sexta-feira, 27 de abril de 2012

SEGUNDO O IBGE, EXISTEM 4,2 MILHÕES DE PESSOAS SOLTEIRAS NO CEARÁ .A CIDADE COM MAIOR CONCENTRAÇÃO DE SOLTEIROS NO ESTADO É VIÇOSA DO CEARÁ.N



Se você está só e para onde olha só encontra casais, precisa redirecionar seu olhar. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 59,3% dos cearenses se declaram solteiros. São, praticamente, seis pessoas sozinhas para cada grupo de dez. Os dados se referem ao Censo 2010 divulgado nesta sexta-feira, 27. Para o levantamento, o IBGE une, pelo menos na planilha, homens e mulheres. Somados, os solitários cearenses chegam a 4,2 milhões de pessoas.

De modo proporcional, a concentração de solteiros no Ceará é maior do que no Brasil. Segundo o IBGE, enquanto aqui o grupo da "mesa para um" representa 59,3% da população, no Brasil a relação é menor: 55,34%. Em números, é muita gente sozinha nesse país: 89 milhões.

Se houvesse uma festa para comemorar um ranking nacional, o Ceará seria o 13ª estado brasileiro a receber o convite. Somente um exibível, claro. Se o Ceará fosse em um grupo de estados nordestinos, entraríamos depois do Maranhão, estado com maior percentual dessa população (66%) na Região.

Os estados com maior concentração de solteiros são Amapá (76%), Amazonas (71%), Pará (70%), Roraima (69%) e Acre (68%), todos da região Norte. A menor concentração é no Paraná, onde a população solteira corresponde a 47,9% do total.

Quer casar, vai para Viçosa

Se o Ceará já concentra uma grande população solteira, Viçosa do Ceará, 365,8 KM de Fortaleza, é a terra para quem procura pretendente. Lá, 76% da população se declaram solteira. São quase 34 mil pessoas sozinhas. Em Fortaleza, onde há 1,2 milhão de solteiros, a concentração é de 58%. A capital é a sexta cidade do Estado nessa relação.

Por ordem, ocupam as posições intermediárias Camocim (73%), Pacujá (72,5%), Sobral (72,09%) e Graça (70,9%).
O Povo
fonte Caderno: REGIONAL/camocim belo mar blog

MORADORES DE NOVA YORK SAÚDAM CHEGADA DA NAVE ENTERPRISE .



'Acho que é a coisa mais legal que já vi', disse uma professora.
Protótipo de ônibus espaciais será exposto em museu da cidade.

D
41 comentários
Enterprise pousou em Nova York pela manhã (Foto: Allison Joyce/Getty Images North America/AFP)Enterprise pousou em Nova York pela manhã (Foto: Allison Joyce/Getty Images North America/AFP)
A nave Enterprise, um protótipo de ônibus espacial que jamais viajou ao espaço, chegou nesta sexta-feira (27) a Nova York em um último voo espetacular, acoplado a um Boeing 747 modificado para este fim.
Depois de sobrevoar a Estátua da Liberdade e os arranha-céus de Manhattan, acompanhado ao vivo pelos canais de televisão, a nave aterrissou no aeroporto John F. Kennedy no fim da manhã, de onde será levado para seu destino final, o Museu Marítimo e Aeroespacial Intrepid.
"Acho que é a coisa mais legal que já vi. Estou sem palavras", afirmou Leuinda Field, 37 anos, uma professora que levou seu filho de 3 anos para participar deste momento histórico.O sobrevoo da nave foi saudado por aplausos e assobios ao longo do rio Hudson, onde centenas de turistas e nova-iorquinos se mostraram emocionados com a ocasião.
A nave e o Boeing deixaram Washington nesta sexta-feira, pela manhã.
Acoplada a um avião, Enterprise sobrevoa a Estátua da Liberdade (Foto: Michael Heiman/Getty Images North America/AFP)Acoplada a um avião, Enterprise sobrevoa a Estátua da Liberdade (Foto: Michael Heiman/Getty Images North America/AFP)
A nave, um protótipo, foi concluída em 1976 para ser usada para testes de voo atmosférico, mas não numa missão no espaço, ao contrário dos demais cinco ônibus da frota.
Na ocasião, foi lançada num grande evento que contou com a participação dos atores de "Jornada nas Estrelas" ("Star Trek"), uma vez que Enterprise é o mesmo nome da nave espacial usada nas missões do capitão Kirk e sr. Spock, os heróis do seriado criado por Gene Roddenberry na década de 1960.
Depois, a Enterprise virou uma atração turística. Até a semana passada, ficava exposta no Museu Aeroespacial do Instituto Smithsonian, em Washington.
Sob a atenção dos moradores de Nova York e Nova Jersey, Enterprise viajou para seu destino final (Foto: Reuters/Shannon Stapleton)Sob a atenção dos moradores de Nova York e Nova Jersey, Enterprise viajou para seu destino final (Foto: Reuters/Shannon Stapleton)
"Várias semanas após a chegada, o Enterprise será desacoplado do 747 e colocado em uma barcaça que será puxada por rebocadores pelo rio Hudson ao Museu Marítimo e Aeroespacial Intrepid", informou a Nasa em um comunicado.
As viagens finais dos outros ônibus espaciais também atraíram uma multidão de fãs.
O Discovery se tornou, no dia 19 de abril, o primeiro ônibus espacial da antiga frota da Nasa a entrar em um museu -- no mesmo lugar em que a Enterprise ficava --, com uma festa com honras militares que marcou o fim de um programa de três décadas de voos espaciais tripulados. O Discovery também realizou uma espetacular despedida sobrevoando a capital americana carregado por um Boeing 747, procedente da Flórida.
Às margens do rio Hudson, moradores de Nova York tentam registrar a passagem da Enterprise (Foto: Michael Nagle/Getty Images North America/AFP)Às margens do rio Hudson, moradores de Nova York tentam registrar a passagem da Enterprise (Foto: Michael Nagle/Getty Images North America/AFP)
Nos próximos meses será a vez do Endeavour e do Atlantis. O Endeavour será levado do Centro Espacial Kennedy para o Centro de Ciências da Califórnia, em Los Angeles.
O Atlantis, que ainda está na Flórida, será exibido no próprio Centro Kennedy.
Os outros dois ônibus espaciais da frota, o Challenger e o Columbia, foram destruídos em acidentes. O Challenger explodiu pouco depois do lançamento, em 1986, e o Columbia se desintegrou durante a reentrada na atmosfera, em 2003. Os dois desastres mataram todos os tripulantes a bordo.
Com o encerramento do programa dos ônibus espaciais, em julho de 2011, a Rússia ficou como único país capaz de enviar astronautas ao espaço.
Enterprise vista por entre os prédios de Nova York (Foto: Reuters/Eduardo Munoz)Enterprise vista por entre os prédios de Nova York (Foto: Reuters/Eduardo Munoz).fonte da AFP/camocim belo mar blog

A BAND LAMENTA MORTE DE DOIS REPÓRTERES , SENDO UM CINEGRAFISTA E PAULÃO REPÓRTER POLÍCIAL.



O Grupo Bandeirantes de Comunicação lamenta as mortes do repórter Enildo Paulo Pereira, o Paulão, e do cinegrafista Ezequiel Barbosa. Integrantes da equipe de reportagem da Band RS, os dois estavam em um veículo que foi atingido por um caminhão na manhã desta sexa-feira.
Confira abaixo a nota oficial:
O repórter Enildo Paulo Pereira, de 59 anos, e o cinegrafista Ezequiel Barbosa, de 27 anos, morreram na manhã de hoje, vitimas de um acidente rodoviário, em Farroupilha, na Serra Gaúcha. O carro de reportagem em que estavam foi atingido por um caminhão desgovernado na rodovia ERS-122.
A equipe da Band iria cobrir uma operação policial juntamente com outros carros de imprensa, que também se envolveram no acidente. Paulão, como era conhecido, era um dos mais respeitados repórteres policiais do Estado e tinha Ezequiel como parceiro constante.
Ambos passaram a integrar a equipe de jornalismo da Band em setembro do ano passado. A morte dos dois profissionais e as circunstâncias trágicas do acidente deixam a emissora consternada. A Band solidariza-se com as famílias e presta toda a assistência necessária.fonte bandRS/camocim belo mar blog

