domingo, 17 de maio de 2015

CIDADE COM 4 MIL HABITANTES REGISTRA NÚMERO INCOMUM DE GÊMEOS.


Oito gestações de gêmeos foram registradas em pouco mais de um ano. 
Nos últimos 20 anos, foram vinte registros nascimentos em João Ramalho. 

Do G1 Bauru e Marília

Ninguém sabe ao certo o porquê, mas em João Ramalho (SP) o número de nascimentos de crianças gêmeas é incomum. Atualmente, pelo menos três moradoras da cidade estão à espera de gêmeos. Sem falar que há dois meses, outra gestante deu à luz a duas meninas. Bastante para um município de apenas 4 mil habitantes. Nos últimos 20 anos, o cartório de João Ramalho registrou 20 gestações de gêmeos, ou seja, pelo menos um nascimento assim por ano. 
Patrícia deu à luz a duas meninas há cinco meses  (Foto: Reprodução / TV TEM)Patrícia deu à luz a duas meninas há cinco meses
(Foto: Reprodução / TV TEM)
Há cinco meses, Gabriela e Isabela transformaram a vida da feirante Patrícia Pacífico Soares, que já tinha o João Vitor, de cinco anos. “Quando eu fiz o ultrassom com três meses fiquei sabendo que eram duas crianças, mas ainda não sabia o que era. Apesar de eu ter uma irmã gêmea, nunca imaginava que teria porque todo mundo falava que gêmeo não tem filhos gêmeos”, conta.
Elas moram em João Ramalho, cidadezinha pacata, de quatro mil habitantes, que nos últimos tempos tem vivido uma situação no mínimo curiosa entre as gestantes. Ganhar dois presentes tão lindos não é um privilégio só da Patrícia não. Isso porque a cidade vive uma espécie de explosão de nascimento de gêmeos.

IRMÃOS SUSTENTAM MULHER E FILHOS COM SHOWS DE HUMOR DENTRO DE ÔNIBUS NO PIAUÍ.


Dupla contagia passageiros com piadas e paródias ao som de um pandeiro.
G1 acompanhou o trabalho dos humoristas dentro dos ônibus de Teresina.

Do G1 PI

 As viagens nos transportes públicos de Teresina nas últimas semanas não têm sido as mesmas depois que uma dupla de irmãos humoristas chegou à capital. Com várias outras passagens por terras piauienses, eles têm animado os usuários dos ônibus no Piauí e em todo o Brasil, contagiando os passageiros com piadas, rimas e paródias ao som apenas de um pandeiro (assista ao vídeo acima).
Nayara Cavalcante, de 29 anos, disse que gostou da dupla de comediantes (Foto: Fernando Brito/G1)Nayara Cavalcante, de 29 anos, disse que gostou
da dupla de comediantes (Foto: Fernando Brito/G1)
De passagem por Teresina fazendo alguns shows particulares e apresentações em ônibus e praças públicas, a dupla já foi vista em praticamente todo o país.
Para conferir o talento dos cearenses José Iranildo Ferreira da Silva, de 30 anos, mais conhecido como Cibalena, e seu irmão Antônio Iraildo Ferreira, de 26, conhecido por Iraildo, o G1 estendeu o braço e pediu parada nos ônibus da capital, acompanhando as apresentações da dupla. O resultado foram, além de muitas moedas, muitos risos .
A estudante de 21 anos, Raquel da Costa, de Timon no Maranhão, disse que se divertiu muito durante a apresentação da dupla, gostou do show e fez questão de colaborar com o trabalho dos humoristas. “Eu gostei, eles são muito engraçados e o show contagia as pessoas. Eu quis ajudar porque é o trabalho deles e acredito que com o pouco para eles ajuda muito”, contou.

O DEPUTADO FEDERAL CABO SABINO APRESENTA PEC QUE DEFINE 40 HORAS SEMANAIS PARA PMs E BOMBEIRO.

