sábado, 28 de dezembro de 2013

O QUE É TRASPLANTE.


DOIS ÓBITOS EM ACIDENTE NA BR.


Duas pessoas morreram em acidente de trânsito nas últimas 24 horas nas estradas estaduais e federais que cortam o Estado do Ceará. Um dos sinistros ocorreu na madrugada de ontem, no quilômetro 302 da BR-222, no Município de Tianguá. Uma carreta virou depois que seu motorista perdeu o controle da direção.
O Batalhão de Policiamento Rodoviário estadual (BPRE) prossegue na operação de fiscalização intensa nas CEs iniciada no feriado do Natal foto: Alex Costa 
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um suposto defeito mecânico teria sido a causa do acidente. O condutor da carreta, identificado como Isaías Eleutério da Silva, teve morte imediata. O corpo foi retirado das ferragens e encaminhado ao Núcleo de Perícia Forense de Sobral.

Segundo
O outro acidente com morte foi registrado também na BR-222, mas no quilômetro 224, no Município de Sobral, na Zona Norte.

A colisão de uma motoneta com um automóvel resultou em óbito. O morto foi identificado como Francisco Airton Rodrigues, 58. Conforme informações da PRF, teria ocorrido uma colisão transversal.

MINIRREFORMA VIRA ANO COM VETOS PENDENTES.

A proibição de pinturas e o impedimento da suspensão do repasse de cotas do Fundo Partidário são vetos


Brasília. Os vetos da presidente Dilma Rousseff ao texto da lei da minirreforma eleitoral só serão analisados pelo Congresso Nacional em 2014. Entre os dispositivos vetados, está o que proíbe o uso de bonecos, pinturas em muro, placas, faixas, cartazes e bandeiras em bens particulares. Ao justificar o veto, a presidente Dilma enfatizou que a regra criada pelos parlamentares limitava excessivamente o direito de manifestação dos cidadãos por meio do uso exclusivo de seus bens particulares.

Ao justificar o veto, a presidente Dilma Rousseff enfatizou que a regra criada pelos parlamentares limitava excessivamente o direito de manifestação dos cidadãos por meio do uso exclusivo de seus bens particulares FOTO: REUTERS
Também não passou pelo crivo do Palácio do Planalto o item que impede a Justiça Eleitoral de determinar a suspensão do repasse de cotas do Fundo Partidário no segundo semestre de anos com eleições. O argumento para o veto foi garantir a transparência na aplicação dos recursos do fundo.

A presidente vetou ainda um trecho que amplia o rol de pessoas jurídicas que poderiam fazer doações para siglas e candidatos. O texto aprovado no Congresso abre uma brecha para permitir que associações civis façam doações aos candidatos. Para a Presidência da República, a inclusão dessas associações pode ser meio para doações indiretas de pessoas jurídicas.

Para o deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), coordenador do grupo que discutiu a minirreforma eleitoral, o objetivo era aperfeiçoar a fiscalização. Ele considera cumprida a meta, apesar dos vetos presidenciais.

"No geral, ficou bom. Só que essa lei eleitoral não é a reforma política que o povo pede e que nós estamos trabalhando para fazer. Na reforma política, nós vamos fazer mudanças profundas e o Brasil vai ficar melhor depois de aprovada", acredita Vaccarezza.

TÍTULO POR UM TIQUINHO.

Para triunfar em cima do maior rival, diretoria do Vovô trouxe uma das peças mais importantes do próprio Fortaleza


O ano era 1978. O campeonato foi um dos mais disputados da história. E mais inesquecível para uma só torcida que para as outras: a do Ceará. O Time de Porangabuçu vinha de um tricampeonato e o sonho da diretoria era igualar o feito de 60 anos antes quando o Estadual ainda era a Liga Metropolitana.

O Alvinegro conseguiu o tão sonhado tetra após trazer Moésio Gomes, o "Soldado Tricolor". A contratação gerou protestos no clube Fotos: Arquivo/Natinho Rodrigues/ Profissional que era, e apesar das críticas, Moésio Gomes levou o Vovô ao tetracampeonato. Herói do jogo, o atacante Tiquinho morreu precocemente, em 2009
O Ferroviário conquistou o 1º turno. O Tricolor de Aço venceu o 2º. Então, para alcançar o tão sonhado tetra, só restava ao Vovô ganhar o último e 3º turno. E foi o que aconteceu, com a ajuda especial de um atleta e seu apelido, que entrariam para sempre na história do lado preto-e-branco do Estado: Tiquinho.

Naquele ano, a torcida alvinegra não estava tão confiante na conquista. O time havia vacilado nos primeiros turnos e tanto o grupo como parte da diretoria não estavam focados na disputa. No entanto, o Ceará tinha uma carta na manga. Para falar a verdade duas. Tiquinho, destaque até então do alvinegro, e nada mais nada menos que o notório técnico tricolor Moésio Gomes.

A ideia de levar o "Soldado Tricolor" para Carlos de Alencar Pinto foi do presidente Eulino Oliveira. Apesar das críticas de muitos alvinegros, o presidente do clube se responsabilizou e manteve Moésio como a principal peça do Ceará para conquistar o tetra. E o novo reforço deu certo. Apesar de perder o returno, o Vovô ganhou corpo na reta final e depois de uma forte disputa com Fortaleza e Ferroviário, venceu o terceiro.

Então veio o Super Turno. Na primeira partida, o Ceará empatou com o Fortaleza em 0 a 0. Dias depois, mais um empate sem gols. Desta vez com o Tubarão da Barra. No dia 14 de dezembro, uma vitória de 1 a 0 sobre o Ferroviário colocaria o Vovô na frente na reta final. E um novo empate diante do Fortaleza em 0 a 0 daria o Super Turno ao Vovô.

OPINIÃO SOBRE A FALTA DE ÁGUA-CONCORDO COM O BLOGUEIRO:O PROBLEMA É ESTRUTURAL.

"O problema cresce por causa da incompetência e da falta de boa vontade dos governos. Tudo isso demanda competência e boa vontade, mas também sensibilidade e respeito aos cidadãos".


Vários locais do mundo sofrem com problemas relacionados ao fornecimento de água. Isso se deve, primeiramente, à falta de uma visão equilibrada e ecologicamente correta da nossa parte, pois não sabemos utilizar este recurso tão precioso de uma forma responsável e racional. Há muito desperdício, pois pensamos muito no hoje e pouco naquilo que deixaremos para as futuras gerações.
Por outro lado, agimos com imaturidade quando, junto com o crescimento das cidades, abandonamos estratégias que no passado eram tão uteis às famílias, como os poços que haviam nos quintais. Não tenho competência técnica para falar. Mas, mesmo no senso comum, penso: quantas cacimbas foram aterradas, abrindo mão de boa quantidade de água que, mesmo que não fosse viável para beber, era útil para outras ações do cotidiano, implicando em redução do consumo da água fornecida pelas autarquias responsáveis. É bem mais prático e cômodo, além de ser relativamente barato, abrir a torneira e colher a água que se precisa.

HEMOCE-CE PROGRAMA COLETA DE SANGUE PARA ÚLTIMOS DIAS DO ANO DE 2013.


banner doacaosangue pracaferreiraNa passagem do ano, o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) realizará coleta de sangue na terça-feira, dia 31 de dezembro, no hemocentro coordenador e no posto de coleta do Instituto Dr. José Frota (IJF), que também atenderá os doadores na quarta-feira, 1º de janeiro de 2014. Na segunda-feira, 30 de dezembro, as doações poderão ser feitas também na Praça do Ferreira, no posto de coleta itinerante, que funcionará das 8 às 16 horas. Nesse dia, o hemocentro coordenador, que funciona na Avenida José Bastos, 3390, Rodolfo Teófilo, atenderá 7h30min às 18h30min.

O Hemoce precisa receber diariamente 250 doações para que o estoque se mantenha em um nível ideal, mas recebe cerca de 100 doações por dia. No período das festas de final de ano a situação se agrava, pois existe uma maior demanda e, ao mesmo tempo, a queda no número de doações, por causa dos feriados prolongados. A hemorrede é responsável pelo atendimento de mais de 8 milhões de pessoas distribuídas nos 184 municípios, através de 307 hospitais e 10 clínicas de hemodiálise, alcançando a marca de 120 mil transfusões por ano.

DETRAN E PRE:OPERAÇÃO BOAS FESTAS SEGUE ATÉ DIA 5 DE JANEIRO DE 2014.

Detran 2013A Operação Boas Festas realizada pelo Detran e Polícia Rodoviária Estadual (PRE) prossegue até o dia 5 de janeiro. A ação começou na última segunda-feira (23) e compreende 192 operações especiais nas duas semanas, em que atuam 551 agentes (dos quais 150 agentes do Detran e 401 da PRE), equipados com 140 viaturas e 168 bafômetros para garantir a segurança no trânsito das rodovias estaduais.

Nos sábados (28 de dezembro e 4 de janeiro) e domingos (29 de dezembro e 5 de janeiro) serão 21 operações por dia, das quais 11 nas praias para impedir a circulação de veículos nas áreas de concentração de banhistas. E mais 10 operações nas noites e madrugadas, com abordagens baseadas na lei de alcoolemia zero (Lei Seca).