BOLETIM DIZ QUE HOUVE EVOLUÇÃO DO QUADRO CLÍNICO E NEUROLÓGICO DE PEDRO LEONARDO



Estado de saúde dele é considerado grave, porém estável.
Cantor passou por novo exame para avaliar fluxo sanguíneo no cérebro.

D
Médicos dizem que houve evolução no quadro do cantor Pedro Leonardo Dantas, de 24 anos, segundo boletim divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês às 11h44 desta sexta-feira (27).  "Nas últimas horas, houve evolução do quadro clínico e neurológico, com melhora no resultado dos exames", aponta o texto do boletim.
Ele continua internado na UTI, em estado grave, porém estável. O jovem, que sofreu um acidente de carro no dia 20, chegou ao hospital na tarde desta quinta (26), após uma viagem de avião que o trouxe de Goiânia. Ele respira com a ajuda de aparelhos e está em coma induzido.
Segundo os médicos, Pedro passou a noite sem intercorrências, ou seja, não houve alteração de seu quadro clínico, que é considerado grave, porém estável.
Funções renaisNesta manhã, o cantor foi submetido novamente a um exame conhecido como doppler - espécie de ultrassom que mede o fluxo sanguíneo na cabeça. O resultado, segundo informou a médica Ludhmila Hajjar à TV Globo, é regular.

O inchaço no cérebro de Pedro é difuso, o que indica que não houve um afundamento do crânio - o cérebro do cantor como um todo está inchado e é preciso que ele desinche para se fazer uma avaliação do grau de comprometimento do órgão.
Segundo a assessora de imprensa do cantor Leonardo, Ede Cury, Pedro passou bem a noite e deve permanecer sedado. "Falei com a doutora Ludhmila, ela disse que ele teve uma noite bem tranquila, com a pressão normal. Hoje é um dia que pretende-se manter a sedação por causa da agitação da viagem de ontem [quinta-feira]. Ele respondeu bem a todos os medicamentos”.
A assessora informou que a melhora apontada no boletim médico divulgado no final desta manhã refere-se à estabilidade da pressão arterial do cantor. "A pressão dele se manteve bem estável, e isso já é um bom sinal. Ele tomou diurético e conseguiu realizar as funções renais. O objetivo hoje é manter o Pedro tranquilo”.
Os familiares de Pedro devem visitá-lo nesta tarde - Leonardo só deverá ir ao hospital a partir das 19h. A esposa do Pedro, as primas, a mãe e a irmã estão hospedadas nas proximidade do Sírio-Libanês, na Bela Vista. Os demais familiares estão na casa de Leonardo, em São Paulo. Além dos familiares, apenas o cantor Marrone visitou Pedro desde esta quinta-feira.
Ainda de acordo com Ede, o médico Roberto Kalil filho deverá se reunir com Leonardo todas as vezes que for necessário fazer mudanças no tratamento ou a realizar novos exames. Esses encontros serão feitos à noite, durante a visita do cantor ao filho.
TransladoOs médicos disseram nesta quinta-feira ainda que o traslado entre Goiânia e São Paulo em avião com UTI não apresentou complicações. O voo durou cerca de uma hora e meia – tempo maior que o normal, já que o avião voou em baixa altitude para diminuir os efeitos sobre o paciente.

Evolução do quadro
No avião, ele foi acompanhado por uma equipe médica. Entre o aeroporto e o hospital, a ambulância que o transportou foi escoltada pela Polícia Militar e acompanhada pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Pedro foi internado no Hospital Sírio-Libanês pouco antes das 17h. No hospital, ele é cuidado pela equipe do médico Roberto Kalil Filho.

O acidente
Pedro Leonardo sofreu um acidente de carro na rodovia MGC-452 no dia 20 quando voltava de um show. O acidente próximo município de Tupaciguara (MG). Ele foi inicialmente levado ao Hospital Municipal de Itumbiara, onde passou por cirurgia para conter hemorragia abdominal, e foi transferido no mesmo dia para Goiânia.

A mãe de Pedro Leonardo, Maria Aparecida Dantas, também esteve no hospital acompanhado a remoção do filho. Muito apreensiva, ela disse que está tentando pensar que o filho está indo para um show: "Quero pensar que ele está indo fazer um dos seus shows, que está me pedindo a benção, como sempre faz antes de viajar. Estou muito confiante e  entreguei nas mãos de Deus".
O paciente, que ainda está em estado grave, segundo Wandervan Azevedo, respondeu positivamente aos tratamentos desde que deu entrada no IOG. Há dois dias, as drogas que o mantêm em coma induzido foram sendo gradativamente diminuídas. Somente para a remoção, segundo o médicos, as doses tiveram de ser novamente aumentadas.
Exames mostraram também a diminuição do edema cerebral e uma melhora no pulmão. Devido a uma insuficiência renal, Pedro ainda passou por duas sessões de hemodiálise, com duração de oito horas cada uma, e, segundo Wandervan, respondeu ao procedimento sem complicações. “Nós estamos muito otimistas quanto à recuperação de Pedro, afinal ele apresentou duas intercorrências muito graves e reagiu muito bem”, declarou.

MORTALIDADE INFANTIL CAI QUASE PELO A METADE EM DEZ ANOS,CONTATA IBGE.




Rio de Janeiro - Dados divulgados hoje (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a mortalidade infantil caiu quase pela metade entre 2000 e 2010.
Os resultados gerais da Amostra do Censo 2010 constatam que o número de óbitos de crianças menores de 1 ano passou de 29,7 para 15,6 em cada mil nascidas vivas, uma queda de 47,6%.
Entre as regiões do país, o Nordeste registra a queda mais expressiva da mortalidade infantil. No período, o índice passou de 44,7 para 18,5 óbitos para cada mil crianças. Porém, ainda é o nível mais alto no país. O menor índice é o do Sul, de 12,6 mortes.
De acordo com a pesquisa, os principais fatores responsáveis pela queda do indicador são as políticas de medicina preventiva, curativa, saneamento básico, programas de saúde materna e infantil, além da valorização do salário mínimo e dos programas de transferência de renda.
O IBGE também destaca que a queda da mortalidade infantil está ligada ao aumento da escolaridade materna e à diminuição do número de filhos por mulher, observada desde a década de 1960. Entre 2000 e 2010, a taxa de fecundidade registrou queda e passou de 2,38 crianças por mãe para 1,9. A menor taxa é a do Sudeste (1,7 filho por mulher) e a maior, no Norte, 2,47.
Segundo o órgão, dessa forma, a taxa de fecundidade no Brasil está abaixo do chamado nível de reposição (2,1 filhos por mulher), que garante substituição das gerações na população.


Edição: Lílian Beraldo/agencia de noticias/camocim belo mar blog

NO DIA 01 DE MAIO, SOLENIDADE CÍVICA E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA HOMENAGEAR OS TRABALHADORES DE CAMOCIM-CE.



