terça-feira, 20 de agosto de 2013

TRAFICANTE CARIOCA VEIO PARA O CEARÁ E MATOU SETE.


Bandido comandava o tráfico na Baixada Fluminense e fugiu para Fortaleza durante a operação de pacificação
Um homem, suspeito de, pelo menos, sete homicídios no bairro Passaré e comunidades próximas, foi identificado pela Polícia como sendo um dos traficantes que fugiram dos morros cariocas, durante as operações de pacificação nas favelas do Estado do Rio de Janeiro. Ele foi preso, na madrugada de ontem, na casa onde morava em Fortaleza. De acordo com a delegada Patrícia Bezerra, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o criminoso atuava da cidade de São João do Meriti, na Baixada Fluminense.
A delegada ressaltou que Renato Alves Pereira o ´Carioca´, 31, tinha alto poder aquisitivo, possivelmente proveniente do tráfico de drogas e de armamento pesado, que pode ter vindo do Rio de Janeiro. O delegado Rodrigues Junior, diretor da DHPP, disse que está confirmada a fuga do traficante para cá, em função das operações no Rio. "Ele fugiu, quando foi expurgado junto com outros traficantes dos morros", declarou.


Renato Alves Pereira, o ´Carioca´, 31, tinha alto poder aquisitivo, dinheiro obtido no tráfico de drogas e de armas. Ontem, foi preso pela DHPP fotos: divulgação

A Polícia acredita que ´Carioca´ está no Ceará desde outubro de 2012, quando se instalou no bairro Jardim União II. No entanto, a delegada responsável pelo caso afirma que, somente a partir de janeiro deste ano, é que ele se consolidou como um grande traficante e matador de seus rivais. Dos sete homicídios em que figura como acusado, ´Carioca´ teria sido o executor de dois e mandante dos outros cinco.

Para a Polícia, ele seria o ´cabeça´ de uma organização criminosa que teria vários ´braços´, inclusive no Interior do Estado.

Rivais

De acordo com a delegada Patrícia Bezerra, as investigações acerca dos atos criminosos cometidos por Renato Pereira começaram depois do assassinato do traficante Carlos Rafael da Silva, o ´Chuck´. "Quando ele chegou veio morar no Jardim União II, o ´Chuck´ morava no Jardim União I e dominava o tráfico de toda a área. Quando ele se sentiu ameaçado pelo ´Carioca´ começou a disputa. O ´Chuck´ foi morto no dia 1º de janeiro deste ano. Foi quando começamos a investigar o caso e recebemos denúncias anônimas dando conta de quem seria o autor", disse.



O cearense Alexandre Silveira dos Santos, 30, era o homem de confiança do traficante e seu ´braço armado´
Na casa de Alexandre, a Polícia apreendeu esta foto de um garoto de apenas um ano segurando uma arma

Um mês e um dia após a morte de ´Chuck´, seu comparsa Francisco Valdir da Silva Cavalcante, que jurou vingar o assassinato, também foi executado. Segundo a Polícia, ´Carioca´ também seria o responsável por este homicídio. Crimes ligados a drogas nos bairros Rosalina, Passaré e Itaperi são também atribuídos a ele.

Comparsa preso
O cearense Alexandre Silveira dos Santos, 30, apontado como o homem de confiança de ´Carioca´, também foi preso na mesma operação. Segundo a Polícia, ele participava, de forma direta ou indireta, dos crimes praticados pelo cabeça da quadrilha.

"Como o ´Carioca´ viajava muito para o Interior, o Alexandre era uma espécie de ´gerente´ dos negócios dele aqui", disse Patrícia Bezerra. A delegada ressaltou que a Polícia encontrou na casa de Alexandre a foto de um bebê, que aparenta ter menos de um ano, segurando um revólver, calibre 38. Segundo ela, o suspeito disse não se tratar de uma familiar seu, mas a Polícia irá investigar quem é a criança.

´Carioca´ era dono de uma academia de ginástica em Tabuleiro do Norte (209Km de Fortaleza). Na cidade, ele era tido com um cidadão de bem e um empresário bem sucedido. "A academia, possivelmente servia para lavar dinheiro do tráfico", afirmou o delegado Rodrigues Junior.

MÁRCIA FEITOSA/REPÓRTER 
FONTE: DN/camocim belo mar blog

Nenhum comentário: