quarta-feira, 23 de julho de 2014

PARA LULA, A POLÍTICA ESTÁ DESMORALIZADA E APODRECIDA.

REFORMA POLÍTICA



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a defender a necessidade de uma reforma política no País. Em palestra nesta terça-feira, 22, para cerca de 400 líderes sindicais ligados à Federação dos Químicos, na Praia Grande (SP), Lula disse que a política "está desmoralizada". "Eu diria até apodrecida", afirmou, ressaltando que o Brasil não pode permitir que se criem partidos de aluguel.

Lula defendeu a candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição, argumentando que ainda há muito a ser feito. "Não me contento com o que a gente fez, numa escala de dez degraus, subimos só dois", afirmou em palestra no 8º Congresso da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo (Fequimfar).

Segundo Lula, agora é o momento de pensar "o que queremos ser daqui para frente". "Não existe a possibilidade de esse País não ir pra frente, de ter retrocesso", afirmou. "Precisamos levantar a cabeça e fazer reflexão profunda. O País tem que continuar andando para frente".

O ex-presidente aproveitou seu discurso para defender a política econômica do governo petista, mas admitiu que o crescimento do País é modesto. "É verdade que economia não está crescendo tanto, eu gostaria que estivesse crescendo 4%, 5%", disse. "Mas o comércio do mundo diminuiu, a China, que crescia 14%, está crescendo 7%", completou.

Lula alfinetou, na fala, os "países ricos" e disse que a crise mundial aconteceu "no coração" deles. "(Países ricos) Poderiam ter humildade e perguntar para nós que nós ensinamos (como sair da crise)", afirmou. Segundo ele, o governo Dilma Rousseff está atento e não deixará a inflação fugir da meta e que ela está assim "há doze anos". "Quem já viveu inflação como nós não quer que ela volte. Se tem alguém que perde com a inflação é quem vive de salário", afirmou. "É por isso que a Dilma cuida disso (controle da inflação)".

CRAQUE PARTICIPATIVO E FUTEBOL COLETIVO:DUNGA MANDA RECADO VELADO A NEYMAR JR.


Em nenhum momento da entrevista coletiva da CBF nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, o nome de Neymar foi citado especificamente...

Craque participativo e futebol coletivo: Dunga manda recado velado a Neymar
Principal craque da seleção, Neymar se machucou durante a Copa-2014
Em nenhum momento da entrevista coletiva da CBF nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, o nome de Neymar foi citado especificamente. Mesmo assim, em sua apresentação como técnico da seleção, Dunga mandou um recado velado à principal estrela do Brasil. O treinador citou o exemplo de craques de outros países, atletas de características ofensivas, mas que participam do jogo ajudando na marcação. Ficou claro que ele pretende armar uma equipe com um futebol mais coletivo.
"Cai muito o conceito nosso de que o craque não precisa participar do jogo. O futebol já não é mais de uma ou duas figuras. Tem que ter a participação de todos os jogadores. Na Copa, vimos o Robben, da Holanda, o Müller, da Alemanha, o Jimenez (ele se confundiu e trocou o nome de James Rodríguez), da Colômbia, todos eles participando para ajudar", disse o novo comandante.
A intenção de Dunga é aliar o talento dos grandes jogadores brasileiros com organização e aplicação tática. O treinador não falou em limitar a improvisação e a qualidade técnica de um craque como Neymar, mas deixou evidente que não quer um time dependente da genialidade apenas um atleta. Na Copa de 2014, a saída do camisa dez por lesão diante da Colômbia teve impacto fundamental no desempenho brasileiro durante o vexame da derrota para a Alemanha, por 7 a 1, na semifinal.
"É muito bonito falar de futebol arte, mas o que é futebol arte? Um goleiro fazer uma defesa também é arte, o zagueiro roubar uma bola também é arte. A gente não pode achar que vai encontrar o Pelé a toda hora. A gente não pode querer criar um ídolo a cada dia. O Brasil sempre teve jogadores de grande talento", disse Dunga, que completou.
"A gente sempre tem que aliar a esse talento a humildade, o equilíbrio emocional. Passar para torcedores, para essas crianças que a escola é uma coisa, mas a vida é muito mais dura. A vida não nos perdoa. Se não nos prepararmos bem, a vida cobrará por nossos erros".
A ausência de Neymar, que tinha 18 anos na época, e também de Paulo Henrique Ganso, da convocação para a Copa do Mundo de 2010 foi a grande polêmica envolvendo Dunga naquela ocasião. Quatro anos depois, tanto o atacante quanto o treinador parecem não guardar mágoas da situação. Em entrevistas recentes, Dunga já fez elogios ao futebol de Neymar, que foi chamado pela primeira vez para a seleção após a saída de Dunga, depois do Mundial da África do Sul, quando Mano Menezes assumiu o cargo.

GIRO FAMOSIDADES.

Galvão Bueno desiste de aposentadoria e renova contrato com a Globo

Por FAMOSIDADES
SÃO PAULO - Galvão Bueno voltou atrás na decisão de se aposentar das transmissões de Copa do Mundo.
O narrador esportivo da TV Globo renovou contrato com a emissora até 2019, fato que o inclui na cobertura do Mundial de 2018, na Rússia.
O locutor ressaltou ainda que lhe fizeram algumas novas propostas que o ajudaram na decisão de continuar trabalhando mais cinco anos.
“Eu não me via fazendo outra Copa do Mundo fora do Brasil. E naquele momento não me via mesmo. Mas a vida é dinâmica. Não se esqueça de que nós tivemos uma mudança de gestão na Rede Globo, muito relacionada à minha área. Eu me sinto extremamente feliz hoje trabalhando. É um novo desafio. Foram-me propostas coisas novas. Cheguei à conclusão de que é o que eu gosto de fazer, o que sei fazer, é onde eu realmente me realizo. E tem uma história de quarenta anos. Enquanto me sentir bem, com saúde e em condições de fazer o trabalho, e a Globo entender que eu sou importante nesse trabalho, vou ficar. Tenho contrato até depois da Copa de 2018. Então, respondendo à sua pergunta, voltei atrás, sim. Não tenho motivos para parar agora”, declarou à revista “Veja”.
Quando questionado acerca da dupla que formou com Patricia Poeta durante a Copa, Galvão não poupou elogios.

FLÁVIO ARAÚJO PEDE DEMIÇÃO DO SAMPAIO CORRÊA DO MARANHÃO.

Em contato por telefone ele falou sobre o Icasa (Foto: Agência Miséria/ Arquivo).CBM
Flávio Araújo não é mais o técnico do Sampaio Corrêa de São Luiz. No início da tarde desta terça-feira (22), ele confirmou ao Site Miséria que deixou o clube maranhense alegando motivos pessoais.

Questionado sobre possível acerto com o Icasa, ele apenas sorriu e disse não ter recebido nenhum contato por parte da diretoria alviverde e que, em coletiva à imprensa, falará sobre seu pedido de demissão. Ele é um dos preferidos por parte da torcida icasiana que o tem como ídolo.

Sua saída da “Bolívia Querida” é de se estranhar já que o Sampaio Corrêa é o sétimo colocado da Série B com 19 pontos em uma campanha ascendente nos últimos jogos. Foi com Flávio Araújo que o tricolor conquistou o acesso à Série B além do bicampeonato estadual.

JOVEM CANTORA DE MACARAU PODE SER UMA NOVA PROMESSA DA MÚSICA.

 /CBM
















Nosso Macaraú tem um bom motivo para se orgulhar perante o Ceará, no cenário artístico.

É do distrito de Macarau, que vem uma das revelações do mercadofonográfico que promete se tornar uma grata revelação do forró. Paula Matheis, nunca sonhou com a fama, quando foi convidada pra colocar sua voz em um CD de um grupo musical em Macaraú. Na realidade era uma gravação caseira, sem nem um recurso técnico, mesmo assim a performance da cantora foi excelente.
Com um vibrato natural e uma afinação invejável, Paula Matheis surpreende com sua interpretação. A cantora nunca tinha saído de casa, a não ser para pequenas viagens deférias. Mesmo tendo planos de morar em Fortaleza para estudar, terminou vindo e encontrou grandes dificuldades,

COMEÇA NESTA QUINTA FEIRA O " I PIAUI ECO FEST".

De 24 a 26 de julho será celebrado em Cajueiro da Praia, litoral do Piauí, o casamento da Peixe Boi com o Cavalo Marinho, considerados os maiores símbolos da fauna do município . O projeto, da professora Maria Helena Cortez, da UFPI de Parnaíba, foi abraçado pela prefeitura de Cajueiro da Praia e pelo Governo do Estado. 
O grande objetivo é fomentar uma festa genuinamente piauiense que se identifique com a biodiversidade local. Vale lembrar que Cajueiro é reconhecido como o primeiro município brasileiro a receber o título de Patrimônio Natural do Peixe Boi Marinho. 
Antes do casamento, marcado para o dia 26, na praia da Barrinha, acontece o chá de panela e a despedida de solteiro, no povoado de Barra Grande e em Cajueiro. No dia do casamento vai acontecer um corso puxado por carroças decoradas e com a participação das comunidades da região, que vão escolher se saem do lado do Cavalo Marinho (Barra Grande) ou do Peixe Boi (Cajueiro da Praia). O encontro dos participantes acontece na praia da Barrinha, onde a celebração está marcada para 16h45. Das 18h30 às 23 horas a festa segue para a praça de Barra Grande com os “noivos” e a apresentação do Bumba Meu Boi.