 A Administração Camocim é do Povo irá comemorar o Dia do Trabalhador juntamente com a população camocinense, e para isso, realizará algumas atividades no dia 1º de maio, na Praça Pinto Martins, iniciando com uma solenidade cívica às 08h e logo após haverá prestação de serviços para a comunidade, oferecidos gratuitamente pela SEMDESC - Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania e SMS - Secretaria Municipal de Saúde.
A população irá se beneficiar com cortes de cabelos, fotografias 3x4, delineamento de sobrancelhas, aferição da pressão arterial, doses de imunizações,  e será servido um sopão para o público presente.

fonte Carlos Jardel/camocim belo mar blog

DOMÉSTICAS SÃO MAIS DE 7 MILHÕES NO PAÍS AINDA BUSCAM AMPLIAR GARANTIAS TRABALHISTAS.



Brasília – Uma em cada cinco brasileiras (19,7%) que fazem parte do população economicamente ativa é trabalhadora doméstica. Os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2009, mostram o peso da categoria, que soma 7,2 milhões de trabalhadores, mas segue marginalizada e sem a garantia de alguns direitos trabalhistas.
“No mundo todo, são 53 milhões de trabalhadores domésticos. Mas esse número é subestimado porque, na maioria dos casos, é um trabalho que se exerce de maneira invisível, informal e fora das garantias da legislação trabalhista”, aponta Laís Abramo, diretora da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil.
Integrantes de entidades que representam essas profissionais se reuniram em Brasília para analisar a situação da categoria, em comemoração ao Dia Nacional da Trabalhadora Doméstica, celebrado hoje (27). Um dos temas discutidos foi a Convenção Internacional sobre o Trabalho Decente para Trabalhadores Domésticos, aprovado em junho de 2011 pela OIT. O documento, que precisa agora ser ratificado pelos países-membros, prevê a aprovação de leis que garantam mais direitos à categoria. Até o momento, apenas o Parlamento do Uruguai confirmou a adesão.
“O Brasil já tem uma legislação relativamente avançada em comparação a outros países. Mas existem direitos que os outros trabalhadores têm que as domésticas não têm, entre eles uma jornada claramente delimitada. A convenção reforça a questão da valorização do trabalho doméstico e de que elas são membros da classe trabalhadora como qualquer outro”, explica Laís.
A ministra Eleonora Menicucci, chefe da Secretaria de Políticas para as Mulheres, disse que é um compromisso da presidenta Dilma Rousseff ratificar a convenção, mas antes é preciso aprovar leis que ampliem alguns direitos da categoria. “Eu não trabalho com a possibilidade de o Brasil não assinar a convenção”, disse. O governo federal criou um comitê para discutir as estratégias para enviar e aprovar o acordo no Congresso Nacional.
Um dos principais problemas que os trabalhadores domésticos enfrentam no país é a informalidade. Dados apresentados pela OIT indicam que menos de 30% das domésticas têm carteira assinada e, segundo Laís, boa parte ainda recebe menos do que o salário mínimo.
Aureana Damascena, de 33 anos, faz parte do sindicato da categoria no Piauí e conta que é muito comum atender a profissionais que ganham R$ 300 por mês – menos da metade do mínimo atual. Ela acredita que as trabalhadoras aceitam a baixa remuneração porque desconhecem seus direitos e têm vergonha da profissão.
“Acho que a discriminação ocorre entre as próprias domésticas, muitas têm vergonha de dizer que são. Eu nunca tive esse problema porque é uma profissão igual a outra”, opinou. Como muitas profissionais, Aureana saiu ainda criança da casa dos pais para morar com parentes para estudar, mas acabou assumindo as tarefas doméstica do novo lar em troca de comida e moradia.
“Fiquei na casa de uma tia até os 12 anos, depois saí para cuidar de criança e também não ganhava nada, era só em troca de roupas e estudo. Só com 16 anos é que comecei a trabalhar de verdade. Hoje sou doméstica profissional, com carteira assinada”, diz.
A presidenta da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad), Creuza Oliveira, avalia que o fato de haver sindicatos da categoria em todo o país já mostra avanços importantes conquistados.
“Temos motivo para comemorar, mas precisamos continuar lutando. A mensagem que eu deixo para cada trabalhadora é que a gente não pode desistir jamais dos nossos sonhos. As trabalhadores domésticas são mulheres, são cidadãs e precisam buscar a cada dia o direito de se empoderar ainda mais”, defende.
Edição: Graça Adjuto/camocim belo mar blog

RONALDO DIZ QUE BUSCA MELHOR ORGANIZAÇÃO DE TODOS OS TEMPOS' EM 2014.