Parlamentar ressalta que até pouco tempo atrás policiais do interior trabalhavam 96 horas semanais.
O deputado federal Cabo Sabino (PR) apresentou nesta semana uma Proposta de Emenda a Constituição (PEC) que define 40 horas como a carga horária máxima de trabalho diária e semanal dos policiais militares e bombeiros. O parlamentar conseguiu 180 assinaturas de outros deputados para que o projeto pudesse tramitar.

"A proposta vem para regularizar um erro constitucional, já que na constituinte de 1988 se definiu uma carga horária máxima para os trabalhadores urbanos e rurais, porem não atingiu os militares estaduais, fazendo com que esses profissionais fosse expostos a jornada de trabalho extenuantes e desumanas, totalmente contra indicada, já que o estresse e responsabilidade da profissão de militar, que são armadas e tem autorização legal para o uso de força", ressalta o deputado.

JUSTIÇA DESCONFIA DE UNIÃO ENTRE NORA COM SOGRO À BEIRA DA MORTE NO PR.


Nora, quase 50 anos mais nova se casou com o homem à beira da morte. Trinta e oito dias depois do casamento, sogro morreu.

Fonte:G1/Fantástico
Com as mudanças com as novas regras do pagamento de pensão por morte do INSS, o Governo quer combater os chamados "viúvos profissionais". Como é o caso de uma mulher que foi condenada no Paraná porque se casou com o próprio sogro, que estava à beira da morte.
Aposto que vocês nunca ouviram uma história como esta que o Fantástico vai contar. Então, vamos começar pela árvore genealógica de uma família. Natalino teve um filho com a Ana Carolina, o Rhuan. O Rhuan é neto do Seu Missilino e da Dona Georgina, que são pais do Natalino. Quando o Rhuan tinha dez anos, ele ganhou um irmão. Ou seja, a Ana Carolina teve mais um filho, que segundo ela não é do Natalino e, sim, do Seu Missilino, seu próprio sogro dela. Estranho né? Pois é, a Justiça também achou essa história muita suspeita.

“Esse caso, ele chamou, particularmente, a atenção pela riqueza de situações que eu chamaria de esdrúxulas que envolvem todo o caso”, destaca o juiz Edilberto Barbosa Clementino.

Tudo começou em Guarapuava, no Paraná, onde hoje fica um prédio, em 2007, era uma casa. Nela, segundo a Justiça, Ana Carolina e Natalino levavam uma vida de casal. Os vizinhos confirmam isso.
“Todo mundo sabia que era o marido dela”, diz uma vizinha. 

Os vizinhos contam ainda que, na época, os pais de Natalino, Seu Missilino e Dona Georgina viviam na mesma casa que o filho, mas estavam muito doentes.
Dona Georgina morreu e Seu Missilino foi internado em Guarapuava bastante debilitado. Ele deu entrada no hospital usando cadeira de rodas e sem falar. E, mesmo estando nessas condições, em dezembro de 2008, ele se casou de novo. E se casou com Ana Carolina, a própria nora, quase 50 anos mais nova. A união suspeita durou muito pouco tempo. Trinta e oito dias depois do casamento, Seu Missilino morreu.

BRIGA ENTRE GANGUES RIVAIS DEIXA AO MENOS NOVE MORTOS NO TEXAS.


Tiroteio ocorreu em um restaurante de Waco e envolveu motociclistas.
Feridos foram levados a hospital e estavam armados, segundo a polícia.

