrárias registradas no país no ano passado, 26 delas estavam ligadas a conflitos de terra.
Quatro das vítimas eram indígenas.
O Brasil está à frente de países como Colômbia (25 mortes em 2014), Filipinas (15 mortes) e Honduras (12 mortes). Desde 2002, só houve um ano, 2011, em que o país não liderou esta lista. Ao todo, 477 "ativistas ambientais ou agrários" foram assassinados no país desde 2002, segundo a ONG.
A ONG adverte que esses números podem estar subestimados.
"Essa é uma crise oculta que está escapando da opinião pública, primeiro porque não é monitorada de forma adequada pelos governos, e também porque muitos ativistas vivem em comunidades pobres e remotas, com acesso limitado aos meios de comunicação e à mídia", diz o relatório.
A Comissão Pastoral da Terra (CPT), que monitora a violência no campo há 30 anos, diz que, em 2014, foram mortos 36 ativistas de causas da terra e do meio ambiente no país. Segundo a CPT, o Estado mais violento foi o Pará, onde ocorreram nove mortes, seguido por Maranhão e Rondônia (cinco mortes cada).

O DESAPEGO DOS GOVERNANTES COM O PATRIMÔNIO HISTÓRICO DE IPU-CE CONTINUA.

Entra gestor sai gestor e o descaso com a cultura de Ipu continua. Hoje, a cidade de Ipu, sofreu mais uma agressão em sua história.

O imponente casarão de Pedro Tavares e Dona Mimosa, situada na Rua Coronel Félix, na Praça de Iracema, no coração da cidade de Ipu (CE), dono de uma beleza incomparável das construções da década dos anos 30, teve o seu fim decretado pelo avanço empresarial e modernidade dos tempos.
O casarão já havia perdido parte do seu jardim, local onde hoje funciona um restaurante, mas a sua parte principal, a casa, havia permanecido, mas, dessa vez, ele se despede da cidade de Ipu com a certeza que deixará muitas histórias e boas recordações aos seus moradores e vizinhos. 

Para ser justo, Toinha Carlos ainda nos deu a Casa de Cultura. Sávio Pontes restaurou a Igrejinha e não deixou a Estação Ferroviária cair de vez. O pouco que foi muito, mas faltou um algo a mais. 
A atual administração do Prefeito Sergio Rufino (PCdoB), assim como muitas outras que passaram, nunca levaram adiante a ideia de realizar um tombamento do casarões e prédios que tenham mais de 50 anos de fachada original mantidas. Para se fazer isso, tem que ter muita coragem para brigar com os poderosos empresários da cidade bem como se ter verdadeiro amor a cultura da Terra de Iracema.

APOSTA DE MG ACERTA A MEGA-SENA E LEVA PRÊMIO DE R$ 32 MILHÕES.

Uma aposta da cidade de Diamantina (MG) acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas na noite deste sábado (18) e levou sozinha o prêmio de R$ 32.909.935,88. A Caixa Econômica Federal sorteou os números do concurso 1696 em Marília (SP).
Veja as dezenas: 01 - 12 - 17 - 31 - 37 - 46.
A quina teve 135 apostas ganhadoras e o prêmio para cada uma delas é de R$ 27.832,74. A quadra teve 9.824 apostas ganhadoras, cada uma delas com direito a R$ 546,39.
Para apostar
A Caixa Econômica Federal faz os sorteios da Mega-Sena duas vezes por semana, às quartas-feiras e aos sábados. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 2,50.
Fonte: com informações do G1

UNIÃO EM NOME DA ARTE SERTANEJA.

DESIGN DE MÓVEIS
fonte:dr/cbm

O trabalho do Mestre Espedito Seleiro em parceria com os irmãos Campana será exposto nos Estados Unidos

Image-0-Artigo-1837873-1
Image-1-Artigo-1837873-1
Image-2-Artigo-1837873-1
Parceria de mestres. Espedito Seleiro, por meio de sua arte que rompeu fronteiras, agora produziu peças de mobiliários com os designers brasileiros reconhecidos internacionalmente, que se tornaram referência no Brasil e exterior. A essência é a junção de elementos aparentemente simples do cotidiano do povo cearense
Nova Olinda. O universo de cores do sertão nordestino monta na sela e adentra o pluralismo conceitual do design de móveis, com a fusão do mundo criativo dos irmãos Campana e o cangaço fashion do Mestre Espedito Seleiro. Humberto e Fernando não tiveram cerimônias desde que conheceram o trabalho do mais renomado artesão do couro do Brasil.
Espedito Seleiro, de Nova Olinda, ou o mestre Espedito, acaba de produzir várias peças de mobiliários com os designers brasileiros reconhecidos internacionalmente, que se tornaram referência no Brasil e exterior, por meio da junção de elementos aparentemente simples, do cotidiano, transformados em mobiliários de arte.
Os irmãos estão entre os poucos brasileiros a ter trabalhos expostos no Museu de Arte Moderna, de Nova Iorque. E é dos Estados Unidos que o artesão aguarda a próxima notícia para onde irão os seus trabalhos, produzidos em conjunto com a dupla de designers.
Palhas trançadas
Do sertão para Viena não há distância quando se trata de unir cores à simplicidade das palhinhas trançadas. A escolha dos móveis foi dos irmãos, mas Espedito Seleiro simplesmente fez o que para ele não tem limite, que é poder proporcionar a mistura de elementos do couro com os tons vibrantes e pastéis, para resultar em modelos exclusivos inspirados na força cangaceira de um artesão que, desde criança, traz como herança de família a produção de artigos em couro, das sandálias inspiradas em Lampião, às selas, que são as suas peças iniciais.
Os irmãos Campanha estiveram na região em janeiro deste ano para acompanhar de perto o processo criativo para a elaboração do trabalho do mestre Seleiro e conhecer a arte do artesão de forma mais ampla. Antes, eles mandaram as cadeiras revestidas com as palhinhas, depois as poltronas, algumas delas em ferro. "Algo diferente mas ao mesmo tempo não tenho dificuldades para desenvolver. Mudamos alguns moldes, para adequar às novas formas, mas o desenvolvimento das peças é o que normalmente já temos trabalhado", afirma Espedito.
Ele teve a ideia, há algumas décadas de lembrar, o cangaço como algo mais leve, alegre. E aí, decidiu, então, inserir cores nas sandálias. A força da necessidade e durabilidade das selas, o que fazia com que o apurado para viver não fosse o suficiente, impulsionaram novas possibilidades de trabalhar com o couro.
Paulo Zulu
A explosão de criatividade acontece todos os dias, a cada peça desenvolvida pelo artesão, que já chegaram às passarelas da São Paulo Fashion Week, inspirando coleções de marcas importantes como a Cavalera. Paulo Zulu, que ano passado esteve no Cariri, foi um dos modelos que chamou a atenção do Brasil ao desfilar com vestimenta sertaneja, reestilizada e inspirada nas arte do mestre cearense.

VASCO DA GAMA VENCE O FLAMENGO COM PÊNALTI POLÊMICO E VAI PARA A FINAL.

Não poderia ser diferente: depois de uma infinidade de discussões dentro e fora de campo, o Vasco venceu o Flamengo exatamente com um gol polêmico na semifinal do Campeonato Carioca . O time cruzmaltino bateu o rival por 1 a 0 e agora vai enfrentar o Botafogo em busca do título estadual. 
Era quase inacreditável: mesmo em um clássico cheio de rivalidade, com os jogadores mostrando muita vontade em campo, parecia ser impossível sair algum gol.No primeiro jogo tudo tinha ficado 0 a 0. E isso se repetiu no primeiro tempo deste domingo. Um dos culpados por isso foi Martín Silva, que fez uma incrível defesa após finalização de Alessandro.
Mas o Vasco precisava da vitória, fez um duelo equilibrado e também teve chances. Depois do intervalo, jogou ainda melhor e quase marcou, em um lance que Paulo Victor salvou em cima da linha. Logo depois, conseguiu enfim o primeiro gol do clássico, mas de forma polêmica, com pênalti cobrado por Gilberto.
O gol deu a tranquilidade que faltava ao Vasco. Quando precisava vencer, o time cruzmaltino estava jogando com pressa e desorganizado. Com a vantagem no placar, passou a controlar o Flamengo e sofreu poucos sustos. Quando o Flamengo chegou, Martin Silva brilhou de novo e colocou o Vasco na final.

ANTES DE MORRER, DANÇARINA DISSE PARA A MÃE QUE VOLTARIA PARA GOIÁS.

Em tom de desespero, Amanda Bueno enviou mensagens por aplicativo de celular onde avisava que voltaria para Goiânia

O DIA
Rio - Horas antes de morrer, Cícera Alves Sena, de 29 anos, a ex-dançarina da Jaula das Gostozudas, enviou mensagens por uma aplicativo de celular para a mãe. No áudio, ela dizia que voltaria para Goiânia (GO) no último sábado e se mostrava bastante nervosa: "Tá mãe, tá decidido. Eu tô indo embora da manhã pra depois. Tá bom?". Ela foi assassinada pelo noivo, na última quinta-feira, na casa em que o casal morava em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

"Mãe, tem certas coisas que a gente tem que conversar só pelo telefone, não pelo WhatsAppp", disse a funkeira, se mostrando preocupada. Ainda assim, ela não quis dizer o motivo: "Oh mãe, eu nem vou te falar o que aconteceu, mas eu tô indo embora. Mãe, não viaja, por favor. Eu vou chegar em casa até sábado".
Filha de dançarina de funk se desespera no cemitério
Foto:  Reprodução / TV Anhanguera
Em seu último contato com a família antes de morrer, conforme mostrou a TV Anhanguera, ela apenas pediu à mãe que não viajasse: "Mãe, por favor, não viaja não que eu preciso chegar em casa e te dar um abraço, mãe".

RECÉM INAUGURADA, RODOVIA (CAMOCIM - PRAIA DO MACEIÓ) JÁ APRESENTA PRIMEIROS PROBLEMAS.


Inaugurada no dia 20 de dezembro de 2014 pelo ex-governador Cid Gomes, exatamente  há 04 meses,  a rodovia CE-204, que liga Camocim a Praia do Maceió, já apresenta seus primeiros problemas, precisamente nos quilômetros que compreende o Lago Seco, onde algumas partes do acostamento foram destruídas pela força das chuvas o que também fez surgir seus primeiros buracos.

Apesar do pouco tempo, a rodovia tem registrado vários acidentes, alguns com vitimas fatais. Além disso, o trânsito de animais na pista é constante, o que torna o fluxo perigoso. 
Fonte:RC

ZONA RURAL DE CAMOCIM-CE: POLÍCIA PRENDE "ANTONIO MOURÃO", ELEMENTO ENVOLVIDO NA CHACINA DE PAU D'ARCO / APRAZÍVEL.


Mais um elemento envolvido na chacina de “Pau D’arco”/Aprazível-Sobral foi capturado pela polícia, trata-se de Antonio Gomes de Sousa, vulgo “Antonio Mourão”, indivíduo frio e temido na região.
Desde o dia 17 deste mês, equipes da DRPC de Camocim sob a coordenação do Dr. Herbert Ponte, e da 3ª Cia/3ºBPM sob o comando do Major Artunane Aguiar, todos em conjunto, realizavam diligências pela região da localidade de Pesqueiro/Camocim, no intuito de captura-lo. As informações davam conta que após a chacina o elemento havia se deslocado para residências de seus familiares que moram naquela região.
Tendo ciência das informações, um verdadeiro aparato policial que contou com o apoio de várias viaturas e até do Ciopaer, foi feito o cerco em toda a região. Equipes de investigadores da Polícia Civil e de policiais militares saturaram toda a área, colhendo maiores informações a fim de descobrirem onde seria o local exato que o indivíduo estaria escondido.