quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

ALUNOS DA UFC PROTESTAM CONTRA INSEGURANÇA EM CAMPUS.


Segundo estudantes, assaltos se tornaram rotineiros.
Professores e comunidade apoiaram manifestação.



Os universitários e professores de cincos cursos da área da saúde do campus da Univesidade Federal do Ceará (UFC) no Porangabuçu, no Bairro Rodolfo Teófilo, em Fortaleza, realizaram uma manifestação na manhã desta terça-feira (18) reivindicando mais segurança para a área. “Todos os dias a gente escuta sobre um amigo que foi assaltado. Então, a gente arrumou uma maneira [a manifestação] de abrir os olhos de quem tem o poder de mudar um pouco isso”, disse a estudante Luciana Colares.
Os manifestantes carregavam caixões, cartazes e vestiam preto. Segundo os estudantes, o clima de insegurança entre os alunos da UFC no Porangabuçu piorou há pouco mais de um mês. Quando um assalto fora do departamento de saúde terminou com tiros e correria dentro da universidade. Uma das balas chegou a atingir a entrada do prédio de morfologia. Desde então, registros de assaltos e até de tentativa de sequestros são constantes.
O estudante Maximiano Nunes, um dos organizadores da manifestação, disse que o objetivo dos estudantes é também obter respostas por parte da universidade. “Que ela [UFC] também considere os estudantes como um patrimônio”, destaca. Além disso, o grupo quer conquistar o apoio dos moradores do Rodolfo Teófilo pois, segundo eles, a insegurança é uma realidade de todo o Bairro.“Eu estava dando aulas e dois alunos fecharam as portas, apagaram as luzes e deitaram no chão com medo de tiros porque parecia que era dentro da sala”, contou a professora universitária Fátima Lima, afirmando que o episódio que aconteceu há poucos dias. Trabalhando há 21 anos na UFC, a educadora apoia a manifestação dos estudantes e considera a situação de insegurança insustentável.
O chefe de segurança da UFC, Agostinho Silva Neto, disse que não há registro de assaltos dentro dos prédios da universidade. Ele afirma também que um novo plano de segurança para o campus do Porangabuçu está em estudo para 2013. No caso de novas ocorrências, alunos e funcionários podem ligar para (85) 3366-9190, o atendimento funciona 24 horas.fonte:g1 ce/camocim belo mar blog

Nenhum comentário: