quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

JUSTIÇA CASSA MANDATO DE PREFEITA, E VICE-PREFEITO E PRESIDENTE DA CÂMARA DE TRAIRI-CE


Políticos praticaram captação ilícita de sufrágio nas últimas eleições


A Justiça do Ceará cassou, nesta quinta-feira (28), os mandatos da prefeita do município de Trairi, Regina Nara Batista Porto; do vice-prefeito, José Ademar Barroso; do presidente da Câmara de Vereadores e irmão da prefeita, Henrique Mauro Filho; e do vereador Gustavo Moreira.
Acusados ofereciam em troca de voto, dinheiro e benefícios pessoais Foto: Rodrigo Carvalho
O juiz eleitoral da cidade, Fernando Teles, condenou os políticos por captação ilícita de sufrágio praticada nas últimas eleições.
O Ministério Público informou que foi comprovado que os acusados ofereciam em troca de voto,dinheiro e benefícios pessoais, como passagens de ônibus, cimentos e combustível. Nara foi eleita prefeita com mais de 45% dos votos.
Conforme o promotor da Comarca, Igor Pereira, neste caso, o segundo colocado nas eleições assume o cargo. Francisco José Ferreira Noronha deve assumir com risco de ser cassado, pois também está sendo processado, por captação ilícita de sufrágio. Caso o político seja condenado, o município terá que passar por novas eleições.
A execução da condenação é imedita, mas os políticos cassados ainda podem recorrer da decisão. A equipe de reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Trairi, mas não foi atendida. 
Desvio de verba e corrupção eleitoral tem marcado a política local 
Desde o ano passado, o município de Trairi vive uma crise na política. A cidade vem passando por uma série de operações que visam combater crimes contra administração pública, desvio de verba, fraude em licitação, quadrilha jurídica e crimes eleitorais.

NO EXTREMO SUL DA CIDADE DE SP AGRICULTORES APOSTAM NOS ORGÂNICOS.



Capital paulista tem, há 1 ano, primeiros produtores orgânicos certificados.
Grupo é de Parelheiros, área de proteção ambiental, e vende em feiras.


Grupo de produtores orgânicos (Foto: Arpad Spalding/Instituto Kairós/Divulgação e Gabriela Gasparin/G1)(Da esq. à dir., de cima para baixo) Osvaldo do Caqui e a esposa, Cida; Zé da Floresta; Ana do Mel; Zundi da Banana; Tomi e Mauri e Zé da Cana (Foto: Arpad Spalding/Instituto Kairós/Divulgação e Gabriela Gasparin/G1)
Há cerca de um ano, oito agricultores familiares da capital paulista foram certificados como produtores orgânicos pelo Ministério da Agricultura. São os primeiros entre os cerca de 400 trabalhadores agrícolas cadastrados na prefeitura do município de São Paulo. O grupo planta no extremo sul da maior cidade brasileira, região com reserva de Mata Atlântica, cercada pelas represas Billings e Guarapiranga e que concentra áreas de proteção ambiental.
Desde que receberam o “selo”, os pequenos produtores rurais lutam para atrair o consumidor paulistano aos benefícios proporcionados por um alimento cultivado sem o uso de venenos – processo que dá mais trabalho, leva mais tempo e resulta em um produto, no mínimo, 30% mais caro e nem sempre tão “bonito” quanto um cultivado com agrotóxicos ou adubos químicos.

EMBRAER ANUNCIA QUE IRÁ VENDER SUPER TUCANO AÉREA DOS EUA.



Segundo empresa, 20 unidades serão vendidas por US$ 427 milhões.
Contrato anterior, de US$ 355 milhões, foi cancelado há um ano.

A Embraer anunciou nesta quarta-feira (27) que venderá 20 unidades do avião A-29 Super Tucano à Força Aérea dos Estados Unidos por um valor total de US$ 427 milhões.
A brasileira foi selecionada em um novo processo de seleção da Força Aérea dos EUApara a aquisição de aviões de ataque leve, que deu maior peso para a experiência de combate e não pedia demonstração de voo. O primeiro havia sido "posto de lado" devido a supostos problemas com documentos.
Super Tucano A-29, da Embraer. (Foto: Divulgação/Embraer)Super Tucano A-29, da Embraer. (Foto: Divulgação/Embraer)
As aeronaves serão fornecidas por uma sociedade da Embraer com a empresa americana Sierra Nevada Corporation e serão incorporadas ao programa Apoio Aéreo Ligeiro (AS, na sigla em inglês), informou a companhia brasileira.
O avião foi selecionado para o programa LAS (Light Air Support) ou Apoio Aéreo Leve, diz a Embraer em nota. A aeronave será utilizada para missões de treinamento avançado em voo, reconhecimento aéreo e apoio aéreo tático.
"Após um rigoroso processo licitatório, a USAF considerou que a Embraer Defesa e Segurança e a SNC apresentaram a melhor proposta para cumprir a missão LAS", diz a Embraer. “Nosso compromisso é avançar com a estratégia de investimentos nos Estados Unidos e entregar o Super Tucano no prazo esperado e conforme o orçamento contratado”, disse Luiz Carlos Aguiar, Presidente e CEO da Embraer Defesa e Segurança.

