quinta-feira, 15 de março de 2012

ARGENTINA VAI PROCESSAR EMPRESAS PETROLÍFERAS QUE EXPLORAM ÓLEO NAS ÀGUAS DAS MALVINAS.

15/03/2012 - 22h59
Monica Yanakiew
Correspondente da EBC na Argentina
 
Buenos Aires – O governo argentino anunciou hoje (15) uma nova ofensiva contra o Reino Unido na disputa pela soberania das Ilhas Malvinas. O chanceler Hector Timerman disse que a Argentina vai iniciar ações no tribunais federais do país e na Justiça Internacional contra as cinco empresas que exploram petróleo nas águas do pequeno arquipélago do Atlântico Sul, que fica a 500 quilômetros das costas argentinas.
Ele acusou as empresar de realizarem “atividade ilegais” porque estão explorando petróleo em um território em disputa, cuja posse está em discussão nas Nações Unidas. “As empresas petrolíferas têm licenças ilegítimas, concedidas pelo governo britânico, e estão realizando atividades ilegais e atuando em área ilegal no Atlântico Sul”, disse Timerman.
O chanceler prometeu também tomar medidas contra todos os envolvidos na operação – desde as empresas que prestam apoio logístico até os bancos que financiam a exploração de petróleo na região. O governo argentino também exige que os consultores internacionais informem seus clientes dos riscos que correm se investirem em companhias acusadas de agirem contra a lei.
O governo britânico reagiu, por meio de um comunicado, dizendo que defende os interesses dos quase 3 mil moradores do arquipélago, que se sentem cidadãos britânicos e têm o direito de explorar as riquezas naturais de seus mares. Segundo o Reino Unido, as petrolíferas estão promovendo atividades comerciais legitimas.
Timerman argumentou que o Reino Unido está desrespeitando as resoluções das Nações Unidas, que pedem aos dois países uma negociação diplomática para resolver a disputa pelas ilhas, que data do século 19. Os argentinos reclamam que foram expulsos do arquipélago que, até pela proximidade geográfica, lhes pertence. Os britânicos apelam para outro princípio da legislação internacional: a autodeterminação dos povos. Segundo eles, cabe aos quase 3 mil moradores das ilhas a decisão se querem continuar sendo britânicos ou preferem ser argentinos.
A disputa resultou em um conflito armado em 1982. No dia 2 de abril daquele ano, a Argentina tentou recuperar as ilhas pela força. Foi derrotada pelas tropas britânicas, mas continua reivindicando a posse das ilhas em todos os fóruns diplomáticos. Este ano, obteve o apoio dos países vizinhos (entre eles o Brasil) para impedir a entrada de qualquer barco com a bandeira das Malvinas nos portos da região.
“A disputa deixou de ser bilateral para virar regional”, disse em entrevista à Agência Brasil o analista político Jorge Castro. Segundo ele, a nova ofensiva tem um proposito político. “Timerman prometeu tornar pública todas as ações que o governo tomar. É uma forma de transmitir à opinião pública mundial que a Argentina continua reivindicando a soberania das ilhas”.
O anúncio foi feito 18 dias antes do aniversário de 30 anos da Guerra das Malvinas. Desde 1982, as ilhas receberam investimentos do Reino Unido e enriqueceram, dando concessões de pesca e de exploração de petróleo. Segundo Castro, o Produto Interno Bruto (PIB) per capta das Malvinas chegou este ano a US$ 65 mil (até por causa da apreciação da libra esterlina em relação ao dólar). É o quarto maior do mundo, depois de Catar, Liechtenstein e Luxemburgo.
 
Edição: Aécio Amado/camocim belo mar blog

GOVERNODO ESTADO DO CEARÁ INAUGURA SEDE DO GEOPARK ARARIPE.

Equipamento de 437 metros fica na região do Cariri, Sul do Ceará.
Geopark Araripe tem formações rochosas de diversos períodos.

