quinta-feira, 10 de maio de 2012

HOMENAGENS DO BLOG CAMOCIM BELO MAR A TODAS AS MÃES DO BRASIL E D MUNDO.

Homenagem ao Dia das Mães.
Poesia.

Autoria: Marco Casagrande.


Mãe!  
Eu pedi a Deus pra me dar inspiração.
Para poder falar do amor que está em meu coração.
Foi então mãe!
Que senti a presença de Deus.
A sussurrar palavras nos ouvidos meus.
Palavras trazidas pela brisa; e pela beleza da flor.
Que você é a síntese da vida; é a pureza do amor.
Mãe!
Em todo canto comecei a notar.
Frases de amor colocadas; frases não iriam me faltar.
Que seria fácil construir uma canção.
Nada é maior neste mundo, que o amor que tenho no coração. 
Mãe!
Você é meu tudo.
Mãe!
Você é meu mundo.
Mãe!
Fui o fruto, que de sua seiva se alimentou.
Mãe! 
Tornei - me árvore, que você germinou. 
Hoje vêjo porquê de tão grande beleza.
Você é minha mãe; minha mãe natureza!
Natureza mãe; mãe por natureza.
Irei por toda vida lhe proteger.
Natureza mãe, mãe por natureza.
A palavra amor, Deus à resumiu em você!.fonte camcim belo mar blg

GOVERNO MANDA 500 MILITARES PARA SOCORRO A VÍTIMAS DE CHEIA NA AMAZÔNIA.



Periferia de Manaus inundada
Periferia de Manaus inundada pelo Rio Negro. Cheias já deixaram 70 mil desabrigados
O governo federal determinou a mobilização de 500 militares das Forças Armadas, um hospital de campanha e três navios da Marinha para socorrer as vítimas de uma grande enchente no Amazonas, segundo o Ministério da Defesa.
O transbordamento dos rios Negro, Solimões e Madeira começou em março e já deixaram 70 mil famílias desabrigadas - sendo 10 mil só em Manaus.
Segundo o vice-governador do Amazonas, José Melo, 39 municípios estão em "situação crítica".
De acordo com o governo, essa pode ser a maior cheia da história do Estado. Até então, o último recorde havia sido registrado em 2009, quando o Rio Negro atingiu o nível de 29 metros e 77 centímetros.
Nesta quarta-feira, o nível do rio estava em 29 metros e 57 centímetros. A cheia, no entanto, ainda não chegou ao seu ápice e o nível das águas continua a subir cinco centímetros por dia.

Ajuda

Os 500 militares que participarão do socorro já estão na região amazônica, pois participavam desde a semana passada de uma operação de combate a traficantes e garimpeiros ilegais na fronteira com a Venezuela, Guiana, Suriname e Guiana Francesa.
Eles começaram a ser deslocados para as regiões mais afetadas pela cheia nos últimos cinco dias, segundo o general José Carlos De Nardi, chefe do Estado Maior Conjunto do Ministério da Defesa.
"As tropas irão realizar três ações: resgate de população em área de risco, cadastramento de famílias que tiveram prejuízos com as enchentes e distribuição de medicamentos e mantimentos", disse De Nardi.
O contingente mobilizado é formado por 200 militares do Exército, 260 da Marinha e 40 da Força Aérea.
Hospital de campanha da FAB
Hospital de campanha da Força Aérea montado sobre uma balsa ajudará no socorro às vítimas
O hospital de campanha da Aeronáutica - que já atuou no Haiti e no México - foi montado sobre uma balsa, atualmente ancorada no município de Barcelos (a 490 km de Manaus).
Ele se deslocará para regiões afetadas ao longo dos 60 dias previstos para durar a operação de socorro.
Outras centrais de atendimento a feridos funcionarão nos navios de assistência hospitalar Soares de Meirelles, atualmente atracado em Santo Antônio do Içá (região do Alto Solimões) e Doutor Montenegro, em Tefé (Médio Solimões).
A terceira embarcação da Marinha, o navio patrulha Pedro Teixeira, já está em Manaus socorrendo moradores em áreas de risco.

Verba

O plano de mobilização dos militares para atuar no desastre foi apresentada nesta quarta-feira à presidente Dilma Rousseff pelo general De Nardi, em teleconferência.
O governador do Amazonas, Omar Aziz, participou da reunião. Também foi anunciada a liberação pelo Ministério da Integração Nacional de uma verba adicional de R$ 7 milhões para o governo do Amazonas.
Desde o início das cheias na região, a administração recebeu cerca de R$ 17,5 milhões. Porém, os prejuízos já chegam a R$ 33 milhões.
Os recursos são destinados ao socorro às vítimas e compra de produtos de higiene, limpeza, além de medicamentos e alimentos.fonte BBC Brasil/camocim belo mar blog

FAB ABRE OFERTA DE COMPRA DE AVIÃO PARA SUBSTITUIR O FAMOSO 'SUCATÃO'.



Objetivo é trocar dois KC-137 de 1960 usados para reabastecimento.
Três fabricantes terão 90 dias para apresentar as propostas à Aeronáutica.

T

sucatão (Foto: Aeronáutica/Divulgação)KC-137, Boeing usado para reabastecimento da FAB e
ex-avião da Presidência, será aposentado
(Foto: Aeronáutica/Divulgação)
A Força Aérea Brasileira (FAB) enviou nesta quarta-feira (9) a três fabricantes de aeronaves um pedido de oferta para substituir o famoso “Sucatão”, que serviu como avião presidencial e é usado para reabastecimento de caças durante voo.

Os pedidos de oferta foram entregues à Airbus Military, à Boeing e à Israel Aerospace Industries (IAI), segundo divulgou a Aeronáutica em nota.

As três participam do projeto KC-X2 da FAB, que trata da remodelação do equipamento e da atual frota da FAB.
 O novo avião deverá atuar para reabastecimento em voo, transporte estratégico de carga e tropa, apoio em missões humanitárias e também para evacuação aeromédica. Terá uso exclusivo militar. O G1 apurou que devem ser adquiridos modelos usados que custam cerca de US$ 80 milhões.As empresas terão 90 dias para apresentar as propostas. A intenção é substituir as quatro aeronaves KC-137 (modelos militares do Boeing 707), e aposentá-las progressivamente. Fabricadas em 1960, os “Sucatões” têm algo custo de operação por serem muito antigos.

A intenção inicial é de substituir primeiro apenas dois deles. Segundo a Aeronáutica, as propostas serão submetidas a um processo de seleção e avaliação interna que analisará requisitos técnicos, operacionais, logísticos e industriais.

O "Sucatão" foi utilizado pela Presidência da República entre 1986 e 2005, quando um Airbus A-319, com configuração VIP, foi adquirido para viagens do presidente.fonte G1 SP/camocim belo mar blo
g