sexta-feira, 2 de novembro de 2012

CEARÁ É O 2º- ESTADO EM DOADORES DE ÓRGÃOS DO PAÍS.

CE é o 2º em doadores

Com 140 doadores efetivos de órgãos e tecidos para transplantes, o Ceará confirmou a posição de segundo estado com maior número de doadores efetivos do país


 
O Ceará está atrás somente de Santa Catarina, quando se compara o total de doadores de órgãos. Com 140 doadores efetivos de órgãos e tecidos para transplantes até setembro, o Ceará confirmou a posição de segundo estado com maior número proporcional de doadores efetivos do país, já assumida no primeiro semestre de 2012.
Por milhão da população (pmp), o Ceará teve 22,1 doadores efetivos, atrás apenas de Santa Catarina, com 25,6 doadores efetivos por milhão da população, 120 doadores em número absoluto. Depois do Ceará aparecem o Distrito Federal, com 20,8 doadores efetivos pmp, São Paulo (19,1) e Rio Grande do Sul (17). Os números são do Registro Brasileiro de Transplantes (RBT), divulgado esta semana pela Associação Brasileira de Transplante de Órgãos e Tecidos (ABTO).
O Ceará fez nos três primeiros trimestres do ano 315 notificações de doadores potenciais, efetivando 140. Para a efetivação de doadores, foram realizadas 222 entrevistas familiares e 76 famílias recusaram a doação, percentual de 34%, maior causa da não efetivação de doadores. O Ceará é o terceiro estado com menos recusas de doação de órgãos e tecidos entre as famílias entrevistadas, atrás de Minas Gerais (30%) e Rondônia (33%). Em todo o Brasil, até setembro, foram realizadas 2.617 entrevistas e 1.707 famílias recusaram a doação, representando 65% de respostas negativas.
Campeão em fígado
No terceiro trimestre do ano, o Ceará confirmou a condição de maior transplantador de fígado do país por milhão da população. Até setembro, haviam sido realizados 128 transplantes do órgão no Estado, 20,2 transplantes pmp, à frente de Santa Catarina (18,1) e Pernambuco (15,9). Foi mantida, também, a segunda colocação em transplantes de coração, com 3,6 transplantes pmp, atrás do Distrito Federal (6,7). Houve avanço de quinta para quarta colocação em transplantes de pâncreas (1,4 pmp) e de sétima para sexta colocação em transplantes de rim (32,8 pmp).
Este ano, até o mês de outubro, o Ceará já superou os números do ano passado em transplantes de coração e medula óssea. Foram realizados 1.019 transplantes realizados, sendo 231 de rim, 8 de rim/pâncreas, 27 de coração, 141 de fígado, 3 de pulmão, 20 de medula óssea, 14 de valva cardíaca, 561 de córnea 1 de pâncreas isolado, 2 de pâncreas pós-rim e 11 de esclera.
Já são mais transplantes que os realizados anualmente até 2010. Desde 2007, o Ceará bate recordes sucessivos de transplantes. Naquele ano, foram realizadas 654 cirurgias, contra as 446 do ano anterior. Em 2008, novo recorde, com 742 transplantes realizados. Em 2009, foram 760 transplantes, e em 2010, o total ficou em 872. Em 2011, a marca dos mil procedimentos foi ultrapassada com a realização de 1.297 transplantes.fonte:jangadeiro online/camocim belo mar blog

CBF DIVULGA TABELA DO CAMPEONATO DO NORDESTE 2013.

 

Ceará estreia contra o Bahia no Nordestão 2013
Ceará estreia contra o Bahia no Nordestão 2013
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quinta-feira a tabela do Campeonato do Nordeste 2013, que terá a participação de 16 clubes, representando sete estados. Ceará e Fortaleza são os representantes do estado do Ceará. A competição começa no dia 20 de janeiro, com todos os jogos sendo realizados às 17h.
Confira a tabela completa clicando aqui
Como já havia sido divulgado na última quarta-feira (31), o Ceará estreia contra o Bahia, em partida que vai marcar a inauguração em jogos oficiais da nova Arena Castelão. O Fortaleza estreia contra o Confiança (Sergipe), fora de casa, no estádio Lourival Baptista.
As equipes participantes são: Bahia, Vitória e Feirense (Bahia); Itabaiana e Confiança (Sergipe); CRB e ASA (Alagoas); Sport, Santa Cruz e Salgueiro (Pernambuco); Sousa e Campinense (Paraíba); América e ABC (Rio Grande do Norte); e Ceará e Fortaleza (Ceará).
Na primeira fase, serão quatro grupos com quatro times. Para a etapa seguinte, classificam-se duas equipes de cada grupo. A terceira fase é mata-mata, com jogos de ida e volta. As finais da competição serão nos dias 10 e 17 de março.fonte:jangadeiro online/camocim belo mar blog

DEVOTOS DÃO ADEUS À ROMARIA DA ESPERANÇA.

O evento conta com a tradicional visitação dos devotos ao túmulo de Padre Cícero, o fundador de Juazeiro
Crato. Acontece hoje, em Juazeiro do Norte, o encerramento da Romaria da Esperança. A expectativa é que o dia seja destinado à visitação dos túmulos do Padre Cícero, que fica na Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, e de outros religiosos que são representativos para a história da Igreja Católica, como os da beata Mocinha e o beato José Lourenço. A programação inicia-se logo cedo. Às 5 horas da manhã, acontece o canto do ofício de Nossa Senhora das Dores, na Basílica Menor. Também está previsto o canto do ofício das Almas, uma das tradições mais emocionantes.
Cavaleiros saíram de Alagoas para pagar promessa no Dia de Finados FOTO: YACANÃ NEPOMUCENA

Após cinco longos dias de peregrinação, romeiros de vários Estados do Nordeste, principalmente, de Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Sergipe estarão reunidos para receber a bênção final, que acontecerá ao meio-dia, na Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores. Na ocasião, os líderes católicos irão abençoar também os motoristas e veículos que trouxeram os fiéis e benzê-los para a viagem de retorno aos seus locais de origem. Na Igreja do Socorro, as celebrações comunitárias estão marcadas para as 7 e 10 da manhã e 15 e 16 horas.

Desde o último dia 28, as igrejas estão realizando uma programação especial para a acolhida aos romeiros, que já participaram de diversas caminhadas, missas, encontros com representantes das pastorais e até de apresentações teatrais e shows de artistas regionais. A Romaria de Finados, que acontece, anualmente, desde a morte do Padre Cícero Romão Batista, é o maior evento religioso da cidade. Estima-se que mais de meio milhão de pessoas visitam o local durante este período.

Cavaleiros
Este ano, um grupo de 17 romeiros que vieram em seus cavalos do Estado de Alagoas teve destaque no evento. Para pagar uma promessa, eles tiveram que enfrentar 500 quilômetros de distância, percorridos em dez dias. Nas paradas, a alimentação e modo de dormir foram comprometidos pelo desgaste físico.

Os cavaleiros inspiraram-se nos tropeiros, condutores de tropas do século XVII e há três anos batizaram-se "tropeiros da estrada", onde o mais novo componente tem 28 anos e o mais experiente tem 72. Ainda no ano de 2010, o idealizador da peregrinação, Eduardo Fontes, saiu de Santana do Ipanema acompanhado de oito amigos.

Na cidade, a ação chamou a atenção da população e tomou proporções maiores. Segundo ele, o sentimento do grupo é de alegria e de dever cumprido. "A gente pensou em vir à cavalo por ser uma forma diferenciada das dos outros romeiros. Mesmo diante dos perigos da estrada e das dores no corpo, a nossa ideia é continuar crescendo nos anos seguintes", revela. O grupo foi recebido, na Igreja Matriz, no início da noite de ontem, pelo padre José Venturelli, administrador do Horto.

Melhora
A Romaria da Esperança é caracterizada por remontar a vida do Padre Cícero, maior líder religioso do Nordeste. Para os romeiros, nos últimos anos, a acolhida dos peregrinos tem obtido melhoras. Eles, geralmente, chegam aos grupos de cerca de 60 pessoas, permanecem em ranchos e pousadas lotados e dizem gostar dos momentos coletivos. Entre crianças e adultos, cada local de hospedagem recebe até 200 peregrinos. Alguns hábitos cotidianos como o de tomar banho e dormir ficam comprometidos, devido à grande concentração de gente no mesmo ambiente. Para alimentarem-se os romeiros trazem mantimentos. O feijão, arroz e a farinha ajudam a dar força para percorrer os templos tidos como sagrados. Na bagagem de retorno para casa, eles levam diversos objetos relacionados à devoção ao "Padim", como livros, fitas, CDs e DVDs, chaveiros, terços, redes, lençóis, utensílios em alumínio e a tradicional rapadura empalhada.

Crítica
Apesar de admirarem o povo que reside no município e o considerarem como terra sagrada, a falta de infraestrutura da cidade ainda é uma das críticas frequentes feitas pelos visitantes.

Eles apontam a ausência de segurança, terminais de informações, banheiros químicos e trânsito como sendo os principais problemas. De acordo com a romeira, Eneida de Souza Santos, que veio de Sergipe, os avanços econômicos ainda não permitiram o desenvolvimento de ações pudessem proporcionar uma melhor utilização dos espaços públicos. Para ela, é necessário haver investimentos em organização das vias que dão acesso aos pontos turísticos. "A gente que anda a pé precisa dividir os espaços com camelôs e com os carros e motos. Isso é muito perigoso, principalmente, para os romeiros mais velhos que não prestam tanta atenção", revela.

Mais informações:
Centro dos Romeiros de Juazeiro
Endereço: Rua Dom Pedro II, 1246 - Centro
Juazeiro Do Norte, Ceará
Telefone: (88) 3511.1844


Cemitérios ficam lotados de visitantes
Mais de 30 mil visitantes são esperados nos dois maiores cemitérios do Sertão Central, o de Quixadá e o de Quixeramobim. As prefeituras das duas cidades realizaram manutenção dos locais para segurança das famílias FOTO: ALEX PIMENTEL
Quixadá A romaria aos parques fúnebres das duas maiores cidades do Centro do Estado, Quixadá e Quixeramobim, começou na véspera do Dia de Finados. No fim da tarde do primeiro dia de novembro, o movimento já se acentuava. Conforme os administradores dos dois cemitérios públicos, os quais, por coincidência, recebem o nome de Nossa Senhora do Carmo, hoje, são esperados mais de 30 mil visitantes. Os portões estarão abertos até a noite, sem limite de horário para fechamento. No Parque Nova Jerusalém, o único particular da região, cerca de 10 mil são esperados. O dia dedicado aos mortos é o segundo maior de peregrinação religiosa na região. Só perde para a Semana Santa, conforme garantem os gestores públicos.

De acordo com o diretor-geral do Departamento Municipal de Administração de Bens e Serviços Públicos (Dmasp) de Quixadá, Nilson dos Santos, providências foram adotadas para assegurar todas as facilidades para as famílias visitarem seus entes sepultados no cemitério municipal. Além da limpeza e pintura, serviços realizados em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Seduma), a iluminação foi revisada. Este ano, até banheiros foram instalados.

Na zona rural, também foram adotados cuidados especiais. Além da limpeza nos sete cemitérios existentes nos distritos, funcionários da Demasp estarão à disposição do público durante todo o dia. Apenas em dois deles, o da Juatama e o do Cipó dos Anjos, não será possível a visitação noturna. Nesses dois locais não existe rede de iluminação. "Como muitas famílias costumam chegar na véspera, terão todo o dia para homenagear seus mortos", acrescentou.

Em Quixeramobim, a situação é praticamente a mesma, segundo explica o secretário municipal de Infraestrutura, Luís Edson Nógimo. Os 11 cemitérios públicos existentes nas comunidades rurais estão prontos para as visitas. Na sede do município, o mais antigo parque santo da região abre seus portões antes das 6 horas, quando será celebrada missa na capela.

Alguns servidores estarão à disposição das famílias, caso alguém tenha dificuldade em encontrar o túmulo do familiar. A meta é deixar todos satisfeitos, mesmo numa data marcada pela saudade.

Quem também vai ficar satisfeito são os ambulantes. Terão lucro extra com a venda de velas e de flores nas portas dos cemitérios. A aposentada Maria Silva dos Santos é um deles. Ontem mesmo ela havia visitado o túmulo da mãe, falecida há seis anos. Tem sido assim nos últimos três anos, para não perder a freguesia durante o dia de finados.

Segundo ela, resolveu se dedicar ao negócio temporário, quando se esqueceu de levar de casa as oferendas para sua genitora. "Fui obrigada a comprar na entrada do cemitério e, nessas horas, os clientes não se importam de pagar um pouquinho a mais", justificou.

Segundo a vendedora, o jarrinho com flores de plástico custa em média entre R$ 8,00 e R$ 10,00. Os buquês, com o mesmo tipo de matéria-prima, custam um pouco mais, em torno de R$ 15,00. "Quanto às velas, o pacote, com oito, está sendo vendido a R$ 3,00, mas o cliente ganha a caixa de fósforos", ressalta.

Ela também aponta o dia como ideal para a venda de imagens de porcelana. Os de menor tamanho, 8 X 10cm, custam R$ 150. Os maiores, de 25 X 30cm, custam R$ 500, mas a demora para a entrega é de 60 dias.

Conforme o administrador do Parque Nova Jerusalém, Francisco José Lemos, mais conhecido como "Chico Tinho", sua equipe já cuidou de todos os detalhes. Os jazigos existentes nas sete quadras, todas com gramado, receberam tratamento especial. Mesmo assim, quem preferir, poderá comprar flores e coroas. As funerárias estarão de plantão. "Também estão programadas celebrações eucarísticas na capela do Parque, às 6h30 e às 18 horas", acrescentou.

Mais informações:
Dmasp de Quixadá, (88) 9700.3873
Secretaria de Infraestrutura de Quixeramobim, (88) 8802.5388
Parque Nova Jerusalém
(88) 9956.4808
fonte:g1 ce/camocim belo mar blog

ENEM 2012 VAI CUSTAR R$ 266 MILHÕES AO GOVERNO.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012, que será aplicado no sábado (3) e domingo (4) para mais de 5,7 milhões de estudantes, vai custar R$ 266,3 milhões ao governo. O custo por aluno nesta edição será R$ 46, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).
Em 2011, o custo chegou a R$ 45 por aluno, e o valor total investido para a prova foi de R$ 238,5 milhões.
Custos
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse nesta sexta-feira (2) que o aumento do investimento se deve a melhorias na prova, desde o reforço da segurança para evitar fraudes a mudanças na correção, que este ano vai permitir aos estudantes acesso às redações corrigidas.
“É um custo muito pequeno para a oportunidade que estamos dando aos brasileiros de chegar à universidade pública. A igualdade de oportunidades é muito importante”, avaliou o ministro.
De acordo com o presidente do Inep, Luiz Cláudio Costa, o custo por aluno do Enem ainda é menor que o de vestibulares individuais.
O exame será aplicado em 15.076 locais de prova distribuídos em 1.615 municípios em todas as regiões.
Segurança maior
Segundo Mercadante, para a edição desse ano, o governo triplicou a atenção com a segurança do exame. Mais de 560 mil pessoas estarão mobilizadas durante o fim de semana para a realização das provas, entre elas, 19 mil policiais. Para reforçar o esquema de segurança, o Ministério da Educação vai usar lacres eletrônicos para o fechamento de 10 mil malotes de provas, cerca de 25% do total.fonte:diario do nordeste/camocim belo mar blog

PADRE MACELO ROSSI INAUGURA TEMPLO EM SANTO AMARO SP.

 

O santuário possui capacidade para receber até 20 mil pessoas, mas será expandido para receber até 100 mil fiéis
O padre Marcelo Rossi inaugurou templo nesta sexta-feira / Vanessa Carvalho/Brazil Photo Press/Folhapress O padre Marcelo Rossi inaugurou templo nesta sexta-feira .

O padre Marcelo Rossi inaugurou, nesta sexta-feira, o santuário Theotokos - Mãe de Deus. O templo está localizado na avenida Interlagos, em Santo Amaro, zona sul de São Paulo.

Fiéis começaram a chegar ao local por volta das 5h. A missa, entretanto, começou apenas às 11h. A celebração contou com a presença dos cantores Alexandre Pires e Agnaldo Rayol.

O santuário possui capacidade para receber até 20 mil pessoas, mas será expandido para receber até 100 mil fiéis. O projeto promete 500 banheiros e um estacionamento para 2 mil veículos, além deum altar com cinco metros de altura e 20 de extensão. fonte:band noticias/camocim belo mar blog

BRASILEIRO MORRE VÍTIMA DA PASSAGEM DE SANDY PELA COSTA LESTE DOS EUA.

 

Tiago Ferreira Neto, 54, morreu quando seu carro bateu em árvore caída.
Acidente ocorreu na segunda (29), em Greenburgh, estado de Nova York.

 
Tiago Ferreira Neto, de 54 anos, morreu após bater carro em árvore derrubada pela supertempestade Sandy (Foto: Arquivo Pessoal)Tiago Ferreira Neto, de 54 anos, morreu após
bater carro em árvore derrubada pela
supertempestade Sandy (Foto: Arquivo Pessoal)
O brasileiro Tiago Ferreira Neto, de 54 anos, foi um dos mortos pela passagem da supertempestade Sandy pela Costa Leste dos EUA.
Morador da cidade de Yonkers, em Nova York, ele morreu quando seu carro atingiu uma árvore que havia sido derrubada pelos fortes ventos na cidade próxima de Greenburgh. O acidente aconteceu por volta das 19h45 de segunda-feira (29), quando Ferreira Neto voltava para casa depois do trabalho.
A polícia afirma que ele dirigia um Toyota 1988 quando ocorreu o acidente. Ele morreu na hora, segundo a família.
O filho de Ferreira Neto, Lincoln Rosa Ferreira Neto, disse ao G1 que o pai foi trabalhar normalmente na segunda, apesar dos avisos sobre a chegada da supertempestade. Ambos trabalhavam como entregador de pizza na cidade de Armonk.
Ele saiu do trabalho às 19h e voltava dirigindo para casa. Em uma das estradas que usava como caminho, uma árvore havia sido derrubada pelos fortes ventos. Seu carro, que seguia pela faixa da esquerda, com maior velocidade, atingiu a árvore antes que pudesse desviar.
“A árvore já estava caída, não teve como ele ver, era logo depois de uma curva. O carro entrou debaixo da arvore, não tinha como ele desviar”, afirmou Lincoln.
Mapa da região de Greenburgh, onde ocorreu o acidente (Foto: Arte/G1)
Ele teve o pescoço quebrado e morreu na hora, segundo o filho. Quando os paramédicos chegaram, Ferreira Neto já estava morto, dentro do carro, com o cinto de segurança.
ContatoLincoln havia falado com seu pai pela última vez por volta das 14h30 de segunda. “Ele disse que estava trabalhando, que a princípio ele não iria, mas depois os patrões mandaram ele ir trabalhar. Ele falou que estava muito movimentado, com várias entregas”, contou o filho, que disse não ter ficado preocupado. “Ano passado teve o [furacão] Irene, que não foi muita coisa, mas neste ano o estrago foi muito grande. Ano passado teve a mesma preparação, mas não aconteceu nada.”
Licoln tentou falar com o pai novamente por volta das 21h, e ele não atendeu. Ele continuou tentando até as 23h, sem sucesso. “Minha esposa falou que tinha acontecido algo. Liguei na casa dele, ele não atendeu, mas estava sem luz, eu achei que ele estava dormindo, não estava preocupado”, contou.
Na manhã de terça-feira (30), o filho tentou contato novamente, sem sucesso. Ele foi então ao trabalho de seu pai, e descobriu que ele não havia aparecido. De lá, seguiu para seu trabalho, onde disseram que a polícia havia entrado em contato avisando que seu pai tinha se envolvido em um acidente.
Lincoln ao lado do pai, Tiago, que morreu em acidente nos EUA (Foto: Arquivo pessoal)Lincoln ao lado do pai, Tiago, que morreu em acidente nos EUA (Foto: Arquivo pessoal)
“Liguei para o sargento, falei meu nome, disse que era filho, e ele contou que meu pai tinha sofrido um acidente. Perguntei onde ele estava, e o sargento disse ‘seu pai não sobreviveu’”, conta Lincoln. “Entrei em choque, não acreditei, comecei a chorar”. A família foi até o hospital, mas não conseguiu ver o corpo devido à gravidade dos ferimentos.
"O policial falou que não tinha como parar, se ele não tivesse batido seria o de trás. Teve outro acidente no mesmo local, mas o rapaz estava na faixa da direita, tinha o acostamento para desviar. Quebrou o vidro da frente do carro, mas o motorista sobreviveu", contou.
Transporte para o Brasil
Os efeitos do Sandy dificultaram também o início dos trâmites para o transporte do corpo para o Brasil. Lincoln tentou contato com o consulado brasileiro na quarta-feira (31), mas não conseguiu, pois o consulado estava fechado devido à supertempestade. Ele conseguiu contato nesta quinta-feira (1º). “Depois que eles reabriram foi rápido, estão dando o apoio necessário”, afirmou.
Segundo o brasileiro, o corpo de seu pai ainda está no Instituto Médico-Legal (IML) local e deve ser levado para a funerária ainda nesta sexta-feira (2). Ele precisa providenciar alguns documentos para levar até o Consulado, que irá realizar os trâmites necessários.
Lincoln espera conseguir levar o corpo do pai para o Brasil no meio da próxima semana. Ferreira Neto será enterrado no cemitério Jardim da Saudade, no Rio de Janeiro. Ele morava há 13 anos nos Estados Unidos, e segundo seu filho, não tinha planos de voltar para o Brasil. “Ele adorava esse país, a gente se apaixonou pelo país, é muito confortável viver aqui. Essa fatalidade ocorreu porque a árvore caiu devido ao furacão.”
Ferreira Neto morava sozinho, e tinha outros três filhos – um vive na Bolívia e os outros dois no Brasil.
fonte: g1 sp/camocim belo mar blog

'SOMHO DE FAZER LETRAS', DIZ FAXINEIRA E POETISA QUE VAI PRESTAR ENEM NESTE FIM DE SEMANA.

 

Aos 63 anos, Maria das Dores quer estudar letras.
Esta é a primeira vez que ela faz a prova.


“Eu amo escrever. Escrever é a minha vida”, diz a faxineira e poetisa Maria das Dores de Souza Costa, de 63 anos, que vai fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste sábado (3) e domingo (4) em Alfenas (MG). Mãe de sete filhos, ela tem oito netos e é também chamada de ‘Vovó do Enem’, pois tem um sonho: fazer faculdade de letras. “Quero me sentar em uma sala de aula e aprender mais sobre a nossa língua portuguesa”, diz a candidata.
Maria das Dores é faxineira, poetisa e sonha em estudar letras (Foto: Rodrigo de Souza Costa/ Arquivo Pessoal)Maria das Dores sonha em estudar letras (Foto: Rodrigo de Souza Costa/ Arquivo Pessoal)
Desde que se formou no 3º ano do ensino médio, que cursou com muita dificuldade, economizando o dinheiro que ganhava como tecelã, ela sonha com a formação superior.
Enquanto não consegue ingressar na universidade, a faxineira dedica o tempo livre ao que mais gosta de fazer: escrever.
Rodeada por livros e cadernos, ela gosta de escrever sobre meio ambiente, sustentabilidade e histórias infantis. Inspiração não falta para ela. “Faço pelo menos um texto por dia, seja poesia ou crônica. Eu gosto é de relatar o cotidiano. Há alguns dias, eu escrevi cinco textos. Agora, o que me falta é aprender a transcrevê-los com mais rapidez para o computador”.
“Faço pelo menos um texto por dia, seja poesia ou crônica. Eu gosto é de relatar o cotidiano"
Maria das Dores
faxineira e poetisa
Em Minas Gerais, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), 653.074 pessoas fizeram a inscrição para a prova. Mesmo sem ter feito curso preparatório, Maria das Dores estuda por uma apostila emprestada e não esconde o otimismo. “Eu vou me sair bem na prova porque gosto de escrever e sempre fui boa aluna. Parei de estudar há 40 anos, mas me mantenho atualizada. Meu único medo é poetizar dentro da redação, que pede um texto dissertativo”, comenta.

Maria das Dores revela que não tem seguido rotinas de estudo e comportamentos, como uma parte dos candidatos da prova do Enem. “Eu nem sabia que poderia concorrer. Meu genro é que me incentivou e me ajudou com a inscrição. Agora vou fazer a prova durante o sábado e domingo e torcer para ter uma boa nota e entrar na universidade”, conta.

A poetisa, que queria ter feito magistério, cursou o ensino técnico de contabilidade. Hoje ela divide o tempo entre escrever, trabalhar e cuidar dos netos, a quem adora contar histórias. “Eu mesma crio as histórias para eles e eles adoram, sempre pedem para eu repetir as histórias. Eu tento colocar sempre uma lição de vida, falando sobre a importância da honestidade e do amor ao próximo”.
saiba mais

Essa habilidade rendeu a ela, no passado, uma participação em um livro coletivo. Com o texto ‘Lamento’, que fala de um amor não correspondido, Maria das Dores integrou a obra ‘Antologia poética das cidades brasileiras’ em 1985.

Agora, ela espera deixar as poesias e histórias infantis um pouco de lado, caso obtenha pontos suficientes no Enem para garantir uma vaga na Universidade Federal de Alfenas (Unifal). “Eu quero estudar. Não vejo a hora. Apesar da minha idade, sonho com isso e como faço do otimismo um estilo de vida, acredito que vou conseguir”, finaliza.fonte:g1 sul de minas/camocim belo mar blog