Do G1 CE
No goessítio Colina do Horto, as rochas são as mais antigas da Região do Cariri (Foto: Geopark Araripe / Divulgação)No goessítio Colina do Horto, as rochas são as
mais antigas da Região do Cariri.
(Foto: Geopark Araripe / Divulgação)
A sede do Geopark Araripe, na região do Cariri, Sul do Ceará, será inaugurado nesta sexta-feira (16), pelo governo do estado do Ceará, por meio da Secretaria das cidades. Ao todo foram investidos R$ 778 mil, com recursos oriundos do Tesouro da União e contrapartida do governo do estado, já que o equipamento é resultado de um convênio celebrado entre a Secretaria das Cidades, e o Ministério da Integração Nacional.
O novo equipamento, no município do Crato, tem um espaço de 437 metros quadrados de área construída, com salas, auditório, galeria (onde poderão ser realizadas exposições sobre os diversos temas relacionados ao território), cozinha e banheiros. A obra da sede é uma ação do Programa de Mesorregiões da Chapada do Araripe (Promeso), para o desenvolvimento da região.
O GeoPark Araripe é um dos projetos do Programa Cidades do Ceará – Cariri Central, executado pela SCidades. De acordo com a secretaria, o programa tem o objetivo de estimular a economia, desempenhar ações de desenvolvimento regional e melhorar a infraestrutura. A SCidades foi responsável pela construção da sede e os financiamentos dos equipamentos de informática, ar condicionados, mobiliário, material de divulgação e na aquisição de um veículo de transporte para o GeoPark.
Após a inauguração, as primeiras ações serão a elaboração do plano de negócios, a execução do projeto de sinalização do parque, a identificação e pesquisa sobre os novos geossítios encontrados na região e o desenvolvimento da economia local por meio dos “geoprodutos”, produzidos pela população local, com a marca do GeoPark Araripe.
O Geopark Araripe
Na região do complexo sedimentar do Araripe, no GeoPark Araripe pode-se compreender o passado geológico e a vida na terra. A região possui formações rochosas de diversos períodos, principalmente do Cratáceo Inferior, com registro da separação dos continentes. Inicialmente foram delimitadas 7 localidades, denominadas de Geotopes, criteriosamente selecionados e protegidos. A diversidade do território, suas exuberantes paisagens e a riqueza geológica da região, fazem do GeoPark Araripe um dos geoparks mais completos do mundo.
  fonte,G1,CE/camocim belo mar blog

NAVIO-TANQUE ENCALHA NO SUL DA ITÁLIA.

publicado em 15/03/2012
navio italiaAntonio Parrinello/15.03.12/Reuters

Publicidade
Mais um navio voltou a dar dor de cabeça aos italianos nos últimos dias. Após uma forte tempestade, no sábado (10), um navio-tanque encalhou em um rochedo na costa sul da Itália. O barco que ia em direção ao porto de Augusta, na Sicília , local onde se encontram as instalações de uma refinaria de petróleo.
Ladrões-mergulhadores roubam sino do Costa Concordia
As autoridades tentaram isolar a área em que a embarcação encalhou. Boias especiais para evitar espalhar o combustível do navio foram colocadas ao longo do casco. O barco, de nome Gelso M, tem 127 metros de comprimento e está adernado no local em que se chocou com um rochedo.
As autoridades locais estão preocupadas com um possível vazamento de combustível e os impactos ambientais que este poderá causar na região.
No dia 13 de janeiro deste ano, há dois meses, o navio Costa Concordia também se chocou contra o litoral italiano deixando dezenas de mortos.
italia
 



CRISE SÍRIA COMPLETA UM ANO COM 8.000 MORTOS E MUITAS INCERTEZAS.

Atualizado em  15 de março, 2012 - 16:29 (Brasília) 19:29 GMT
Protesto contra Assad em Idlib | Foto: Reuters
Governo sírio teria colocado minas terrestres em rotas de refugiados
Um ano após milhares de manifestantes terem saído às ruas da Síria pela primeira vez exigindo a renúncia do presidente Bashar al-Assad, o futuro da revolta popular no país ainda é incerto.
Com um saldo de mortos estimado em 8 mil e crescentes temores de que a guerra civil instale disputas entre grupos religiosos rivais, o confronto ainda divide as potências na ONU, onde Rússia e China têm vetado resoluções contra o regime.
Nesta quinta-feira, enquanto refugiados tentavam cruzar a fronteira com a Turquia, setores simpáticos a Assad fizeram protestos a favor do regime em Damasco e em outras cidades. A TV estatal mostrou imagens de milhares de pessoas com bandeiras e retratos do presidente.
Entre as principais organizações de direitos humanos mundiais, no entanto, o tom é de condenação e revolta pelo que consideram ser uma posição de inércia da comunidade internacional.
Em comunicado, 200 grupos humanitários de 27 países - entre eles Human Rights Watch, Christian Aid, Instituto de Estudos de Direitos Humanos do Cairo (CIHRS, na sigla em inglês), Civicus e a Federação Internacional de Direitos Humanos (FIDH) – apelam ao Conselho de Segurança das Nações Unidas a se unir e aprovar uma resolução condenando o regime sírio pelo uso de violência, tortura e prisões arbitrárias de civis.
"Durante um ano inteiro vimos o aumento do número de mortos na Síria, que chegou ao total horripilante de mais de 8.000, incluindo centenas de crianças", disse Ziad Abdel Tawab, vice-diretor do CIHRS.
"Já não é chegada a hora de o mundo se unir e tomar medidas efetivas para interromper isso agora?", questiona.
Assad e Annan. AP
Assad recebeu o ex-secretário-geral da ONU, Koffin Annan, mas não fechou nenhum acordo
Outro motivo de preocupação é a fuga dos sírios para países vizinhos, levando à formação de campos de refugiados.
"O número de refugiados sírios atualmente na Turquia aumentou em mil em apenas um dia e subiu para um total de 14.700", disse nesta quinta-feira o porta-voz da diplomacia turca, Selcuk Unal.
A crise na Síria faz parte do que se convencionou chamar de Primavera Árabe, onda de protestos que teve origem na Tunísia e se espalhou pelo norte da África e o Oriente Médio.
Os protestos derrubaram governos na Tunísia, no Egito, provocaram reformas no Marrocos e na Jordânia, a transição política no Iêmen e um conflito armado na Líbia.

Alternativas

Souher Belhassen, presidente do FIDH, disse que os sírios "sobreviveram com coragem surpreendente a um ano de um banho de sangue e crimes sistemáticos enquanto o mundo simplesmente assistiu a tudo isso".
"A comunidade internacional deve se unir e ajudar os sírios a encerrar esse horror", acrescentou.
Diante do crescente saldo de mortos e do impasse internacional sobre como reagir ao conflito, o grupo de organizações humanitárias exigiu que o regime de Assad garanta acesso “total e irrestrito” monitores de direitos humanos e jornalistas às regiões onde ocorrem os confrontos.
Além da criação dos corredores humanitários, as potências ocidentais e seus aliados na região, entre eles Arábia Saudita e Turquia, vêm discutindo a possibilidade de armar a oposição.
A ideia, no entanto, recebe apreciações conflitantes já que entre os opositores sírios existem grupos rivais e de diferentes orientações religiosas, o que pode facilmente acender disputas sectárias.
Incêndio em Homs, na Síria, em 9 de março. | Foto: AP
Comunidade internacional ainda não se decidiu a respeito de uma intervenção militar na síria
Nesta quinta-feira, o chanceler francês, Alain Juppé, disse que armar os rebeldes poderia levar a uma guerra civil "catastrófica" e que entre os grupos estão cristãos, alauitas, sunitas e xiitas.

ONU e Liga Árabe

No comunicado, as organizações internacionais pediram ainda que as potências apoiem a missão do enviado especial da ONU e da Liga Árabe, o ex-secretário-geral das Nações Unidas Kofi Annan.
O diplomata se encontrou com Assad no último fim de semana, quando expôs um plano que inclui um cessar-fogo de ambas as partes, acesso ao auxílio humanitário e o início de um diálogo político.
Annan deve se reportar ao Conselho de Segurança nesta sexta-feira para divulgar o conteúdo da reunião e os avanços na frente diplomática.
O porta-voz da diplomacia síria, Jihad al-Maqdisi, disse à BBC que a resposta de Assad ao plano exposto pelo enviado especial tinha sido positiva e que seu objetivo é que a missão seja bem sucedida.fonte,bbc,brasil/camocim belo mar blog

CAMINHÃO TOMBA E CARGA DE COMBUSTÍVEL ATINGE AÇUDE NO CEARÁ.

Combustível escorreu de caminhão acidentado até açude de Forquilha.
Ibama diz que empresa responsável pelo veículo pode pagar multa.

Do G1 CE, com informações da TV Verdes Mares
O combustível de um veículo tombado atingiu o açude municipal da cidade de Forquilha, a 213 quilômetros de Fortaleza. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o acidente com o caminhão que transportava gasolina e diesel ocorreu por volta das 6 horas da manhã desta quinta-feira (15). O bi-trem tombou no quilômetro 208 da BR-222 e o combustível escorreu até o açude.
Técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) estiveram no local para avaliar o nível do desastre ambiental. Segundo o técnico, a empresa proprietária do veículo pode ser multada por dano ambiental. O açude afetado pelo acidente abastece a cidade de Forquilha, na Zona Norte do Ceará.
Ainda de acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o motorista teve ferimentos leves e ninguém morreu. A polícia ainda investiga a causa do acidente. O Corpo de Bombeiros também está no local para evitar um possível incêndio ou explosão da carga. De acordo com o Corpo de Bombeiros, não foi possível uma medida emergencial que pudesse evitar o escoamento do combustível para o açude.
O veículo transportava gasolina e diesel de Fortaleza para cidades da região Norte do Ceará. O Sindicato de postos de combustível descartam a possibilidade de falta de combustível nas cidades.fonte G1,CE/camocim belo mar blog

GAROTA SE SUICIDA APÓS CASAR COM ESTUPRADOR.

