segunda-feira, 30 de março de 2015

VISUALIZAÇÕES DE PÁGINAS POR PAÍS.

Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog

EntradaVisualizações de página
Brasil
2011
Estados Unidos
1355
Alemanha
152
Índia
32
Rússia
26
Líbano
14

ARROZ RESFRIADO PODE SER MENOS CALÓRICO,APONTA PESQUISA.

Michelle Roberts

Foto: Thinkstock
Resfriamento, em certas condições, pode tornar o carboidrato do arroz mais difícil de digerir
Cientistas dizem ter encontrado uma forma de tornar o arroz menos calórico, ao fervê-lo com óleo de coco e, em seguida, refrigerá-lo durante meio dia antes de consumi-lo.
Segundo uma pesquisa feita no Sri Lanka e apresentada perante a Sociedade Americana de Química, isso reduziria o conteúdo calórico do arroz em até 60%.
O método, dizem os pesquisadores, torna o amido do arroz menos digestível, fazendo com que o corpo absorva menos energia do que faria ao ingerir o arroz comum.
No entanto, especialistas em nutrição advertem que essa não é uma solução rápida para perder peso.

Carboidratos frios

Os carboidratos contidos no arroz são uma boa fonte de energia: ao serem ingeridos, são decompostos em açúcares simples pelo nosso corpo.
As sobras ficam armazenadas no corpo, convertendo-se rapidamente em glicose de acordo com nossas necessidades.
Mas, em última instância, o excesso de glicose que circula no sangue pode ser armanezado na forma de gordura.

QUATRO RAZÕES PARA A PERDA DE PROTAGONISMO DO BRASIL NA AMÉRICA LATINA.

Gerardo Lissardy

Escândalo da Petrobras e avanço da China estão entre entraves enfrentados por Dilma
Tendo aumentado sua influência política e econômica global nos últimos anos – a ponto de deixar de ser apenas um gigante latino-americano para se tornar protagonista do mundo emergente ─ o Brasil enfrenta agora um cenário completamente inverso, com a perda de importância inclusive regional.
Analistas associam o novo quadro a fatores internos e externos, que ameaçam a imagem de liderança que o país sempre teve no continente.
Na sexta-feira, o IBGE informou que o PIB brasileiro (Produto Interno Bruto, ou a soma de todos os bens e serviços produzidos pelo país) totalizou R$ 5,52 trilhões no ano passado, alta de 0,1% em relação a 2013.
O novo cenário se reflete no declínio nas viagens presidenciais brasileiras na região, na queda nas exportações para países vizinhos, e na falta de liderança em assuntos importantes da América Latina.
"A voz do Brasil foi reduzida na região", disse à BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC, João Augusto de Castro Neves, diretor para América Latina da consultoria Eurasia Group, sediada em Washington.
A BBC Mundo listou quatro razões que explicam a perda de protagonismo do Brasil no cenário internacional.

1) Empreiteiras em apuros

As grandes empresas de construção no Brasil eram, até recentemente, a face mais visível da expansão regional do país, construindo desde metrôs a usinas hidroelétricas em nações vizinhas.
A própria presidente Dilma Rousseff já havia observado isso como o sucesso de sua política de promoção das empresas brasileiras na América Latina, gerando produção e emprego.

SUICÍDIO DE PILOTO JÁ ACONTECEU NO CEARÁ, SEGUNDO ESTUDOS.

O mundo todo discute hoje o que se pode fazer para evitar que ocorra uma nova tragédia na aviação, depois do desastre provocado pelo co-piloto Andreas Lubitz, na Europa, com a morte de 150 pessoas.
É assustador ver o levantamento divulgado pela Fundação de Segurança do Voo, mostrando que pelo menos 13 casos já ocorreram no mundo em situação semelhante, com números variados de mortos.
No Brasil, o experiente jornalista Jorge Rosa lembra que pelo menos um caso grave aconteceu. Suspeita-se da tragédia com um avião em 8 de junho de 1982 (Voo VASP 168).
O Boeing 727-200 se chocou contra a Serra da Aratanha, no Ceará, matando todos os seus 137 ocupantes. Entre os mortos estava o empresário cearense Edson Queiroz.

PROGRAMA COMUNIDADE NA ROTA DAS EMOÇÕES É LANÇADO EM PARNAÍBA-PI.


ED NEUTON OSORIO
MELHORES IMOVEIS
INOCOOP
PARAIBA
Dantas Imobiliaria
Pesca Solidária
Com o objetivo de incentivar os moradores dos municípios que compõem a Rota das Emoções a conhecerem esse roteiro turístico, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae, nos Estados do Piauí, Maranhão e Ceará, lançaram o Programa Comunidade na Rota das Emoções.
O programa conta com a participação dos empresários dos três Estados e é destinado aos moradores dos 14 municípios que integram a Rota das Emoções: Araióses, Barreirinhas, Paulino Neves, Santo Amaro e Tutóia, no Maranhão; Cajueiro da Praia, Ilha Grande, Luís Correia e Parnaíba, no Piauí; e Barroquinha, Camocim, Chaval, Cruz e Jijoca de Jericoacoara, no Ceará.
rotadasemoçõesgrande1.jpg
Fonte: Com informações da Assessoria

COCALENSE PRECISA PASSAR POR CIRURGIA QUE CUSTA R$ 30 MIL;VAMOS AJUDAR!.

Uma campanha entre amigos e familiares visa arrecadar cerca de R$ 30.000,00 (trinta mil reais) para realizar uma cirurgia de retirada de um tumor do cérebro do ex-integrante da Banda Caju Azedo, Hélio José Machado Barroso, conhecido popularmente como "Neguim do Jacarandá", de 38 anos, casado e pai de quatro filhos, atualmente residindo no povoado Jacarandá, zona rural de Cocal.



Uma sobrinha de Hélio informou que os problemas de saúde do homem começaram no inicio deste ano, quando ele passou a sentir fortes dores de cabeça e depois de procurar o médico e fazer exames na cidade de Parnaíba, recebeu o diagnóstico da doença. Inconformado, ele foi a Teresina onde passou por uma nova avaliação médica e infelizmente o resultado foi o mesmo. Ainda de acordo com a família, por causa da enfermidade, o homem sente fortes dores de cabeça e já perdeu uma parte da visão. 

Neguinho está internado no Hospital Getúlio Vargas (HGV) em Teresina, onde aguarda pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e por uma vaga em um dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade de saúde, que está lotada e sem previsão de vacância.

CARRO ROUBADO E CLONADO É APREENDIDO PELA PRF EM PIRIPIRI VEÍCULO FOI ADQUIRIDO EM COCAL-PI.

Um homem identificado como Luiz Gonzaga Ferreira de Sousa, de 42 anos, foi detido ao ser abordado por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na altura do KM-191 da BR-343, em Piripiri-Piaui. O veículo conduzido por ele, uma picape Strada Advent, de cor cinza, estava com registro de roubo/furto.

Segundo os policiais, o veículo trafega de modo suspeito, sem o parachoques e a placa dianteira e ainda transportando três pessoas na caçamba. Ao ser realizada uma vistoria minuciosa no carro, o mesmo apresentava sinais de adulteração no chassi e registro de roubo/furto, além da placa JGW-7417 ser clonada e pertencer a outro automóvel com as mesmas características do apreendido.