Ronaldo Nazário
Lineker e Ronaldo conversaram em Wembley, onde será jogada a final do futebol olímpico
O ex-jogador de futebol e conselheiro do Comitê Organizador Local (COL), Ronaldo Nazário, disse à BBC que trabalha muito para que Copa de 2014 tenha "a melhor organização de todos os tempos".
Ronaldo esteve em Londres esta semana para participar do sorteio dos grupos de futebol dos Jogos Olímpicos de Londres. Durante sua passagem, ele deu entrevista ao ex-jogador Gary Lineker, artilheiro da Copa do Mundo de 1986, e hoje apresentador da BBC.
"Estou no comitê local e trabalhando muito para que seja a melhor organização de todos os tempos", disse Ronaldo. "Tentaremos mostrar ao mundo que não só jogamos bem futebol, mas que também sabemos organizar um Mundial."

Neymar e as Olimpíadas

A entrevista foi concedida no estádio de Wembley, onde será disputada, no dia 11 de agosto, a final masculina de futebol das Olimpíadas. Ronaldo disse que apesar de nunca ter conquistado a medalha de ouro nas Olimpíadas, os Jogos tiveram papel importante na sua carreira.
"Eu estive na Copa de 1994 e não pude jogar nem um minuto, e estive nas Olimpíadas de 1996, e para mim isso foi um experiência fantástica. Me ajudou muito", disse, em referência aos Jogos de Atlanta.
"Tenho boas recordações. Foi ali que comecei a jogar bem, ter destaque internacional. Antes disso eu jogava no PSV, e depois disso eu fui para o Barcelona, e foi uma grande experiência. Infelizmente nas semi-finais perdemos por muitos erros, mas foi uma experiência inesquecível."
O Brasil terminou o torneio com a medalha de bronze, após ter sido eliminado pela Nigéria, por 4 a 3.
"Ganhávamos a semifinal contra a Nigéria por 3 a 1 e faltando dez minutos tivemos um apagão, todos cochilaram, e perdemos por 4 a 3", lembra o ex-atacante.
Ronaldo elogiou a equipe atual – destacando os santistas Neymar e Ganso – e disse que existe "bastante esperança" de que o Brasil ganhe as Olimpíadas.
"Sou mais torcedor do Real Madrid. Estive só um ano no Barcelona e sai de lá com uma decepção muito grande."
Sobre 'El Clasico'
O ex-atacante, que já recebeu em três ocasiões o prêmio de melhor jogador do ano da Fifa, disse que Neymar pode vir a se tornar o melhor do mundo, mas que ele precisaria atuar na Europa para que isso aconteça.
"Pode ser [que ele seja o melhor do mundo] no futuro, mas agora neste momento não. Faz pouco que expressei minha opinião de que Neymar, para ser um grande jogador e entrar na história, tem que jogar na Europa. Tem que jogar a Liga dos Campeões. O destaque internacional é muito importante. Se ele jogar na Europa o que está jogando no Brasil, estará entre os três melhores", disse.
O melhor do mundo, na sua opinião, é Lionel Messi, do Barcelona.
"Ele marca muitos gols, para um jogador ofensivo que não é o primeiro atacante, e sim um meio campista ofensivo. Me impressiona como ele conduz a bola tão perto dos pés, de forma que nunca perde a bola e não dá possibilidade aos defensores de desarmá-lo."

Barcelona x Real Madrid

Ronaldo, que atuou no Barcelona e no Real Madrid ao longo de sua carreira, revelou que torce pelo time madrilenho e que mantém uma certa mágoa com o Barcelona.
"Sou mais torcedor do Real Madrid. Estive só um ano no Barcelona e saí de lá com uma decepção muito grande, quando eu já era o melhor jogador do mundo e me venderam, simplesmente", disse.
"Houve um acordo e passados dois dias cancelaram esse acordo. A Inter de Milão me comprou e o Barcelona não fez força para que eu ficasse no time. Mas não é só por isso que torço para o Real Madrid. Eu gosto mais do Real. Estive cinco anos em Madri, uma cidade que me encanta, e tenho muito mais história em Madri."
"Esta foi uma experiência que nunca tive no Brasil, na Itália e na Espanha. É muito raro, mas é uma honra, um orgulho."
Sobre ser aplaudido pela torcida local ao marcar três gols contra o Manchester United
Ao ser perguntado sobre suas memórias de jogar na Inglaterra, ele relatou uma experiência "incrível" que teve em 2003, nas quartas-de-final da Liga dos Campeões. Ronaldo marcou três gols na derrota do Real Madrid por 4 a 3 para o Manchester United. Apesar da derrota, o clube eliminou o Manchester United, e o ex-atacante saiu aplaudido de campo.
"Talvez as pessoas mais fanáticas por futebol do mundo estejam aqui [na Inglaterra]. São muito parecidos com os brasileiros. E uma coisa é melhor. Tive uma experiência fantástica contra o Manchester United no Old Trafford", lembra o brasileiro.
"Marquei três gols e todo o estádio me aplaudiu quando fui substituído. Isso me deixou uma impressão de que o povo inglês sabe também admirar, respeitar e reconhecer um jogador que se destacou em campo. Esta foi uma experiência que nunca tive no Brasil, na Itália e na Espanha. É muito raro, mas é uma honra, um orgulho."
A íntegra da entrevista ao programa World Football Focus vai ao ar nesta sexta-feira às 17h30 no horário de Brasília na BBC World News TV, que passa na TV a cabo no Brasil.fonte BBC Brasil/camocim belo mar blog

'AGORA É O MOMENTO DA FÉ DIZ LEONARDO ANTES DE VISITAR O FILHO PEDRO LEONARDO.



Filho de Leonardo sofreu acidente na sexta (20) após show em Minas.
Ele esteve em hospital de GO e foi transferido em avião com UTI para SP.

M
71 comentários
Cantor chega para visitar filho em hospital de São Paulo (Foto: Marcelo Mora/G1)Cantor chega para visitar filho em hospital de São Paulo (Foto: Marcelo Mora/G1)
O cantor Leonardo chegou por volta das 21h30 desta quinta-feira (26) ao Hospital Sírio-Libanês  para visitar o filho Pedro Leonardo Dantas, de 24 anos. "Agora é o momento da fé", disse. Pedro foi transferido nesta tarde. Ele está em coma induzido após ter sofrido um acidente de carro.
Boletim médico divulgado no começo da noite informou que Pedro  foi internado por volta das 17h com "quadro estável".  Os médicos dizem ainda que o traslado entre Goiânia e São Paulo em avião com UTI não apresentou complicações.Um novo comunicado deve ser divulgado na sexta-feira (27).

Leonardo afirmou que acompanhou a transferência do filho pela televisão. "É uma etapa delicada demais e ficou muito apreensivo. São três horas e requer toda uma logística", afirmou. "Agora é o momento da fé, é mais uma etapa. Esse acontecimento está indo em etapas. Primeiro foram os paramédicos em Tupaciguara, depois o médico em Itumbiara, depois a UTI para Goiânia e agora para São Paulo. Tem que ter fé. Pela ciência, ele está muito bem amparado", disse Leonardo.
Recordações de LeandroO cantor deixou claro que ficou satisfeito com o trabalho dos médicos de Goiânia. "Gostaria de deixar bem frisado que a equipe de Goiânia foi muito competente", afirmou. Questionado pelo repórteres se pretende falar como filho nas próximas horas, respondeu: "não sei ainda os exames que foram feitos e vou ver com os médicos se a gente pode falar, conversar", afirmou.

