quinta-feira, 10 de julho de 2014

GALVÃO BUENO NÃO VAI NARRAR O ÚLTIMO JOGO DO BRASIL NA COPA DO MUNDO.


Líder da equipe esportiva da Globo, Galvão abre mão da disputa entre Brasil e Holanda pelo terceiro lugar no Mundial de 2014

IG
Galvão Bueno
Foto:  Divulgação




























Rio - Galvão Bueno não vai narrar o último jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014, no sábado (12), pela disputa do terceiro lugar na competição. Principal narrador esportivo da Globo, ele estará à frente da final entre Alemanha e Argentina, no domingo (13).
Galvão contará com o primeiro time de comentaristas da emissora na Copa, assim como em todos os jogos do Brasil até agora. Arnaldo César Coelho, Walter Casagrande e Ronaldo participam da transmissão.

MASCHERANO DIZ QUE 'ABRIU SEU ÂNUS' AO SALVAR GOL DE ROBBEN NO FINAL DA PARTIDA.


Meio-campista argentino deu um carrinho providencial e evitou a vitória holandesa já nos acréscimos do segundo tempo

IG/CBM
São Paulo - Já nos acréscimos do segundo tempo do tempo normal da semifinal da Copa do Mundo desta quarta-feira, Mascherano se atirou para dar um carrinho e bloquear o chute desferido por Robben na pequena área, já na cara do goleiro Romero. O lance garantiu o 0 a 0 e, depois, a Argentina se classificou nos pênaltis. Mas gerou uma dor curiosa no jogador do Barcelona.
Mascherano se esticou todo para salvar o chute de Robben
Foto:  Reuters
"Abriu o meu ânus", disse o volante, explicando porque passou alguns segundos estirado no gramado depois do lance e despertando risos em que o ouvia na saída dos vestiários do estádio de Itaquera nesta noite.
"O que você quer que eu diga? Por isso tive dor. Não quero ser grosseiro, mas foi o que aconteceu", desculpou-se, sincero também ao relatar se a decisiva jogada pode ser comparada a um gol. "Não sei, porque não sei o que os atacantes sentem quando marcam um gol."
Se pouco balança as redes, Mascherano ajudou sua seleção dentro de suas características, sem mostrar falsa modéstia. O argentino admitiu, contudo, que o toque a mais de Robben depois de receber o passe de calcanhar de Sneijder facilitou seu trabalho na pequena área.
"Foi mais virtude minha. O Robben me deu mais chance quando deu um toque a mais. Ele perdeu um segundo e cheguei. Fui eu que fiz, mas qualquer um poderia ter feito. Para estar em uma final, você tem que estar com um pouco de sorte", afirmou o jogador que é um dos líderes do grupo e se orgulha da chegada à decisão do Mundial.

EXÉRCITO BRASILEIRO RECEBE MULHERES NA BANDA PELA PRIMEIRA VEZ.


De diferentes lugares do Brasil, elas têm entre 19 e 26 anos.
Inserção do segmento feminino é prevista em novas áreas do Exército.

 Do G1, no Rio/CBM
 Elas tinham a carreira militar como um sonho, mas foi na harmonia que encontraram a inspiração. Seis jovens, entre 19 e 26 anos, formam o primeiro grupo de mulheres a ingressar no curso de formação de sargento de música do Exército. “Foi perfeito: música e carreira militar. Era tudo o que eu queria”, comemorou Flavia Monica, de 19 anos, de São João del-Rei, em Minas Gerais.
Segundo o Capitão Botelho, da Diretoria de Educação Técnica Militar, a decisão para incluir mulheres na qualificação militar de sargento músico ocorreu no concurso de admissão de 2013, feito para o curso de formação de sargentos de 2014 e 2015.
"No Exército Brasileiro, existe a previsão de inserção do segmento feminino em novas áreas, fato esse que foi adiantado para a qualificação militar de sargento músico", explicou o capitão.
“É uma novidade para a Força, a partir dessa nova sistemática do ensino da formação de sargento. É importante, pois abre as portas para mais um caminho das mulheres dentro da Força”, declarou o Major Libano, do 1º Grupo de Artilharia Antiaérea.
Exército recebe mulheres na banda pela primeira vez; seis jovens vieram de diferentes lugares do Brasil (Foto: Cristiane Cardoso / G1)Exército recebe mulheres na banda pela primeira vez; seis jovens vieram de diferentes lugares do Brasil (Foto: Cristiane Cardoso / G1)
Elas prestaram o concurso em outubro de 2013, mas chegaram à sua nova residência, na Vila Militar, em Deodoro, Zona Oeste do Rio de Janeiro, no dia 21 de abril.
“Meu tio é sargento. Ele que me informou que seria a primeira vez que uma mulher poderia fazer o concurso. Fico muito orgulhosa de abrir o trabalho na banda”, afirmou Caroline Gonze, de 22 anos, de Bicas, em Minas.

CEARÁ MONITORA EVENTUAL ENTRADA DA FEBRE CHIKUNGUNYA NO ESTADO

SEGUNDO SESA

Até o momento, nenhum caso foi registrado no território cearense


dengue4-marcelogrbh
Secretaria da Saúde do Estado do Ceará realiza monitoramento preventivo para evitar a entrada da febre chikungunya no território cearense. A doença, parecida com a dengue e com o mesmo vetor da doença que virou problema de saúde pública no Brasil, chegou ao país principalmente por militares e missionários brasileiros que voltaram de missão no Haiti. O processo de prevenção da febre chikungunya está sendo realizado de acordo com as recomendações enviadas pelo Ministério da Saúde às secretarias estaduais.
A especialista do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, Jois Ortega, diz que as pessoas não devem ficar alarmadas com a doença, mas sim atentas. Apesar do monitoramento constante, nenhum caso da doença foi diagnosticado até o momento.

SOBRAL-CE:HOMEM MATA ESPOSA COM VÁRIAS FACADAS E ALEGA QUE ESTAVA SENDO TRAÍDO.


Mais um crime é registrado na noite de ontem quarta-feira 09 / 07, na cidade de Sobral. O sinistro aconteceu por volta das 10h30 na Rua Lísia Pimentel, no bairro Conjunto Santo Antônio, depois de uma discussão entre um casal. Informações do próprio acusado dão conta que ele matou sua esposa por conta de está sendo traído. Com uma faca, ele desferiu várias facadas em sua esposa que morreu na porta de sua residência. Após matar a própria esposa, o acusado, fugiu vindo ser preso minutos depois na residência de uma irmã na Vila Kátia no bairro Sinhá Saboia.