Ativistas protestam contra lei que permite esse tipo de arranjo no Marrocos
Ativistas protestam, em frente à corte de Larache, contra a lei que forçou jovem a casar com estuprador / AFP PHOTO / ABDELHAK SENNA Ativistas protestam, em frente à corte de Larache, contra a lei que forçou jovem a casar com estuprador AFP PHOTO / ABDELHAK SENNA

Ativistas dos direitos das mulheres intensificaram protestos, nesta quarta-feira, no Marrocos, contra leis que permitem estupradores se casarem com suas vítimas.

O assunto se tornou pauta depois que Amina Al Filali, de 16 anos, se suicidou por ter sido obrigada a casar com o homem que a violentou.

A adolescente bebeu veneno de rato na semana passada, na cidade de Larache, após ter sido espancada durante os cinco meses em que ficou casada a força

O estuprador tentou escapar da prisão invocando um artigo do código penal que autoriza esse tipo de prática.

Jornais estrangeiros relatam que testemunhas disseram que o marido ficou furioso quando Amina tomou o veneno e a arrastou pelos cabelos pela rua; ela morreu logo depois.

O pai de Amina afirmou em entrevista ao site goud.ma que foi aconselhado por funcionários judiciais a aceitar o acordo com o estuprador.

Famílias muitas vezes concordam com este tipo de arranjo nos países árabes, já que a perda da virgindade de uma mulher fora do casamento é considerada uma desonra.

Uma petição online foi iniciada e mais protestos, contra a lei chamada de constrangedora pelos ativistas, estão planejados para o próximo sábado.
  fonte,daredaçãoband/camocim belo mar blog

DOIS MORREM E CINCO SÃO SUSPEITOS DE INFECÇÃO POR SUPERBACTÉRIA NO CEARÁ.


Infecção ocorreu no Instituto do Câncer do Ceará, em Fortaleza.
Cinco pacientes suspeitos de estarem infectados estão isolados.

Do G1 CE
Comente agora
Duas pessoas morreram em Fortaleza infectadas pela bactéria KPC, também conhecido como superbactéria. As vítimas estavam internadas no Instuto do Câncer do Ceará (ICC). O instituto confirma as mortes pela KPC, mas alerta a população que os casos "não são motivos para pânico na população" e que os pacientes devem continuar a tratar-se no ICC.
Além dos dois pacientes mortos, o diretor do ICC Reginaldo Ferreira informou que cinco pacientes estão isolados com suspeitas de infecção pela superbactéria. Segundo Ferreira, já foram coletadas amostras dos pacientes que podem confirmar ou não a infecção. A direção da unidade hospitalar diz também que não pode confirmar a data das mortes.
O diretor do ICC diz também que os pacientes não devem temer a situação e não interrompam tratamentos contra o câncer na unidade hospitalar.
A maior parte das infecções de pessoas pela superbactéria Clostridium difficile em hospitais acontece sem o contato direto com pacientes infectados, segundo um estudo conduzido por médicos ingleses da Universidade de Oxford.
A bactéria foi descoberta em 2000 nos Estados Unidos e, segundo médicos, ela tem forte resistência a antibióticos.
Como surge
"Superbactéria” é um termo que vale não só para um organismo, mas para bactérias que desenvolvem resistência a grande parte dos antibióticos. Enzimas passam a ser produzidas pelas bactérias devido a mutações genéticas ao longo do tempo, que tornam grupos de bactérias comuns como a Klebsiella e a Escherichia resistentes a muitos medicamentos.
Outro mecanismo para desenvolvimento de superbactérias é a transmissão por plasmídeos. Plasmídeos são fragmentos do DNA que podem ser passados de bactéria a bactéria, mesmo entre espécies diferentes. Uma Klebsiella pode passar a uma Pseudomonas, e esta pode passar a uma terceira. Se o gene estiver incorporado no plasmídeo, ele pode passar de uma bactéria a outra sem a necessidade de reprodução.
No território nacional, além da KPC, circulam outras bactérias multirresistentes, como a SPM-1 (São Paulo metalo-beta-lactamase).
Remédios
Entre os remédios ineficazes estão as carbapenemas, uma das principais opções no combate aos organismos unicelulares. Remédios como as polimixinas e tigeciclinas ainda são eficientes contra esses organismos, mas são usados somente em casos de emergência, como infecções hospitalares.fonte,G1,CE/camocim belo mar blog