Do G1, em São Paulo
Policiais vigiam motociclistas detidos após tiroteio em Waco, no Texas neste domingo (17) (Foto: Rod Aydelotte/Waco Tribune-Herald via AP)Policiais vigiam motociclistas detidos após tiroteio em Waco, no Texas neste domingo (17) (Foto: Rod Aydelotte/Waco Tribune-Herald via AP)
Um tiroteio deixou vários mortos e feridos no estacionamento de um restaurante na cidade de Waco, no estado norte-americano do Texas, neste domingo (17), segundo informações da Reuters. Ao menos nove pessoas morreram. Mais cedo, a rede local KWTX, filial da CBS, havia divulgado que dez pessoas tinham morrido.
De acordo com a rede local do Texas KCen News, 18 pessoas ficaram feridas e foram levadas a um hospital, duas delas com gravidade. Ao menos três pessoas envolvidas no crime foram presas no local, ainda segundo a rede. Segundo a KTAB News, ao menos 100 armas foram recolhidas na cena do crime.
Os disparos foram feitos durante uma briga entre três gangues rivais de motociclistas. Os envolvidos usaram tacos de basebol e facas antes de sacarem suas armas de fogo, afirmou o sargento Patrick Swanton à KWTX.

BRASILEIRO PERCORRE CIDADE DESTRUÍDA QUE SE LIBERTOU DO ESTADO ISLÂMICO.


Fotógrafo Gabriel Chaim arriscou a própria segurança para descobrir como a vida continua nas áreas devastadas após conflitos no Oriente Médio.

Fonte:Fantástico
Estamos entrando em uma cidade - ou para ser mais preciso, no que restou dessa cidade. Ela se chama Kobane. Ela foi arrasada. O lugar é hoje apenas uma lembrança do que já foi um dia: edifícios destruídos, quase ninguém nas ruas.
Kobane é também uma cidade proibida. As milícias que controlam a região não permitem a entrada de jornalistas, mas um fotógrafo brasileiro conseguiu furar esse bloqueio.
“Eu tô percorrendo agora uma das áreas mais devastadas de toda Kobane, a destruição aqui é impressionante. É difícil acreditar que nesse local antigamente existia uma cidade”, diz Gabriel Chaim.
Gabriel Chaim arriscou a própria segurança para descobrir como a vida continua depois dos conflitos que nós apenas acompanhamos, muito de longe, pelos noticiários. Ele viu muito de perto. Imagens e histórias que não vamos esquecer.

TORCEDORES ALVINEGROS FORAM ÀS RUAS DE FORTALEZA-CE PARA COMEMORAR A CONQUISTA DO NORDESTÃO DE 2015.

CAMPEÃO DO NORDESTE
fonte:jogada

Empolgados com a vitória sobre o Atlético/GO na noite deste sábado (16), alvinegros tomam, em bom número, as ruas de fortaleza para comemorar a conquista do Nordeste

Ceará comemora a conquista do NordesteCeará comemora a conquista do Nordeste
Os torcedores do Vovô estão em festa. Desde as 8h da manhã deste domingo (17), centenas de alvinegros tomaram conta das ruas de Fortaleza para comemorar a conquista inédita da Copa do Nordeste. 
A concentração aconteceu na Praça da Imprensa, no Bairro Dionísio Torres. A Orelhuda -- a taça do maior campeonato regional do País -- já está exposta em cima de um trio elétrico. Porém, os jogadores não iniciaram o percurso junto com a torcida e só entraram na comemoração na altura do Náutico Altético Cearense.
Ricardinho fica e Evandro Leitão comemora renovações
A carreata termina na sede do clube, em Porangabuçu, onde a festa deve estar ainda mais recheada de torcedores. Na ocasião, a diretoria do Ceará anuncia oficialmente a renovação de contrato com o atleta Ricardinho, maestro da equipe. O vínculo foi estendido até dezembro de 2017, mesmo com a grande vitrine que a Copa do Nordeste trouxe para os jogadores do Vovô.
"Bastou sentar para conversar apenas uma vez para a renovação", revelou Ricardinho durante a carreata. "Eu me sinto muito bem, me sinto em casa. Tenho o carinho da torcida, não tem porque sair agora", completa o jogador. 

