domingo, 3 de novembro de 2013

TERMINAM AS ELEIÇÕES DE 6 CIDADES QUE FORAM AS URNAS NESTE DOMINGO.


Disputas ocorrem após candidaturas de eleitos em 2012 serem anuladas.
Resultado deverá ser divulgado ainda neste domingo pelo TSE.

Do G1, em Brasília
Mais de oito mil eleitores de Inácio Martins foram às urnas para definir pelo próximo prefeito e vice-prefeito da cidade (Foto: Daiana Lopes/RPC TV)
Mais de oito mil eleitores de Inácio Martins foram às
urnas para definir pelo próximo prefeito e vice-prefeito
da cidade (Foto: Daiana Lopes/RPC TV)
Terminaram às 17h (horário de Brasília) deste domingo (3) as novas eleições para eleger prefeitos e vices de seis municípios do Pará, Paraná, Pernambuco e Rio Grande do Sul. As disputas ocorreram porque os escolhidos em outubro de 2012 tiveram as candidaturas anuladas pela Justiça Eleitoral.
O resultado do pleito deverá ser divulgado ainda neste domingo pelo Tribunal Superior Eleitoral, segundo informou assessoria.
De acordo com a legislação eleitoral, quando o eleito tem mais de 50% dos votos e a candidatura é barrada, deve ser feito novo pleito. Quando o candidato eleito tiver recebido menos de 50% dos votos, assume o segundo colocado.

TRABALHO DE MATEMÁTICA.

1.RESPONDA AS QUESTÕES SOLICITADAS:
a)DESENHE UM MAPA COM OS DEVIDOS PONTOS.
b)DÊ EXEMPLO DE RETA PARALELA E CONCORRENTE.
c)DEMONSTRE UMA SEMIRRETA.
d)FAÇA UMA FIGURA FORMADA POR 3 SEGMENTOS.
2.DEFINA
a)SEGMENTOS CONGRUENTES
b)PONTOS INTERNOS.
c)QUANTIDADES DE RETAS QUE PASSAM POR UM PONTO DE UM PLANO.
d)QUANTIDADE DE RETAS QUE PODE TRAÇAR PASSANDO POR 2 PONTOS DISTINTOS:
3.ENTENDENDO E CONSULTANDO O LIVRO,RESPONDA:
a)A INTERSECÇÃO DE 2 RETAS DO PLANO NÃO É VAZIA,ENTÃO ESSAS RETAS SÃO:
b)DENOMINE ÂNGULO.
c)DEFINA GRAU.
d)DEFINA ÂNGULOS CONGRUENTES.
4.DESENHE E DEFINA OS ÂNGULOS
a)DE MEIA-VOLTA
b)NULO
c)DE UMA VOLTA
d)AGUDO
e)OBTUSO

BOLSA FAMÍLIA JÁ SUPERA FPM EM SETE MUNICÍPIOS DO CEARÁ.

A incapacidade de gerar arrecadação coloca as prefeituras cada vez mais subordinadas aos repasses da União


Responsável pela entrada de quase R$ 3 bilhões no Ceará do início de 2012 até hoje, o Bolsa Família se tornou uma das principais fontes de transferência aos municípios. Neste ano, em pelo menos sete cidades cearenses, o montante do programa, que acaba de completar dez anos de implantação, supera a cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), principal fonte de sustentação das prefeituras, e o repasse de ICMS, imposto estadual. O cenário expõe a total dependência dessas cidades ao Governo Federal e a inabilidade em gerar receitas para a sobrevivência longe da União.

O economista Carlos Eduardo Marino diz que a má distribuição dos recursos no País é um dos entraves à autonomia dos municípios Foto: Thiago Gaspar
Em 2013, o Ceará foi o quarto Estado que mais recebeu recursos relacionados ao benefício, um total de R$ 1,3 bilhão. Segundo reportagem da Folha de S. Paulo do último dia 26 de outubro, 457 cidades brasileiras já receberam mais verba do Bolsa Família do que da cota do FPM em 2013. No Ceará, estão nessa situação Acaraú, Guaraciaba do Norte, Icó, Ipu, Itapipoca, Tianguá e Viçosa do Ceará, conforme levantamento feito pelo Diário do Nordeste no Portal da Transparência do Governo Federal.

Diferenças básicas separam a aplicação desses recursos: o Fundo de Participação dos Municípios integra a receita das prefeituras e, até ser convertido em serviço ao cidadão, enfrenta todos os trâmites burocráticos da administração pública, enquanto o Bolsa Família é depositado diretamente na conta dos beneficiários, gerando renda imediata à transferência.

Outras receitas dos municípios, como o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), imposto que é repassada pelos estados às prefeituras, são facilmente superadas pelo valor do Bolsa Família. Em Tianguá, conforme o site do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará (TCM), a arrecadação de ICMS soma R$ 6,6 milhões em 2013. Por sua vez, a cidade já recebeu, no mesmo período, mais de R$ 14,2 milhões do Bolsa Família, transferidos a mais de 12 mil pessoas, e apenas R$ 13,7 milhões do FPM.

ACIDENTE MATA EMPRESÁRIO DE FORRÓ "CHICO BILL", FUNDADOR DA BANDA FORRÓ REAL.......



Morreu, vítima de acidente de trânsito ocorrido na noite do último sábado (2), o empresário de forró Francisco de Sales Menezes, 75, conhecido como 'Chico Bill'. O homem era sócio da Real Produções, empresa responsável pelas bandas ´Forró Real´, ´Pau de Balançar´, ´Forró Bill´ e ´Nildinha e Amor Cearense´.
Chico guiava sua Hilux na BR-222, no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza, quando chocou-se contra um trator que estava parado no km 11, por volta das 20h20. A via passa por obras, e por isso, o veículo estava parado no local. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).