COM RENÚNCIA DE BENTO XVI COMEÇA OFICIALMENTE O PERÍODO DE SÉ VACANTE.



A partir de agora, ele é Papa Emérito, e conclave escolherá seu sucessor.
'Sou um simples peregrino', disse ele na despedida em Castel Gandolfo.

O Papa Bento XVI acena para os fiéis da sacada da residência de Castel Gandolfo, pouco após deixar o Vaticano nesta quinta-feira (28) (Foto: Reuters)O Papa Bento XVI acena para os fiéis da sacada da residência de Castel Gandolfo, pouco após deixar o Vaticano nesta quinta-feira (28) (Foto: Reuters)
A renúncia do Papa Bento XVI começou a valer oficialmente às 20h desta quinta-feira (28) no Vaticano, 16h de Brasília.
Começa assim o período da Sé Vacante, em que a Igreja Católica fica provisoriamente sem líder -geralmente por conta da morte de um Papa e, neste caso excepcional da renúncia.
O pequeno destacamento da Guarda Suíça, em frente à residência papal no Vaticano, fechou a porta dos aposentos papais, que só voltarão a ser ocupados pelo próximo pontífice. A guarnição que acompanhou Bento XVI à residência papal de Castel Gandolfo se retirou do local.
Bento XVI deixou o Vaticano cerca de três horas antes rumo à residência, onde deve ficar cerca de dois meses.
Depois desse período, o agora Papa Emérito, que vai continuar usando o nome de Bento XVI, vai se estabelecer em um mosteiro no Monte do Vaticano.
Agora, os cardeais se organizam para escolher o sucessor, após os oito anos de pontificado de Bento XVI, marcados por controvérsias e escândalos.
O decano do Colégio Cardinalício, Angelo Sodano, deve convocar formalmente nesta sexta-feira, o conclave. As primeiras reuniões para definir a data de início devem ocorrer em 4 de março, segundo a Rádio Vaticano

IFECE OFERTA 965 VAGAS PARA CURSOS TÉCNICOS GRATUITOS NO CEARÁ.



São 29 cursos distribuídos em 10 campi da instituição.
Há previsão de vagas para as cotas sociais.


O Instituto Federal do Ceará (IFCE) tem 965 vagas para 29 cursos técnicos gratuitos distribuídos em 10 campi da instituição. Para os cursos do campus de Fortaleza, as inscrições para participação no exame de seleção seguem até 8 de março.
Para os campi de Acaraú, Camocim, Crateús, Maracanaú, Sobral, Tauá, Tianguá, Ubajara e Quixadá, as inscrições vão de 4 a 15 de março. Há previsão de vagas para as cotas sociais, em atendimento à Lei Federal nº 12.711/2012. Os editais serão disponibilizados, nesta semana, pela internet.

CEARÁ RENOVA SITUAÇÃO EMERGÊNCIA EM 174 MUNICÍPIOS POR CAUSA DA SECA.


Segundo a Defesa Civil, 90 carros pipa abastecem 41 cidades.
Chances chover abaixo da média em março, abril e maio são de 40%.

Fracos, bois têm de receber alimento (Foto: Wellington Macedo/Arquivo Pessoal)Fracos, animais morrem em Crateús, no sertão
(Foto: Wellington Macedo/Arquivo Pessoal)
O governador do Estado do Ceará, Cid Gomes, renovou por mais 90 dias a situação de emergência de 174 municípios cearenses por causa da seca. O decreto governamental foi publicado na edição de  sexta-feira (22), no Diário Oficial do Estado. Pelo decreto, além de Fortaleza, não estão em situação de emergência apenas as cidades de Aquiraz, Horizonte, Barbalha, Eusébio, Guaramiranga, Itaitinga, Juazeiro do Norte, Pacatuba e Santa Quitéria. No Ceará são 1.995.939 pessoas atingidas pela estiagem, de acordo com o Ministério da Integração Nacional.

Entre as alegações para a decisão está "o agravamento da situação de emergência (...), distribuição temporal e espacial das chuvas no território do estado do Ceará e  o registro de elevadas temperaturas que vêm comprometendo o armazenamento de água, causando sérios problemas no abastecimento para o consumo humano e animal, ocasionando perdas nas pastagens e lavouras, contribuindo para intensificar as dificuldades econômicas e comprometendo o padrão de qualidade de vida da população".

Sem chuva em 2012 e, por enquanto, também em 2013, comunidades em Caridade, distante 100 quilômetros de Fortaleza, já estão há um ano e meio sendo abastecidas, exclusivamente, por carros-pipa e continuam em estado de emergência. De acordo com o Ministério da Integração Nacional,  1.342 municípios estão em situação e emergência na região do semi-árido. São cerca de 10.382.575 pessoas atingidas. "Já era para estar chovendo, só a água do carro não vai resolver a situação", lamenta a agricultora Maria Terezinha da Silva.