COM AJUDA DA ZAGA ADVERSÁRIA. FORTALEZA VENCE O ICASA NA ESTREIA DOS TIMES NA SÉRIE C DO BRASILEIRÃO DE 2015.

FOTO: MISÉRIA.COM/FUTURA PRESS/FOLHAPRESS)
As duas equipes cearenses na Série C do Campeonato Brasileiro estrearam como quem ainda não botou em prática a importância do percurso da competição para o acesso à Segunda Divisão. O Fortaleza insistia com perigo, mas não conseguia finalizar com eficiência. O Icasa lutava para ter fôlego pelo menos para segurar o Leão. 

Ao fim, vitória para o Tricolor, com um gol contra e outro em que Adalberto só empurrou a bola desviada pela zaga já em cima da linha. Pelo saldo de gols, o Tricolor termina a primeira rodada na ponta do Grupo A, e o Icasa amarga a lanterna.

Desde o início, os dois times tentavam se achar, mas não conseguiam estabelecer troca de passes eficiente. Com dificuldade de se infiltrar na zaga tricolor,%u018D Icasa fez tentativas de fora da área. Nenhuma, entretanto, realmente ameaçava o gol de Erivelton. Sem ser tão acionado, o goleiro assumiu com segurança a responsabilidade de ser titular na estreia. 

SAIU NO JORNAL NACIONAL DA REDE GLOBO.

Material (cisternas) que lotam terreno do município de Granja é o mesmo que falta nas casas onde moradores não têm acesso à água.

Assista reportagem AQUI


No Ceará, o período chuvoso também está acabando. Enquanto isso, mais de duas mil cisternas que deveriam ajudar milhares de famílias a armazenar a água da chuva ainda não foram instaladas. Elas estão amontoadas em um terreno há quase dois meses.

O material que lota um terreno do município de Granja, a 340 quilômetros de Fortaleza, é o mesmo que falta nas casas onde os moradores não têm acesso à água.

"A gente é obrigado a se deslocar daqui, pegar as caminhonetes, ir até uma nascente na serra, com uma distância de talvez uns 25 quilômetros, para poder reabastecer e trazer para o consumo do dia a dia", diz o agricultor Manuel dos Santos Neto.

Com as cisternas feitas de polietileno, um tipo de plástico, os moradores podem acumular até 16 mil litros de água da chuva. As enviadas pelo Governo Federal chegaram em março, no meio do período chuvoso. Agora ele está terminando e mais de 2,2 mil famílias, que esperam as cisternas, precisam improvisar.

POLICIAIS E FAMILIARES REALIZAM MANIFESTAÇÃO CONTRA PRISÃO DE SOLDADO BALEADO POR AGENTES DA PF.


O ato de apoio ao PM aconteceu na manhã deste sábado, no Polo de Lazer do Conjunto Ceará.

Policiais militares e seus familiares, além de dezenas de moradores do bairro Conjunto Ceará, na zona Sul de Fortaleza, realizaram, na manhã deste sábado (16), uma manifestação em favor do soldado da PM baleado e preso por agentes da Polícia Federal sob a suspeita de tentativa de assassinato contra os “federais”.
O ato aconteceu no próprio bairro onde o soldado PM Higor Kaleb Scarlella Pereira. Com cartazes, faixas e muitas palavras de ordem, os manifestantes protestaram contra a prisão do militar e chamaram a atenção da Imprensa e da opinião publica para o que eles consideram como uma injustiça, pois afirmam que Kaleb não é bandido, não tem envolvimento com o tráfico de drogas nem tentou assassinar os agentes da PF, tendo somente tentado defender dois colegas de farda quando estes eram detidos pelos agentes da PF no fim da tarde da última quarta-feira (13).

O soldado permanece internado no Instituto Doutor José Frota se recuperando de dois tiros que sofreu no braço direito na troca de tiros com os agentes da Polícia Federal, no bairro Henrique Jorge (zona sul da cidade). No dia seguinte ao tiroteio, ele passou por cirurgia.