Leonardo acha que Pedro está reagindo bem. "A última vez que entrei na UTI em Goiânia, olhei para ele e falei para os médicos: 'ih esse cara é outro hoje doutor'". Segundo ele, o médico concordou. "Realmente você está certo ele deu uma melhorada boa." Segundo Leonardo, quando Pedro segurou o braço do primo e chorou, os médicos ligaram e disseram 'vem para cá porque se falar de novo com ele, ele vai responder. A gente sente que ele esta lutando muito."
Leonardo afirmou que o acidente com seu filho o faz lembrar do drama vivido por seu irmão, Leandro, há 14 anos. "A fita está todinha novamente na minha cabeça. o que passei 14 anos atrás. Coincidentemente, uma coincidência ruim neste caso, o meu filho capotou o carro no mesmo dia que o Leandro recebeu a notícia que estava com câncer. Onde ele está com certeza tem mais força que a gente para ajudar o Pedro a sair dessa.”
A viagem até a capital paulista começou às 12h35, quando ele deixou o Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG). Ele foi embarcado em um avião com UTI e fez um voo de cerca de 1h30. Pouco antes das 17h, após trajeto de ambulância, ele chegou ao Sírio-Libanês.Internação
Pedro foi internado no Hospital Sírio-Libanês pouco antes das 17h. Segundo a assessoria do Sírio, a médica Ludhmila Hajjar, coordenadora da UTI cardiológica, acompanhou Pedro na ambulância. No hospital, ele será cuidado pela equipe do médico Roberto Kalil Filho.
O deslocamento da ambulância pelas ruas de São Paulo foi apoiado pela escolta de equipes da Polícia Militar e da CET, que chegaram a interditar um sentido do Corredor Norte-Sul na saída do aeroporto. Um carro da polícia militar seguiu à frente do veículo com o paciente durante todo o trajeto. No horário, por causa da chuva em algumas regiões, a cidade estava em estado de atenção para alagamentos.

Todo o traslado foi cercado de cuidados para evitar complicações para o paciente. O avião  pousou no aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, às 15h26 . Cerca de 40 minutos depois da aterrissagem, a equipe médica concluiu a retirada da maca da aeronave e o cantor foi levado em uma ambulância para o Sírio-Libanês.

O acidente
Pedro Leonardo sofreu um acidente de carro na rodovia MGC-452 na sexta-feira (20) quando voltava de um show. O acidente próximo município de Tupaciguara (MG). Ele foi inicialmente levado ao Hospital Municipal de Itumbiara, onde passou por cirurgia para conter hemorragia abdominal, e foi transferido na sexta-feira para Goiânia.

A mãe de Pedro Leonardo, Maria Aparecida Dantas, também esteve no hospital acompanhado a remoção do filho. Muito apreensiva, ela disse que está tentando pensar que o filho está indo para um show: "Quero pensar que ele está indo fazer um dos seus shows, que está me pedindo a benção, como sempre faz antes de viajar. Estou muito confiante e  entreguei nas mãos de Deus".
Evolução do quadro
O paciente, que ainda está em estado grave, segundo Wandervan Azevedo, respondeu positivamente aos tratamentos desde que deu entrada no IOG. Há dois dias, as drogas que o mantêm em coma induzido foram sendo gradativamente diminuídas. Somente para a remoção, segundo o médicos, as doses tiveram de ser novamente aumentadas.
Exames mostraram também a diminuição do edema cerebral e uma melhora no pulmão. Devido a uma insuficiência renal, Pedro ainda passou por duas sessões de hemodiálise, com duração de oito horas cada uma, e, segundo Wandervan, respondeu ao procedimento sem complicações. “Nós estamos muito otimistas quanto à recuperação de Pedro, afinal ele apresentou duas intercorrências muito graves e reagiu muito bem”, declarou.fonte G1 SP/camocim belo mar blog