quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

camisa verde e branco vai falar sobre o amor no carnaval de 2012.


Escola irá homenagear as mais variadas formas de amar.
Camisa retornou ao Grupo Especial do carnaval de SP em 2011.

Bruno Araujo Do G1 SP
Comente agora
Camisa Verde e Branco 02 (Foto: Raul Zito /G1)Samba-enredo da Camisa Verde e Branco falará de amor em suas mais variadas formas (Foto: Raul Zito/G1)
A tradicional escola de samba paulistana Camisa Verde e Branco, que neste ano retorna ao Grupo Especial do carnaval de São Paulo, prepara um desfile baseado no mais nobre dos sentimentos: o amor. Com um samba enredo carregado de fé e paixão, a agremiação pretende fazer o maior carnaval de sua história.
Segundo o carnavalesco Anselmo Brito, o tema foi escolhido com base no momento vivido pela humanidade e pela escola. "Só se fala de guerra, as famílias não se dão mais bem. Então queremos abrir o carnaval de São Paulo com um tema mais leve, mais alegre, e que também celebra a volta do Camisa."
Os cinco carros alegóricos da escola exploram as várias facetas do amor. O primeiro traz o mito de Cupido e Psiquê representando o amor clássico. Já o segundo ostenta o Taj Mahal, "erguido como uma grande prova de amor", afirma o carnavalesco. Na última alegoria, a agremiação vai celebrar os sambistas e as escolas de samba. "É o carro que vem representando especialmente o amor pelo nosso pavilhão, o amor à Camisa Verde e Branco."
As alas da Camisa Verde e Branco também representam temas diversos que remetem ao amor, como Romeu e Julieta, A Bela e a Fera e Ceci e Peri. O amor dos que pretendem doar órgãos também será tema de uma ala inteira, composta apenas por deficientes visuais. "Todos são pacientes à espera de transplante de córnea”, afirma o carnavalesco.
Brito também ressalta a relação entre amor e fé, explorada no samba-enredo "É o amor". "Temos um carro representando Oxum, a deusa (orixá) do amor. O amor se constrói baseado nas escrituras divinas. Se cada um de nós pudesse plantar espiritualmente essa semente do amor, as coisas seriam mais objetivas e não haveria tanta violência", diz.
O samba-enredo "É o amor" é de autoria de Anderson Banana, Rodney Cheto, Fábio Bogalho, Rodrigo CP, Rafinha e Xuxa do Cavaco.
Confira na íntegra a letra do samba-enredo de 2012 da Camisa Verde e Branco:
É verde e branco o meu amor
Meu pavilhão, minha paixão
Eu sou camisa onde for
O trevo é meu coração
Sinta o romance no ar, é o amor
Conquistando os corações, o Cupido te flechou
Emoções, lindas estórias e loucuras
Platônico, o Sol enamorado pela Lua
É divinal, é imortal e vai se propagar
Inexplicável pode transformar e mudar a humanidade
Na obra de arte, do imperador, a dor de uma saudade que ficou
Flores num lindo jardim, personagens de amores sem fim
É puro e verdadeiro, o meu orgulho de ser brasileiro!
Ora ie ieo mamãe Oxum
Deusa do amor, conduza minha fé
É o povo clamando, em uma só voz
Em cada um de nós derrame seu axé
Um grito de gol, ecoa no ar
É universal, não dá pra negar
Sem preconceito eu sou, é colorido o amor
Estenda a mão, ao seu irmão
Como é nobre o gesto de doar
E o vento levou, embora a tristeza
Do outro lado da vida existe a beleza
Nas ondas do rádio, casais apaixonados
Na tela do computador a esperança
Respeite o direito de uma criança
Mascarados no salão, é carnaval, vou te beijar
A furiosa, faz você se apaixonar.  fonte,g1,sp:postado por camocimbelomar@blogspot.com

Nenhum comentário: